Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
antevisões
Resident Evil Resistance

Resident Evil Resistance

Já jogámos a componente online de Resident Evil 3, mas não ficámos impressionados.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Quando o remake de Resident Evil 3 chegar a 3 de abril, virá acompanhado por Resident Evil Resistance, oferecendo uma experiência multijogador baseada no universo da saga. Trata-se de uma proposta assimétrica, onde uma equipa de quatro jogadores enfrenta um quinto jogador isolado. O grupo de quatro será formado por sobreviventes, com uma jogabilidade típica da saga, enquanto que o quinto jogador será o Mastermind, e terá como objetivo eliminar os sobreviventes.

Os sobreviventes, pelo menos do que foi revelado até ao momento, são personagens desconhecidas sem ligação ao passado da série, mas cada uma terá acesso a uma habilidade única. January é capaz de tomar controlo das câmaras, Valerie consegue curar todo o grupo, Tyrone fortifica os seus companheiros, e Samuel - lutador de boxe - consegue causar grande dano com os seus punhos. As habilidades podem ser ativadas a qualquer momento, mas depois disso demoram algum tempo até ficarem novamente disponíveis.

Cada partida online será dividida em três rondas: a primeira envolve recolher itens e organizar inventário antes de se passar à fase seguinte, onde o objetivo passa por eliminar zombies especiais que têm cartões magnéticos que dão acesso à terceira e última fase. Por fim, os sobreviventes devem encontrar e desativar três núcleos espalhados pelo mapa, mas não sabemos o que acontece a seguir, já que o nosso grupo foi sempre eliminado antes de cumprir o objetivo.

Aliás, mesmo quando jogámos como Mastermind, conseguimos sempre eliminar os sobreviventes antes de desativarem os três núcleos, o que parece indicar uma questão de desequilíbrio nesta secção do jogo. Isso, ou será mesmo necessário um grupo altamente coordenado para levar de vencido o Mastermind, que tem a vantagem de não ter de estar dependente de ninguém.

A versão do jogo a que tivemos acesso permitia escolher entre quatro Masterminds, que ao contrário dos sobreviventes, serão reconhecíveis pelos fãs da saga. Estamos a falar de Annette Birkin, Daniel Fabron, Alex Wesker, e Ozwell E. Spencer, e cada um deles terá características próprias. Jogar com um Mastermind é uma experiência de jogo completamente diferente do que controlar um sobrevivente. Como Mastermind estará responsável por definir a localização de zombies, monstros, e armadilhas, tudo controlado através de câmaras colocadas em todas as salas.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Inicialmente é algo confuso, sobretudo enquanto o jogador tenta acompanhar as particularidades de todas as funções ao seu dispor, mas eventualmente apanhámos-lhe o jeito. Depois é uma questão de planeamento e gestão, já que cada item e criatura exige um número de pontos, que são finitos. Isto significa que não pode encher o mapa com armas automáticas e minas, pelo contrário, deve ponderar bem a melhor forma de posicionar cada objeto para não desperdiçar pontos.

Mesmo que tenha tudo bem coordenado, é preciso ter a noção de que um grupo relativamente equilibrado será capaz de lidar com quase tudo o que pode posicionar. É mesmo assim que funciona, pelo que o segredo passa por esperar pelo momento certo para lançar um ataque concentrado. Muito da experiência de jogo com o Mastermind envolve este tipo de gestão e planeamento, mas por vezes também pode tentar uma abordagem mais direta, ora assumindo o controlo de um zombie ou utilizando as habilidades de cada Mastermind.

Alex Wesker, por exemplo, pode posicionar uma planta monstruosa chamada Yataveo, que embora permaneça estacionária, é excelente para impedir o progresso dos sobreviventes em espaços mais pequenos. Daniel Fabron pode ativar um Tyrant que o próprio jogador pode controlar, capaz de eliminar sobreviventes com apenas alguns golpes, além de ser capaz de aguentar grandes capacidades de dano. Cada Mastermind terá assim a sua própria habilidade temível, e suspeitamos que mais serão revelados no futuro ou acrescentados pós-lançamento.

Embora exija alguma adaptação, divertimos-nos a assumir o controlo destes vilões, e suspeitamos que apenas vimos a superfície do que será possível em termos de táticas para eliminar os sobreviventes. Quanto a jogar do outro lado, também é divertido, até porque a jogabilidade de ação na terceira pessoa de Resident Evil é de topo, mas neste momento parece existir um desequilíbrio. O Mastermind, se tiver um mínimo de ideia do que está a fazer, leva claramente vantagem em relação aos sobreviventes, até porque existe um contador a apressar o grupo. O Mastermind até tem a capacidade de alternar entre quatro variantes dos mapas, e pode selecionar uma opção aleatória para que o grupo de sobreviventes nunca saiba exatamente o que vai encontrar.

Infelizmente, Resistance também apresentou algumas problemas, como animações estranhas, modelos 3D que se atravessavam, e alguns 'bugs'. Ainda existe algum tempo até ao lançamento para a Capcom melhorar Resistance, mas do que vimos, a campanha de RE3 parece estar bem mais sólida neste momento.

Se nos perguntar qual é a parte do jogo que mais nos entusiasma entre RE3 e Resistance, respondemos sem qualquer dúvida que é a campanha do remake, mas também acreditamos que existe potencial em Resistance. Não nos parece que venha a ser uma grande revolução ou algo fantástico, mas como complemento a RE3, pode ser interessante. Tem algumas ideias engraçadas e o modelo de quatro contra 1 funciona bem no contexto da saga, oferecendo aos vilões a oportunidade de brilharem.

Não se esqueça que também pode ler as nossas impressões de Resident Evil 3 aqui.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Resident Evil ResistanceResident Evil Resistance
Resident Evil ResistanceResident Evil ResistanceResident Evil Resistance
Resident Evil ResistanceResident Evil ResistanceResident Evil Resistance
Resident Evil ResistanceResident Evil Resistance

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte