Português
Gamereactor
antevisões
Watch Dogs: Legion

Watch Dogs: Legion - Impressões do Modo Online

Juntámo-nos a outros jogadores para experimentar o modo cooperativo de Legion.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Ao contrário do que aconteceu com os dois jogos anteriores, a Ubisoft decidiu separar os lançamentos da campanha de Watch Dogs: Legion e do modo online, também apelidado de Watch Dogs: Legion Online. Enquanto a história chegou no final de outubro de 2020, o modo online será lançado em breve na forma de uma atualização gratuita, embora separado da campanha para que as duas experiências não se misturem.

Como não estão dependentes uma da outra, pode perfeitamente jogar o modo online sem ter jogado a campanha, embora alguém que tenha jogado beneficie naturalmente do conhecimento de armas, habilidades, veículos, e até do design de Londres. Essa experiência acumulada vai certamente dar jeito conforme tenta recrutar potenciais operadores para o seu grupo DedSec.

A base da experiência de jogo e da jogabilidade do modo online é muito semelhante à base da campanha a solo, embora com a diferença de que existem outros jogadores na cidade. Pode abordar o conteúdo sozinho, mas beneficiaria certamente da união com outro jogador, seja para completar missões ou desafios, ou para causar o caos em Londres. Co-op é o principal foco deste modo online, e até existem atividades dedicadas a incentivar a cooperação, como as missões para pelo menos dois jogadores e as Operações Táticas para pelo menos três jogadores.

Pelo que vimos durante a nossa sessão, as missões na playlist co-op eram basicamente uma série de níveis em sucessão, com conteúdo relativamente tradicional para Watch Dogs, próprio para quem se quiser divertir causalmente ou com um grupo de desconhecidos. Já as Operações Táticas serão bem mais desafiantes, e vão obrigar os jogadores a agirem de forma coordenada. Aqui terá de dominar todos os aspetos das suas personagens e comunicar com os outros jogadores para ter sucesso.

Embora o foco de Watch Dogs: Legion Online esteja na ação cooperativa, também vai existir um modo competitivo para quem quiser enfrentar outros jogadores, o Spiderbot Arena. Como o nome indica, cada jogador assume o controlo de um Spiderbot numa partida de todos contra todos disputada numa arena pequena. É divertido durante alguns momentos, mas não parece ter potencial para muito mais que isso.

Watch Dogs: LegionWatch Dogs: Legion

Se preferir, tal como acontece em GTA Online, pode viajar sozinho pela cidade e participar em atividades próprias para um jogador solitário, embora não deva esperar nada muito elaborado. As que fizemos envolveram resgatar alguém, entregar um pacote, e invadir um telefone, ou seja, pequenas tarefas que não ocupam tempo, mas também não são muito interessantes. Depois existe os Eventos de Cidade, que são objetivos que aparecem no mapa para todos os jogadores. É algo muito parecido com os eventos públicos de Destiny 2, no sentido em que exigem a presença de vários jogadores, mas não requerem a formação de grupos ou grande coordenação. Só participamos num destes eventos, que envolveu derrubar um oponente extremamente poderoso e duradouro.

Como tantos outros jogos online modernos, Watch Dogs: Legion Online terá também uma estrutura de temporadas, e cada uma virá acompanhada de um passe de batalha de conteúdo. Isto está ligado ao sistema de progressão do jogador, que em vez de ganhar experiência, ganha reputação para desbloquear etapas do passe de batalha. Entre as recompensas estão dois tipos de moedas - Eto e Influência. Influência serve para recrutar novos operativos e melhoramentos, enquanto que Eto pode ser usado na loja de jogo para desbloquear itens cosméticos. Segundo a Ubisoft, o plano passa por lançar quatro temporadas - e respetivos passes de batalha - por ano.

Divertimo-nos a jogar Watch Dogs: Legion Online, mas dois pensamentos surgiram com frequência durante a jogabilidade. Primeiro, a ausência de uma personagem única para o jogador, o que nos retirou identidade e imersão. É um "problema" que também existe no modo campanha, logo, se isso não foi problema, também não o deve ser aqui. Nota ainda para o facto das personagens do jogador não morrerem realmente no modo online - quanto muito ficam indisponíveis durante algum tempo.

O nosso outro problema está relacionado com a estrutura. Watch Dogs: Legion Online é um jogo muito construído em torno de jogabilidade cooperativa, mas não nos parece que um formato de mundo aberto funcione assim tão bem para isso. Como está, suspeitamos que Watch Dogs: Legion Online não será capaz de apresentar uma experiência empolgante em mundo aberto, nem uma experiência cooperativa de alta qualidade - apenas uma mescla razoável dos dois formatos.

Mas podemos estar enganados, e ainda falta ver como as temporadas vão apimentar a experiência de jogo. O grafismo é bom, a jogabilidade funciona na perfeição, e não tivemos problemas de latência ou técnicos. Watch Dogs: Legion Online é formado por muitas peças de qualidade, resta ver se a sua soma irá resultar numa experiência capaz de sustentar um modelo Live-Service.

Watch Dogs: LegionWatch Dogs: Legion
Watch Dogs: LegionWatch Dogs: LegionWatch Dogs: Legion
Watch Dogs: LegionWatch Dogs: Legion

Textos relacionados

Watch Dogs: LegionScore

Watch Dogs: Legion

ANÁLISE. Escrito por Sebastian Lundin

Lutámos contra o sistema - e contra a condução pela esquerda - numa Londres futurista onde cada cidadão pode ser jogável.



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.