Português
Gamereactor
antevisões
Second Extinction

Second Extinction - Acesso Antecipado de Xbox

Depois do PC, é a vez da Xbox receber este cruzamento entre Turok e Left 4 Dead.

Quando vimos o trailer de Second Extinction pela primeira vez, os nossos olhos brilharam instantaneamente. O espírito de combates na primeira pessoa contra dinossauros, ao estilo de Turok, cruzado com a estrutura co-op de algo como Left 4 Dead, pareceu-nos uma combinação genial. Second Extinction está disponível no PC, em formato de Acesso Antecipado, desde outubro do ano passado, mas agora vai chegar às consolas Xbox através do programa de Preview, que é equivalente ao Acesso Antecipado. Melhor ainda, terá entrada direta no Game Pass.

Não sabemos se será assim no jogo final, mas esta versão de Second Extinction não perde muito tempo com simpatias e história, atirando de imediato o jogador para combates contra dinossauros mutantes. Algum contexto adicional é fornecido por meio de conversas de rádio entre os objetivos, mas não espere grande explicação para o que se passa, pelo menos para já. Também não existe uma campanha a solo, já que o jogo está totalmente focado na cooperação de quatro jogadores contra dinossauros controlados pela inteligência artificial.

Existem dois modos de jogo em Second Extinction: Seleção de Missão e Expedição. A Seleção de Missão é autoexplicativa, permitindo escolher entre vários objetivos diferentes para tentar ajudar a impedir a invasão de dinossauros. Isto inclui explodir uma mina cheia de dinossauros, utilizando carrinhos com dinamite, e descobrir o que aconteceu a um outro grupo de expedição, por exemplo. Já o modo Expedição é mais descontraído, focando-se na exploração do mapa, permitindo que os jogadores concluam missões secundárias e recolham recursos ao seu próprio ritmo.

No seu estado atual, Second Extinction inclui cinco classes diferentes para os jogadores escolherem, cada uma com armas e habilidades drasticamente diferentes. Por exemplo Rosy é uma senhora bastante ampla que empunha uma minigun, e que tem habilidades de suporte que curam colegas dentro de seu raio de ação. Ortega é um lutador leve e ágil cuja arma preferida é um rifle de assalto, assumindo-se como uma boa classe para quem não se quer comprometer muito com papéis específicos. O que realmente aprecimos neste elenco de cinco personagens é o facto de se complementarem bastante bem, e de incentivarem a boa sinergia de grupo.

Second Extinction

Já o arsenal de armas inclui seis opções, e todas elas podem ser aprimoradas por meio de três árvores de habilidades separadas: Impacto, Estabilidade, e Manuseio. Para alocar pontos nestas árvores de habilidade vai precisara da quantidade certa de materiais largados pelos dinossauros eliminados. Isto cria um ciclo de jogo viciante que nos lembra de Monster Hunter, onde também é precisar caçar e eliminar criaturas para obter os materiais certos.

Claro que as grandes estrelas de Second Extinction são os próprios dinossauros mutantes. De enormes T-Rex imponentes a raptores que vomitam ácido, há uma grande variedade de ameaças, que vão exigir um comportamento estratégico dos jogadores e um aproveitamento cirúrgico dos seus pontos fracos. O Ankylosaurus, por exemplo, é uma criatura fortemente blindada que não pode ser danificada a menos que o atinja com uma granada na hora certa, de forma a virá-lo e a expôr a sua barriga. O design dos inimigos é realmente bastante bom, mas a rapidez com que reaparecem no mapa pode ser irritante, dando pouco espaço de manobra aos jogadores.

Neste momento só existe um mapa de neve para explorar, que embora seja bom, acaba por ser escasso. O facto de ser grande e não incluir veículos, é outro factor negativo, mas como está em Acesso Antecipado, são tudo elementos que podem vir a mudar mais tarde. Algo que também nos desapontou foi descobrir que o jogo é praticamente impossível a solo, o que obriga à questão: porque é que inclui essa opção? Esperemos que seja algo que o estúdio ainda está a trabalhar, e que possa ser reequilibrado mais tarde.

Embora esteja ainda em fase de Acesso Antecipado, e tenha naturalmente as suas áreas por limar, é fácil perceber o potencial que existe em Second Extinction. A jogabilidade funciona bem, as classes são interessantes, e combater dinossauros com um grupo de amigos é muito divertido. Mas falta ainda muito por trabalhar até que o jogo possa atingir esse potencial. Só o tempo dirá se será capaz de o fazer.

Second ExtinctionSecond Extinction
Second Extinction

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.