Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor
antevisões
Riders Republic

Riders Republic - Impressões da versão beta

Promete ser o maior jogo de desportos radicais de sempre, e nós fomos tentar perceber porquê.

HQ
HQ

A 28 de outubro a Ubisoft irá abrir as fronteiras do seu paraíso fictício dedicado a desportos radicais, um vasto mundo aberto de parques americanos, misturados para criar uma paisagem incrivelmente diversa e propícia à prática de várias modalidades. Esse local vai chamar.se Riders Republic, e nós já tivemos a oportunidade de o visitar, durante a mais recente versão beta.

Antes de mais, permita-nos esclarecer que Riders Republic não é uma sequela direta de Steep, mas antes uma espécie de sucessor espiritual, que pega no conceito de Steep e o expande para vários desportos. O objetivo é atrair os fãs de Steep, mas também outros jogadores que não estivessem particularmente interessados em desportos na neve.

Embora seja um sítio fictício, alguns dos parques em Riders Republic são reais - embora aqui estejam todos juntos, enquanto que na realidade estão separados por muitos quilómetros. Desta forma a Ubisoft oferece vários estilos diferentes de biomas, desde picos nevados a desertos áridos, passando por florestas exuberantes e montanhas rochosas.

Publicidade:

Esse mundo gigantesco não é só seu, porque mesmo que não estejam outros jogadores nas proximidades, estarão os seus "fantasmas", inteligência artificial que repete os desempenhos de outros jogadores. Onde quer que vá irá ver fantasmas a abrir caminho pela paisagem. Pode segui-los, se quiser, e com isso talvez descobrir uma nova rota, ou um colecionável escondido. Nunca terá a sensação de estar sozinho nesse mundo, e nesse aspeto é preciso louvar o trabalho da Ubisoft.

Quanto aos desportos disponíveis, esqui e snowboard são tão divertidos aqui quanto o eram em Steep. Existe um bom equilíbrio entre realismo e acessibilidade, permitindo que os jogadores tenham uma experiência desafiante, mas também divertida, com a adição de alguns truques e habilidades para mostrar o seu estilo.

Riders RepublicRiders Republic
Ubisoft

Em termos de novas adições, é preciso destacar as bicicletas. De todos os desportos e meios de transporte disponíveis, a bicicleta parece ser a mais fluida e envolvente, independentemente de estar a descer por uma grande ladeira, a tentar controlá-la para não bater nas rochas, ou a executar algum truque inacreditável.

Publicidade:

Dos desportos que experimentámos, os aéreos são os que deixam mais a desejar. Os Wingsuits são perigosos mas podem ser divertidos, embora os fatos com foguetes (que são essencialmente um Wingsuit, mas com um foguete preso às costas) tenha controlos abomináveis. Como estão na beta, não são divertidos o suficiente para justificarem o tempo necessário.

O que nos leva ao próximo ponto: atividades. Riders Republic, sendo um jogo centrado no multijogador, está todo virado para a competição. Seja por meio de corridas ou eventos de habilidade onde deve ganhar pontos com truques complicados, há muito para fazer. Em cima disso considere o tamanho gigantesco do mundo e os colecionáveis, e irá perceber que Riders Republic estará a rebentar de conteúdo, como aliás é habitual nos jogos da Ubisoft.

Quanto ao funcionamento da campanha, está dividida em várias carreiras (que normalmente podem ser disputadas com outros jogadores), consistindo em cerca de 17 eventos cada. Para progredir nessas campanhas terá de ganhar estrelas, que recebe ao vencer corridas e eventos, ou ao completar objetivos extras - como realizar uma manobra específica, por exemplo. Desbloqueie estrelas suficientes e poderá desbloquear uma atividade especial, que geralmente é patrocinada por uma grande marca desportiva, como a Red Bull). Ou seja, as carreiras são somente uma coleção de corridas e eventos por onde pode progredir, ganhando novos equipamentos para usar em atividades futuras.

Com tudo isto dito, a melhor maneira de realmente entender o que a Riders Republic está a tentar proporcionar, é por meio da nova atividade Mass Races. Aqui juntam-se grupos de 50 jogadores (64 na nova geração) numa única atividade, e como deve imaginar, instala-se rapidamente o caos assim que atividade começo. É um acontecimento verdadeiramente maníaco que é dividido em três tipos de desporto na mesma corrida. Ao chegar ao portal, troca de desporto, e pode passar da bicicleta para o winsuit, por exemplo. Estes eventos aparecem ocasionalmente no jogo, e promete ser o ponto alto da experiência de Riders.

Temos de confessar que gostámos imenso do nosso tempo com a verão beta de Riders Republic. A jogabilidade é divertida, o mundo de jogo é impressionante, e parece existir muito conteúdo. A presença dos fantasmas ajuda a manter o jogo sempre vivo, e as corridas para 50/64 jogadores prometem ser uma verdadeira loucura. É difícil não ficar entusiasmado com o lançamento definitivo de Riders Republic.

HQ
Riders RepublicRiders RepublicRiders Republic
Ubisoft
Riders RepublicRiders RepublicRiders Republic
Ubisoft
Ubisoft

Textos relacionados

0
Riders RepublicScore

Riders Republic

ANÁLISE. Escrito por en Lyons

Se gosta de desportos radicais e jogabilidade arcade, vai adorar Riders Republic.



A carregar o conteúdo seguinte