Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
antevisões
Resident Evil: Project Resistance

Resident Evil: Project Resistance - Primeiras Impressões

Já jogámos o novo Resident Evil, que apresenta uma abordagem inédita para a série.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

A Capcom tem estado em grande nos últimos anos, com lançamentos que foram bem recebidos a nível crítico e comercial, como Resident Evil 7, Monster Hunter: World, Resident Evil 2: Remake, e Devil May Cry 5. Com Resident Evil no topo das sagas mais rentáveis da editora, e com o sucesso de Resi 2 e 7, pode ter a certeza que Resident Evil 8 já estará a ser trabalhado - e não ficaríamos chocados com um remake de Resident Evil 3 -, mas antes disso, a Capcom vai tentar algo diferente.

O género de jogos multiplayer assimétrico ganhou popularidade nos últimos anos, através de títulos como Dead by Daylight onde um jogador assume o controlo de uma personagem mais poderosa contra um grupo de jogadores com personagens mais fracas. Este Resident Evil: Project Resistance é essencialmente a abordagem da Capcom a esse género.

O Gamereactor já teve a oportunidade de experimentar Resident Evil: Project Resistance, e tudo começou com um tutorial que parecia ter sido tirado de Resident Evil 2. Os controlos, o design dos menus, o grafismo... tudo nos lembrou do último Resi, mas apenas por momentos. Passado o tutorial, encontrámos um jogo multiplayer assimétrico de quatro contra um. Um grupo de quatro jogadores, cada um no controlo de uma personagem específica, em confronto com um quinto jogador no papel de Mastermind.

A jogabilidade do grupo de sobreviventes será muito parecida com a de Resident Evil 2, mas o Mastermind terá uma experiência completamente diferente. Através de câmaras posicionadas nas salas, o Mastermind terá a capacidade para posicionar inimigos, armas automáticas, e armadilhas, para tentar parar o grupo. Isto significa que podem posicionar zombies, cães raivosos, e outros monstros do vasto leque de criaturas de Resident Evil, e até certo ponto até pode controlar o próprio Mister X e outros inimigos. Confessamos que foi bastante divertido ver grupos de jogadores suarem para tentarem escapar às nossas artimanhas, sobretudo quando foram horrivelmente assassinados.

Do lado dos sobreviventes, a jogabilidade assemelha-se ao controlo de Leon e Claire em Resident Evil 2, com a diferença de que cada jogador controla uma personagem diferente, e que cada personagem funciona como uma classe com capacidades próprias. Por outras palavras, cada jogador assume um papel específico no grupo, divididos entre tanque (deve atrair a atenção dos inimigos), curandeiro (pode curar e reanimar os companheiros), agressor (causa muito dano), e hacker (consegue assumir controlo das câmaras e de armas automáticas).

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Embora cada personagem tenha estas características próprias, parece-nos que a Capcom tem de fazer mais para distinguir os sobreviventes, o que é provável que consiga, já que o jogo está ainda numa fase primária de desenvolvimento. Já evidente, mesmo neste estado ainda antecipado, é que Project Resistance vai obrigar à cooperação dos sobreviventes se quiserem levar a melhor sobre o Mastermind. Quem quiser separar-se do grupo e agir sozinho não vai durar muito tempo, e irá baixar consideravelmente as hipóteses dos restantes.

Depois temos o lado Resident Evil de Project Resistance. O jogo parece estar recheado de referências aos jogos da saga, desde logotipos e estranhos puzzles, aos vários inimigos que irá encontrar pelo caminho. Mais, a Capcom até já confirmou que Project Resistance também terá um modo offline mais virado para a narrativa, embora não tenha revelado detalhes dessa componente do jogo.

O registo da Capcom em termos de "spin-offs" de Resident Evil não é o melhor, com vários títulos que apenas sobreviveram graças ao nome de Resident Evil. Será Project Resistance mais um desses jogos, ou um título com mérito para suportar o nome da saga? Ainda não sabemos, mas o conceito agrada-nos, e a execução da jogabilidade parece ser muito sólida. Não será um substituto para algo como Resident Evil 8, mas pode ser algo interessante para ocupar os jogadores até esse inevitável lançamento. Estamos curiosos para ver como desenvolve Project Resistance.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Resident Evil: Project ResistanceResident Evil: Project Resistance
Resident Evil: Project ResistanceResident Evil: Project ResistanceResident Evil: Project Resistance
Resident Evil: Project ResistanceResident Evil: Project Resistance

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte