Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
antevisões
Lego Star Wars: The Force Awakens

Lego Star Wars: The Force Awakens

Há pouco tempo, num país não muito distante, jogámos Lego Star Wars: The Force Awakens pela primeira vez.

Vamos já deixar bem claro que somos grandes fãs de Star Wars, por isso, ao vermos Darth Vader e Kylo Ren na mesma sala que nós, ficámos tão entusiasmados como uma criança numa loja de rebuçados. E esse nem era o motivo maior para o nosso entusiasmo, mas o facto de estarmos prestes a experimentar Lego Star Wars: The Force Awakens pela primeira vez. E ainda conversámos com Tim Wileman (Produtor) e Graham Goring (Argumentista) sobre o projeto.

Tudo começou como é habitual neste eventos, com uma apresentação de 30 minutos onde Goring nos mostrou os dois níveis que iríamos jogar mais tarde. "Com tantos fãs de Star Wars no estúdio, não tivemos problemas para encher o jogo com muitos pormenores e referências escondidas," disse-nos Goring enquanto nos mostrava o detalhe da Luggabeast, ou os inimigos que estão a apanhar banhos de sol enquanto não é a sua vez de combater. Lego Star Wars: The Force Awakens tem um aspeto delicioso, e está repleto de detalhes que só os mais atentos vão reconhecer.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Como fãs de Star Wars, existiram momentos nesta demo que nos levantaram um sorriso de orelha a orelha, com referências aos filmes e a interpretação da TT Fusion a certos momentos icónicos. O jogo vai incluir 200 personagens jogáveis e 40 criaturas, o que significa que muito provavelmente vão encontrar as vossas personagens favoritas entre o elenco. Se uma personagem entrou mais do que cinco segundos no filme, é quase certo que vai estar presente no jogo. E até reconhecemos personagens que não estão relacionadas com os filmes de Star Wars, mas com outros meios.

Embora de forma muito gradual, os jogos da Lego tendem a melhorar pouco a pouco em termos de jogabilidade e design, até porque não se podem tornar demasiado complicados para os fãs mais novos. A base do combate é a mesma que sempre foi em Lego, enquanto metralham o mesmo botão até que os inimigos se desfaçam em pedaços Lego. Uma das novidades é a introdução de uma barra especial junto à saúde, que vai enchendo conforme lutam. Se for usada antes de estar cheia, a energia dessa barra permite eliminar um inimigo instantaneamente, mas se esperarem que a barra encha por completo, podem libertar um poder que vai eliminar todos os oponentes na sala. Uma pequena novidade que acrescenta alguma variedade e espetacularidade ao combate.

Outra novidade envolve as batalhas com disparos laser, que agora vão permitir que jogadores e inimigos procurem cobertura. Isto permitiu à TT Fusion criar alguns momentos mais cinemáticos. Durante as sequências mais avançadas da história, vão observar X-Wings a chocarem, grandes explosões, e outros momentos intensos que acontecem enquanto o jogador está protegido na cobertura. Um pormenor engraçado é que os inimigos podem montar um aparelho com peças lego que essencialmente destrói a cobertura do jogador, e existem outras mecânicas que mostram um cenário muito dinâmico.

A construção de objetos é obviamente um dos pontos altos da experiência Lego, mas nos jogos isso nunca foi muito emocionante, já que os objetos são sempre predefinidos. Em Force Awakens esse sistema será um pouco diferente, permitindo ao jogador selecionar que tipo de objeto quer construir com peças lego. Se não funcionar como desejam, podem desmontar esse objeto e montar outro. Na demo verificámos alguns desses itens, que tinham sido desenhados para situações para situações e sequências muito específicas. Um objeto permitiu-nos desvendar um segredo e os outros ajudaram-nos a resolver puzzles.

Embora seja baseado no filme, Lego Star Wars: The Force Awakens tomou muitas liberdades criativas na forma como conta a história, mas um dos momentos altos promete ser a condução da Milennium Falcon durante a fuga de Jakku. Foi uma secção muito limitada em termos de movimento, com um percuso muito linear, mas existem desafios que aumentam o valor de repetição de cada secção. Por exemplo, se destruíssemos quatro pontes durante o nível, ganhámos uma mini-versão da nave.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Os melhoramentos das secções aéreas tornaram-se mais evidentes durante a segunda parte da perseguição, onde tivemos de destruir 15 TIE Fighters (se fossem só dois, como no filme, seria uma luta francamente pequena). Em segundos estávamos a executar mergulhos, rodopios e outras acrobacias com uma grande acessibilidade de controlos. A barra especial de energia também aparece neste momentos, e quando é usada na sua totalidade, permite marcar as naves inimigas para um ataque devastador. Curiosamente, Goring não teve sucesso com esta habilidade, mas seria mais fácil com um segundo jogador - um movimenta a nave, o outro controla as armas.

Wileman e Goring também falaram imenso da autenticidade e do trabalho de afinação que estão a executar. Isso nota-se no detalhe do mundo e na fluidez de jogo. As animações, as referências, os modelos, e a jogabilidade, combinaram para uma experiência que encantou o nosso coração de fã de Star Wars. O facto do jogo incluir as vozes dos atores originais (embora alguma não tenham a mesma qualidade) e a banda sonora de John Williams, significa que será uma experiência ainda mais especial. Apesar de todo este valor de produção e mudanças, este ainda é um jogo da Lego, e se não são fãs do género, não vimos nada que seja capaz de mudar a vossa opinião.

Outros destaques da entrevista que podem ver em baixo:

• Wileman confessou que, se escolhesse ele, gostaria de trabalhar numa sequela de Lego City Ghostbusters ou numa versão Lego dos Caça-fantamas.

• A Lucasarts e a Disney foram muito abertos em relação ao projeto, partilhando muitos detalhes sobre a história, o filme, e até elementos de arte, antes da estreia do filme

• A produtora não quis revelar se Luke Skywalker, na sua nova versão, será uma das personagens jogáveis.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Lego Star Wars: The Force AwakensLego Star Wars: The Force Awakens
Lego Star Wars: The Force AwakensLego Star Wars: The Force Awakens