Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
antevisões
Hearthstone: Heroes of Warcraft

Hearthstone: Despertar de Galakrond - Impressões Finais

Já percorremos todos os bosses do primeiro capítulo da nova aventura de história de Hearthstone.

Hearthstone: Heroes of Warcraft

A nova aventura de Hearthstone chama-se Despertar de Galakrond e ficou hoje disponível, acrescentando mais conteúdo de história ao jogo. Não se trata de uma expansão (são gratuitas e limitam-se a introduzir cartas), mas antes de uma campanha (neste caso duas) em que deve enfrentar bosses controlados pela inteligência artificial. Já tivemos várias destas aventuras no passado, mas existem algumas alterações em relação às mais recentes.

A mais importante é o facto de Despertar de Galakrond recompensar o jogador com cartas exclusivas, algo que já não acontecia há alguns anos. Isto significa que a aventura é basicamente obrigatória para quem joga de forma competitiva, já que não existe outra forma de as ganhas (só as pode criar com pó depois de comprar a aventura). Se por um lado é uma recompensa interessante para quem normalmente investe nestas aventuras, por outro acaba por ser um regresso a uma estrutura bastante injusta para os jogadores.

Quanto à aventura propriamente dita, estará dividida em quatro capítulos, lançados nas seguintes datas:
- Capítulo 1: 21 de janeiro
- Capítulo 2: 28 de janeiro
- Capítulo 3: 4 de fevereiro
- Capítulo 4: 11 de fevereiro

Cada capítulo inclui duas campanhas com três bosses e oferece quatro cartas, excepto o primeiro capítulo que garante sete cartas. Isto significa que, no total, a aventura inclui 24 bosses e 35 cartas exclusivas. Cada boss pode depois ser enfrentado em modo normal ou heróico, embora apenas seja necessário derrotar os bosses em modo normal para ter acesso às cartas. Quanto a preços, estamos a falar de € 6,99 ou 700 moedas de ouro por capítulo, enquanto que o pacote completo pode ser adquirido por € 19,99. Uma nota, contudo, para o facto da primeira campanha da Liga do Mal ser gratuita para todos os jogadores - mas terá de pagar pela campanha da Liga de Exploradores.

Hearthstone: Heroes of Warcraft

A história de Despertar de Galakrond segue o confronto entre a Liga do Mal e a Liga dos Exploradores, que temos vindo a acompanhar ao longo do último ano. Na campanha da Liga do Mal joga com um dos seus membros e enfrenta um boss da Liga dos Exploradores, e vice-versa. No modo normal o jogo é um pouco mais restrito, com mais eventos de história e obrigando o jogador a jogar com um baralho proporcionado pela Blizzard. Se este primeiro capítulo serve de exemplo, os bosses em normal são bastante fáceis e não devem ter problemas em derrotá-los com os baralhos da Blizzard.

No modo heróico a situação é um pouco diferente. Embora os bosses sejam os mesmos, as suas habilidades são superiores, mas aqui terá de enfrentá-los com um dos seus baralhos. No nosso caso usámos o baralho de piratas do Guerreiro, sugerido pela Blizzard no criador de baralhos. Não é um baralho optimizado para estes confrontos, mas mesmo assim conseguimos derrotá-los sem grandes problemas de maior. Parece-nos que estes bosses são consideravelmente mais fáceis do que os bosses heróicos de outras aventuras, mas como referimos, só jogámos o primeiro capítulo. De referir que, ao completar uma campanha em modo heróico, irá desbloquear um verso de carta exclusivo da campanha correspondente.

Estamos desiludidos com a decisão da Blizzard em regressar a este formato para as aventuras. Associar cartas de forma exclusiva às aventuras é um incentivo injusto, além disso, gostávamos da natureza aleatória das aventuras anteriores, ao contrário do formato linear de história que agora está aqui presente. Os bosses em si são imaginativos, e os momentos narrativos são engraçados, com algumas surpresas a acontecerem em plena batalha. Quanto às cartas, têm qualidade, como pode ver nos exemplos em baixo.

A aventura em si é divertida, mas não podemos totalmente apoiar este formato - esperemos que a Blizzard regresse ao formato mais recente no futuro. Quando sair o quarto capítulo, a 11 de fevereiro, iremos publicar a análise completa a Despertar de Galakrond.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Hearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of Warcraft
Hearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of Warcraft

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte