Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
antevisões
A Year Of Rain

A Year Of Rain - Impressões de Acesso Antecipado

Lembra Warcraft III, mas este jogo de estratégia também tem a sua própria identidade.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

No Gamereactor somos grandes fãs de Warcraft III, que é ainda hoje uma das referências dos jogos de estratégia em tempo real. Infelizmente, esse estilo de jogo tem desaparecendo com o tempo, e parece ser cada vez mais incomum. Os próprios fãs da saga há muito que exclamam por Warcraft IV, mas o melhor que a Blizzard parece querer dar para já é Warcraft III: Reforged. Eis então que surge este A Year of Rain, um jogo muito inspirado por Warcraft e outros que tais, que está neste momento em acesso antecipado do Steam por € 24,99.

A história que dá contexto ao jogo é bastante típica para o género, apresentando um conflito de várias fações num universo de fantasia. É um mundo com magia, anões, homens-lagartos, e grandes cavaleiros, que batalham em ruínas antigas e planícies desoladas. A história é apresentada com sequências cinemáticas, que recorrem ao motor de jogo para apresentar os momentos mais importantes e os diálogos. É eficaz em termos de apresentação da história, do mundo, e das personagens. Tal como Warcraft III, existem unidades "heróicas", que são únicas, e que podem ser evoluídas durante a campanha.

Essa campanha está estruturada de forma muito interessante e variadas, com missões de vários tipos. São também uma boa oportunidade para aprender micro e macro-gestão, entre outras particularidades do sistema de jogo que poderá usar depois nos modos multijogador. Um factor interessante é que a campanha pode ser desfrutada por dois jogadores, e algumas missões parecem claramente desenhadas com isso em mente. Tudo é jogável por um só jogador, mas por vezes vão beneficiar de partilhar da experiência com um amigo. Cada jogador tem ainda controlo da sua respetiva base e economia, e terão de trabalhar em conjunto para ultrapassarem a inteligência artificial. O jogo inclui vários graus de dificuldade, mas mesmo no fácil é relativamente desafiante.

Temos no entanto alguns problemas a relatar, como a inteligência artificial que define o percurso das unidades. Como é normal, é o jogador que define para onde as unidades irão, clicando no terreno, mas é a inteligência artificial que define o percurso até a esse ponto - a menos que esteja a fazer micro-gestão -, e o caminho encontrado nem sempre é o melhor. Desde unidades que se atrapalhavam, a grupos que se dividiam... existe ainda muito para corrigir neste aspeto, mas também é verdade que o jogo está em acesso antecipado, pelo que - esperamos - será uma das prioridades para o estúdio resolver.

A Year Of Rain

Outro problema diz respeito à campanha, nomeadamente a incapacidade para gravar o jogo durante as missões. Como por vezes existem missões que duram bem mais do que 30 minutos, é normal existirem saves automáticos e claro, saves manuais, mas A Year Of Rain - aquando da publicação desta análise - ainda não inclui essa função. Isto é bastante frustrante, obrigando a recomeçar cada missão, mas pelo menos sabemos que é uma das prioridades para o estúdio.

A campanha de A Year of Rain será importante, mas não às custas do modo multijogador. O estúdio pretende manter os jogadores agarrados em modos competitivos, e para isso vai incluir tabelas de classificação, divisões, e jogos para definir a colocação dos jogadores nessas categorias. Ou pelo menos é esse o plano, porque para já, não existe muita gente a jogar A Year Of Rain. O jogo só agora entrou em acesso antecipado, e ainda há muito trabalho pela frente em termos de afinamento dos sistemas multijogador, e também de equilíbrio das fações.

Com a consciência de que estamos perante um jogo ainda em desenvolvimento, estamos a gostar do que vimos de A Year of Rain. A campanha é interessante, com missões bem desenhadas, a jogabilidade é empolgante, e inclui opções para multijogador competitivo e cooperativo. Claro que o estúdio tem ainda muito trabalho pela frente, e neste momento não podemos necessariamente recomendar o jogo, mas acreditamos que eventualmente se tornará um título de grande capacidade dentro do género de estratégia em tempo real.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
A Year Of RainA Year Of Rain
A Year Of RainA Year Of Rain

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte