Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
WWE 2K20

WWE 2K20

O estúdio habitual de WWE deixou este jogo nas mãos de outra equipa. O resultado? Enfim, veja você mesmo.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Felizmente, este é um dilema que não encontramos com muita frequência, o dilema de escolher por onde começar com um jogo que é tão mau quanto WWE 2K20. Os jogos de WWE nunca foram fenomenais, mas a Yukes conseguiu sempre apresentar títulos de alguma qualidade, suficiente para ano após ano entreter os fãs de wrestling. Este ano, contudo, a Yukes não esteve a trabalhar com WWE 2K, e no seu lugar apareceu a Visual Concepts, que assumiu a produção do novo jogo.

Agora que WWE 2K20 chegou às nossas mãos, é mais do que evidente que a Visual Concepts precisava de muito mais tempo para terminar o jogo. Existem aqui tantos defeitos, tantos bugs, e tantas más decisões, que honestamente teríamos vergonha de lançar um jogo neste estado para o público.

Graficamente é um desastre, ficando abaixo dos outros jogos da série que saíram nesta geração. Os modelos das personagens são horríveis, e não fossem alguns adornos como tatuagens e penteados, e seria quase impossível identificar algumas personagens. Nas cutscenes do modo história, é difícil não ficar distraído com a vida própria do cabelo, que parece uma verdadeira medusa inquieta. No lado exatamente oposto está a barba, que nunca mexe. Isto significa que, ao abrir a boca, a personagem está basicamente a engolir a sua barba.

É terrível mesmo, mas dava para viver com maus gráficos. Infelizmente não podemos dizer o mesmo da quantidade absurda de bugs que estão neste jogo. Existem tantos erros técnicos, de personagens que desaparecem, objetos engolidos pelo chão, árbitros que andam no ar, e modelos sem faces, que é inacreditável que se trate da versão final de um jogo. A 2K já afirmou que está a trabalhar numa atualização, mas não podemos aceitar que um jogo seja lançado desta forma. Jogos com bugs melhorados com atualizações é compreensível, mas nunca a este ponto.

Alguns dos bugs até quebram o jogo. Por exemplo, se editar a sua personagem no modo carreira e decidir colocar um emblema ou símbolo no fato, deixará de ser possível carregar o próximo capítulo porque o jogo ficará preso no loading. Seja como for, o modo carreira tem algumas ideias engraçadas este ano, como a premissa que coloca o jogador na pele de duas personagens, dois amigos - um masculino, outro feminino. Infelizmente esta ideia é completamente sabotada logo à partida, já que tudo não passa de flashbacks das duas personagens depois de se terem reformado. Isto acontece enquanto os dois amigos recordam os seus eventos passados em conversa com estrelas reais da WWE. Bem, dizemos conversa, mas na verdade não mexem os lábios durante os diálogos.

Por falar em diálogos, são péssimos. O guião parece ter sido escrito por um rapaz de 14 anos, com piadas que falham miseravelmente o seu objetivo. Outra situação absurda é que o jogo nunca muda o aspeto da personagem, o que significa que se criar um lutador experiente, com rugas, barba, e cabelo branco, é exatamente isso que vai ver quando a personagem se lembrar dos seus anos de faculdade, por exemplo. O conceito do modo carreira pareceu-nos de facto interessante, mas a execução deixa muito a desejar.

WWE 2K20

O modo Universe pouco mudou desde o jogo anterior, salvo algumas novidades como a possibilidade de se ter quatro rivais e novos diálogos, mas felizmente gostámos mais de Showcase.

Neste modo é possível jogar com a carreira de algumas estrelas, e este ano o foco é a "revolução das mulheres". É possível acompanhar a carreira das Quatro Cavaleiras, nomeadamente Bailey, Becky Lynch, Charlotte Flair, e Sasha Banks, desde a NXT até aos eventos principais da Wrestlemania. Por norma gostamos deste modo, e o tema este ano é interessante, mas também este ponto positivo acaba por ser atropelado por problemas vários. Os combates são repetitivos, sem variedade de objetivos ou emoção, e os vídeos reais que surgem entre combates são absolutamente terríveis, como se estivéssemos a ver youtube na pior definição possível.

Muitos problemas, mas se ao menos a jogabilidade fosse divertida, já se aproveita alguma coisa, mas não é o caso. A Visual Concepts mudou por completo a configuração dos botões, o que obrigou a um período de ajustamento, as animações e a fluidez dos movimentos é atroz, e quase tudo é um mini-jogo aborrecido, desde as submissões aos regressos.

Para que fique bem claro, a nossa opinião é que deve manter a sua distância de WWE 2K20, mesmo que seja um grande fã de wrestling. Se a série nunca foi excecional, este ano está pior que nunca, num estado que é absolutamente lastimável e inaceitável. Existem bons jogos que têm muitos bugs, e existem maus jogos que funcionam bem a nível mecânico. WWE 2K20 funciona mal e está cheio de bugs. Pior mesmo, só WWE 2K18 de Nintendo Switch, mas é melhor nem falarmos desse jogo.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
WWE 2K20
WWE 2K20
03 Gamereactor Portugal
3 / 10
+
Algumas ideias base são razoáveis.
-
Grafismo terrível. Inúmeros bugs. Modo carreira parece ter sido escrito por um adolescente. Mecânicas de jogo péssimas.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

WWE 2K20Score

WWE 2K20

ANÁLISE. Escrito por Johan Vahlström

O estúdio habitual de WWE deixou este jogo nas mãos de outra equipa. O resultado? Enfim, veja você mesmo.



A carregar o conteúdo seguinte