Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
World of Warcraft: Classic

World of Warcraft: Classic

Recuámos 15 anos de WoW para lhe trazer esta análise repleta de nostalgia.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

O World of Warcraft de hoje, ou o WoW: Battle for Azeroth como a Blizzard refere, é um jogo muito diferente do que era em 2004. Através de várias expansões e inúmeras atualizações, a Blizzard mudou mecânicas de jogo, grafismo, design, interface, classes... enfim, praticamente tudo. WoW é hoje um jogo muito mais acessível e dinâmico do que era em 2004, mas existem jogadores que têm saudades da experiência original, da experiência mais crua, implacável, e solta que o WoW "Vanilla" proporcionava. Mais, têm saudades do conteúdo original, que foi substituído e perdido para sempre com o lançamento de Cataclysm. A Blizzard decidiu finalmente atender os desejos desses jogadores com WoW: Classic, uma versão praticamente imaculada do WoW original, que abriu os seus servidores no passado dia 27 de agosto.

O lançamento, como já devem ter lido, foi atribulado, com longas filas de espera só para entrar nos servidores - existem relatos de jogadores que tinham filas de muitas horas. Esse problema não está tão grave, mas permanece, e mesmo depois de entrar nos servidores terá de lidar com enchentes de jogadores que lhe irão "roubar" os inimigos necessários para completar quests. Seja como for, a experiência que vai encontrar depois de entrar no jogo será a correspondente à da atualização 1.12, também conhecida como Drums of War. Segundo a Blizzard, esse período corresponde à experiência mais sólida e equilibrada do WoW original.

As diferenças de WoW: Classic para WoW: Battle for Azeroth começam logo com o criador de personagens, cujas opções são consideravelmente reduzidas. As facções são as mesmas, Horde e Alliance, mas o número de raças e classes é bastante inferior. Do lado da Alliance podem jogar com Humans, Dwarves, Night Elves, e Gnomes. Pela Horde representam os Orcs, Trolls, Undead (Forsaken), e Tauren. As classes Death Knight, Monk, e Demon Hunter não existem, enquanto que Paladins são exclusivos da Alliance e Shamans só podem ser selecionados pela Horde. Quanto ao nível máximo, é metade do que existe atualmente em Battle for Azeroth, ou seja, 60.

A abordagem a talentos e feitiços é também muito diferente. No Classic não vai escolher uma especialidade. Em vez disso terá 51 talentos para despejar pelas três especialidades. Isto significa que um Mago pode ser especialista em Fogo, Gelo, ou Magia Arcana, ou então criar uma combinação de duas ou das três. A liberdade para desenvolver a personagem é maior em comparação com Battle for Azeroth, mas as hipóteses de serem cometidos erros também. Quanto aos feitiços, não são ganhos quando sobe de nível. Em vez disso terá de se deslocar até um treinador da sua classe para os adquirir, e acredite, são caros.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

O mapa de WoW: Classic é também muito menor do que o atual, que conta com várias expansões em cima. Classic permite essencialmente explorar os dois continentes base, Azeroth e Eastern Kingdoms, mas embora o tamanho seja reduzido, o facto de tanto do jogo ser passado sem montada, significa que isso é uma benção. Em WoW: Classic só pode comprar a primeira montada a nível 40, e ter dinheiro para ela não é fácil - muitos não terão o ouro necessário para a comprar a esse nível. Mais, a montada de nível 60, a mais rápida do jogo (não existem montadas voadoras em WoW: Classic) é um verdadeiro luxo só disponível para quem realmente está a acumular dinheiro.

World of Warcraft: Classic é um jogo muito mais exigente com o tempo do jogador, e se quiser avançar de forma significativa ou sentir que cada sessão contribuiu com algo, terá de gerir bem o seu tempo de deslocação. WoW: Classic não indica no mapa onde são as localizações das quests, o que significa que terá de ler as quests para descobrir onde estão os inimigos que terá de matar, ou os itens que deve apanhar. Isto implica procurar pelos sítios, e por vezes, irá passar por eles sem dar por isso. Andar perdido está longe de ser uma ocorrência rara em WoW: Classic, e se em cima disso considerarmos outros factores, como a dificuldade acrescida para evoluir as profissões, a necessidade de evoluir cada capacidade com armas de forma independente, e a regeneração lenta de mana, saúde, e energia, é fácil perceber que o processo de evolução de Classic é muito mais lento que em WoW: Battle for Azeroth.

Outra diferença importante é a da menor facilidade para o jogador solitário. Pode jogar uma boa fatia de WoW: Classic sozinho, sim, mas não será um passeio como em Battle for Azroth. Existe conteúdo no mundo que será muito difícil de ultrapassar a solo, quests que nem sequer estão marcadas como sendo para grupo, e isso vai obrigar a uma interação maior dos jogadores. E isto numa versão do jogo que ainda não inclui a função de Looking for Group, o que significa que terá de procurar ativamente um grupo no chat ou na guild. O mesmo acontece com as masmorras, que são também bem mais difíceis que as versões atuais. Nestas masmorras terá de usar ferramentas de crown control para manter os inimigos neutralizados, como polymorph do Mage, por exemplo.

Nesse aspeto, de comunidade, World of Warcraft: Classic é muito mais "MMO" que WoW: Battle for Azeroth. Esta versão do jogo não se limita a incentivar os jogadores a interagirem entre si, força-o, e isso é visível numa comunidade muito mais forte e interativa. Será frequente ver jogadores a colocarem questões no chat, o que motiva respostas, o que por sua vez motiva conversas. Nesse sentido, WoW: Classic é também uma experiência muito menos solitária - basta olhar para o chat, ainda que muito do que lá apareça sejam disparates.

World of Warcraft: Classic

Passar de WoW: Battle for Azeroth para WoW: Classic não é fácil. Aliás, é um processo quase doloroso, considerando a quantidade de opções de qualidade de vida que o jogador está a abdicar, mas para muitos, isso fazia parte do encanto de World of Warcraft. O facto de ser tão desafiante significa que é também mais recompensador, e conseguir algo em WoW: Classic, como uma montada, é uma grande vitória por si só, um motivo de orgulho. Conseguir uma montada em Battle for Azeroth é um dado adquirido, não a nível 40, mas a nível 20. Logo aqui se vê a grande diferença, e também os dois lados da moeda: se uns não vão ter paciência para este tipo de experiência, outros vão adorá-la, mais até que a experiência moderna.

Quanto eventualmente chegar a nível 60, o que deve ocupá-lo durante vários dias, não vai encontrar muito que fazer, mas isso será resolvido nos próximos meses. Antes da primeira expansão, The Burning Crusade, WoW recebeu uma série de atualizações de conteúdo, como a introdução de PvP, o raid de Naxxramas, e outros. Tudo isso será introduzido em WoW: Classic, mas de forma faseada. Para já, este é o conteúdo planeado:

PVE
Fase 1: Molten Core, Onyxia, Maraudon
Fase 2: Dire Maul, Azuregos, Kazzak
Fase 3: Blackwing Lair, Darkmoon Faire, Darkmoon Deck
Fase 4: Zul'Gurub, Green Dragons
Fase 5: Ahn'Qiraj War Effort, Ahn'Qiraj Raids
Fase 6: Naxxramas, Scourge Invasion

PVP
Fase 1: PvP ativo, mas sem recompensas
Fase 2: Sistema de honra, Ranks PVP
Fase 3: Alterac Valley, Warsong Gulch
Fase 4: Arathi Basin
Fase 5: Objetivos PvP em Silithus e Eastern Plaguelands

WoW: Classic não será uma experiência duradoura para todo o tipo de jogadores, mas aconselhamos todos os fãs de WoW a experimentá-la durante algum tempo, seja pelo valor nostálgico se for veterano, ou pelo valor pedagógico se só entrou em WoW depois de Cataclysm. WoW: Classic é uma recriação perfeita do WoW original, com todo o seu encanto, dor, magia, e pureza, um jogo que é uma verdadeira experiência Massive Multiplayer Online, e que arrisca reacender a nossa paixão por World of Warcraft.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
World of Warcraft: ClassicWorld of Warcraft: Classic
World of Warcraft: ClassicWorld of Warcraft: ClassicWorld of Warcraft: Classic
View comments
09 Gamereactor Portugal
9 / 10
+
É exatamente como nos lembrávamos. Partilha subscrição com o WOW regular. Boa dose de conteúdo ainda por chegar. É uma viagem repleta de nostalgia.
-
É preciso correr muito, mas tipo, muito mesmo, de um lado para o outro.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

A carregar o conteúdo seguinte