Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Stranger Things 3: The Game

Stranger Things 3: The Game

Podia ser um companheiro interessante para a série, mas infelizmente não é o caso.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

No dia em que ficou disponível a terceira temporada de Stranger Things, em exclusivo no Netflix, foi também lançado o jogo correspondente, para PC, PS4, Xbox One, e Switch. Produzido pela BonusXP, Stranger Things 3: The Game foi promovido como "o companheiro oficial para a terceira temporada", permitindo experienciar alguns dos eventos que os fãs presenciaram ao longo dos oito episódios.

Antes de continuarmos, um aviso. Tanto o jogo, como esta análise, incluem spoilers de Stranger Things, pelo que não aconselhamos o texto, ou o jogo, a quem ainda não vi a série.

O jogo arranca perto de onde a série também começa, com os russos a conversarem sobre a máquina que estão a construir. Pouco depois disso vão assumir o controlo de Mike e Lucas no centro comercial de Starcourt mall. Estão sempre presentes duas personagens, cujo controlo podem alternar quando quiserem - a outra personagem será controlada pela inteligência artificial ou por outro jogador. Embora estejam sempre duas personagens jogáveis, essas personagens irão variar frequentemente, já que irão controlar a maior parte do elenco principal da série.

A primeira missão envolve entrar no cinema, utilizando as traseiras da loja de gelados onde Steve trabalha. É essencialmente o que acontece na série, mas com alguns eventos extra. Primeiro têm de partir umas caixas enquanto procuram as chaves de Steve, enfrentar alguns ratos, negociar com um russo, e restaurar a energia de um elevador.

Embora o contexto das missões mude, o que irão fazer a nível de jogabilidade não será muito diferente. Uma boa fatia da experiência de jogo envolve resolver uma série de puzzles físicos, como acionar alavancas pela ordem correta, empurrar caixotes para cima de uma placa que irá ativar uma porte, e assim por diante. Em resumo, devem ir do ponto A ao ponto B, experienciado uma versão simplificada da história, mas com alguns eventos extra de pouco interesse.

Stranger Things 3: The Game

Cada personagem tem uma habilidade especial, como a explosão de energia de Eleven, as bombas de Lucas, e capacidade de cura de Max. Podem ainda executar alguns ataques simples, bloquear as investidas dos inimigos, e equipar amuletos para melhorar as vossas estatísticas. Ao longo da aventura vão recolhendo uma série de acessórios, que podem depois usar numa mini-oficia para criar itens. Podem criar armas novas para algumas personagens, amuletos, ou itens específicos de história.

A narrativa, como já referimos, é essencialmente a mesma que está na série, mas por causa da forma como está simplificada, acaba por perder alguns elementos importantes. Se viram a série será fácil preencher os vazios de forma a que tudo faça sentido, mas se não é o caso (estão à espera de quê?), será mais difícil acompanhar a narrativa, ou pelo menos de forma a que tudo seja lógico.

Também existem algumas missões secundárias para cumprirem, mas são tudo tarefas muito básicas, como ir buscar champô para a Karen, petiscos para o Billy, ou auxiliar uma das senhoras na piscina. Por vezes encontrámos uma ou outra missão secundária interessantes, mas foram exceções.

O que mais esperávamos do jogo era que fosse uma espécie de carta de amor à série, que tivesse muitas curiosidades e referências, ou que realmente fosse um "companheiro", como é referido pelo estúdio. Infelizmente não é isso que acontece. Trata-se de uma versão simplificada da terceira temporada, que não inclui nada de realmente interessante. Sim, a jogabilidade é funcional e a o aspeto retro encaixa bem com o espírito dos anos 80 da série, mas só isso não é suficiente. Não é um jogo péssimo, e tem os seus pontos de interesse para fãs da série (se não o são, não há qualquer motivo para jogar Stranger Things 3), mas podia ter sido muito mais do que é.

Stranger Things 3: The GameStranger Things 3: The Game
Stranger Things 3: The GameStranger Things 3: The Game
05 Gamereactor Portugal
5 / 10
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor