Português
Gamereactor
análises
Sonic Lost World

Sonic Lost World

Sonic reafirma o seu apoio à Nintendo, com um jogo exclusivo para 3DS e Wii U, que é particularmente impressionante na última.

Ninguém melhor do que o Sonic para espelhar o que têm sido os últimos anos da Sega: períodos de esplendor que mascararam alguns momentos onde bateram no fundo e alguns retornos em grande estilo que não receberam o reconhecimento merecido devido aos erros do passado.

A verdade é que a Sega parece ter encontrar a fórmula certa para produzir boas aventuras com o ouriço mais rápido do mundo no papel de protagonista. Casos recentes, como Sonic Colours e Sonic Generations, mostram que a série ainda tem um grande potencial, sobretudo dentro do género de plataformas. Sonic Lost World vem confirmar essa tendência positiva em que a personagem se encontra, sobretudo na versão de Wii U.

Sonic Lost WorldSonic Lost World

O Sonic Lost World é, de início ao fim, um jogo de Sonic na sua forma mais pura. Todos os elementos tradicionais da série estão aqui recriados magistralmente. Robotnik, Tails, cápsulas, poderes, anéis, loopings a alta velocidade... está cá tudo. Este é um jogo que homenageia cada uma das raízes da franquia, agregando os melhores elementos dos antecessores num produto que permite olhar para o futuro de Sonic com optimismo.

O jogo é composto por sete mundos (mais um escondido), cada um dividido em quatro fases. Um dos maiores encantos do jogo é o facto de não seguir em demasia fórmulas pré-definidas, tentando surpreender o jogador com frequência. Por exemplo, normalmente nas fases dois e quatro de cada mundo, devem normalmente enfrentar um Boss no final do nível, (na tradição dos Sonic clássicos), mas isso não implica que a regra se mantenha em todos os mundos. O mesmo é verdadeiro para as etapas normais, que procuram variar o ritmo do jogo para que nunca caia na repetição, um erro comum a outros títulos de plataformas.

Sonic Lost World

Assim, existem momentos em 3D (que muitos vão associar a Mario Galaxy), mas que cuja verdadeira origem poderia ser encontrada no Sonic Extrem para Sega Saturn, que foi cancelado. Vão encontrar vários caminhos para explorar e segredos para descobrir. Também existem momentos em 2D, mais diretos e com particularidades próprias, como o ecrã que se move sem parar na horizontal ou na vertical (recordam os melhores momentos de Sonic Generations). Até existem situações mais inesperadas, que trouxeram à memória jogos como Sonic Spinball e Sonic Adventure.

Embora existam momentos que se concentram exclusivamente num desses elementos, as melhores recordações do jogo surgem quando existe uma mistura desses conceitos, numa fusão harmoniosa de vários elementos diferentes, mas todos perfeitamente contextualizado com Sonic. Isto impede, como já referimos que o jogo caia numa repetição exagerada, renovando-se constantemente.

Sonic Lost WorldSonic Lost WorldSonic Lost World

Longe vão os dias em que Sonic se movia rápido demais e que os saltos raramente acabavam na plataforma pretendia, ou pior, atravessavam paredes. Em Sonic Lost World, tudo está perfeitamente calculado para uma experiência agradável e fluida. Sonic mantém todas as suas habilidades normais e terão oportunidade de as utilizar a todas.

O jogo tem um excelente valor de repetição. Por um lado, cada fase tem as tradicionais cinco moedas vermelhas (fáceis de encontrar nos momentos em 2D, mas bem mais complicado quando o jogo muda para 3D), que permitem desbloquear níveis novos. Por outro lado, existem alguns objetivos secundários para cumprir, como eliminar um certo tipo de inimigos com um ataque específica ou fazer acrobacias. Isto sem esquecer a vontade de salvar o maior número possível de Flickies, o que dará acesso ao último nível de cada mundo. Além disso existem áreas secretas para descobrir e todos os novos podem ser repetidos em modo cooperativo, incluindo os mini-jogos que podem desbloquear.

Sonic Lost WorldSonic Lost WorldSonic Lost World

Entre tantos elogios, não podemos esquecer também as falhas que assombram o jogo. A mais evidente é a falta de equilíbrio na dificuldade. Por vezes parece quase demasiado fácil e noutras ocasiões pode ser irritantemente difícil. Pedia-se um pouco mais de teste e atenção a esta característica. Também é necessário apontar a falta de qualidade da banda sonora e o design por vezes caótico dos mundos a três dimensões.

Uma última palavra para os seis inimigos mortais que Sonic terá de enfrentar, que apresentam desafios interessantes ao jogador, apesar do visual relativamente genérico. Tudo somando, Lost World é uma boa aventura de Sonic, sobretudo na Wii U. Se continuar assim, o ouriço azul mais conhecido do mundo pode um dia aspirar a voltar ser uma das referências no género de plataformas.

Sonic Lost World
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Sonic em estado puro: diversão, carisma, humor e intensidade. É longo, sobretudo se quiserem chegar aos 100%.
-
Pedia-se um equilíbrio mais eficaz da dificuldade, que oscila entre o fácil e o desesperante. Banda sonora fraca. Os mundos 3D podem ser algo caóticos.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

Sonic Lost WorldScore

Sonic Lost World

ANÁLISE. Escrito por Ramón Méndez

Sonic reafirma o seu apoio à Nintendo, com um jogo exclusivo para 3DS e Wii U, que é particularmente impressionante na última.



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.