Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Song of Horror

Song of Horror - Episódio 1

Começamos este jogo de mistério, investigação, e suspense, a primeira impressão é positiva.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

O escritor Sebastian P. Husher e a sua família desapareceram, e tudo o que restou foi a sua casa, uma residência sem vida em que algo não bate certo. É aqui que entra em cena o primeiro protagonista, obrigado pelo seu editor a ir até à casa de Husher para ver se está tudo bem com o autor. Depois disso, terá a hipótese de controlar outras personagens, e é assim que começa verdadeiramente este primeiro episódio de Song of Horror, um jogo que será expandido em termos de conteúdo com o passar do tempo.

Ao todo serão cinco episódios, que irão trazer novas personagens, localizações, e até mecânicas de jogo. Cada episódio pode ser comprado avulso por € 7,99, ou em conjunto por € 21,99, no Steam, e os episódios serão lançados de forma gradual até março.

Como referimos acima, depois do prelúdio é possível escolher a personagem, e cada uma delas tem as suas particularidades em termos de personalidade e acessórios. Por exemplo, uma das personagens tem uma capacidade mental acima da média, o que significa que consegue resistir melhor a situações de stress. Cada personagem tem também o seu próprio conjunto de itens iniciais, que mudam a forma como o jogador interage com a casa, os seus perigos, e os puzzles.

O jogo parece um misto de três géneros, com elementos de uma aventura clássica com puzzles, uma atmosfera e uma história de jogo de terror, e componentes de um rogue-like. O resultado desta mistura é uma experiência interessante e intrigante, em que irá explorar as várias divisões da casa Husher, apanhando itens, referências da narrativa, e pistas para o que aconteceu, e para a história global do que se passa. Isto tudo enquanto tenta evitar uma presença maléfica do qual sabe pouco, sobretudo no início da aventura.

É uma presença que está sempre à espreita, nas sombras, e se não tiver cuidado, irá apanhar a sua personagem jogável e eliminá-la. A grande questão aqui é que a morte da personagem é permanente, obrigando o jogador a continuar a aventura com uma das restantes. Se isso acontecer terá de procurar os itens da personagem abatida e continuar a partir daí, e se todas elas morrerem, terá de começar o episódio de início.

Song of Horror

Para evitar a morte de uma das personagens precisa de ter muita atenção ao ambiente, já que existem algumas pistas que indicam a possibilidade de um ataque da presença. Por exemplo, ao aproximar-se de uma porta que ainda não abriu, pode encostar o ouvido para tentar ouvir o que se passa do outro lado, e a indicação de vários ruídos pode indicar perigo. Outros sinais, como arrepios frios da personagem, e um aumento geral de ruídos pela casa, significa que o melhor é esconder-se num dos vários armários da casa. Não sempre é assim tão simples, e o jogo tem os seus truques para enganar o jogador, mas de forma geral, é este o método de Song of Horror.

Mesmo que seja descoberto pela presença, existem formas de se defender. Pressionando repetidamente num botão específico, pode bloquear a entrada da presença quando tentar abrir a porta da divisão ou do armário em que está escondido, e também existe uma mecânica onde deve tentar controlar o pânico e o batimento cardíaco da personagem.

Song of Horror é um jogo com uma atmosfera pesada e uma abordagem adulta ao nível de história e argumento, e as diferenças entre as personagens significa que a experiência nunca é exatamente igual. Fãs dos Silent Hill mais antigos podem também apreciar o tipo de puzzles que irão encontrar em Song of Horror, que envolvem normalmente a exploração da casa à procura de pistas para eventuais soluções.

Como deve calcular, não se trata de um jogo com grandes valores de produção, mas são mais do que adequados. O grafismo é realista e detalhado, a atmosfera é excelente, o desempenho dos atores é impecável, e a banda sonora ajusta-se na perfeição. Existem alguns problemas de optimização, sobretudo em termos de fluidez de jogo, mas considerando o ritmo lento da aventura, não é algo que afete muito a experiência. Isto foi apenas a perspetiva deste primeiro episódio, contudo, pode esperar com uma análise detalhada ao jogo completo depois de sair o quinto e último capítulo.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Song of HorrorSong of Horror
Song of HorrorSong of Horror
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Boa atmosfera. Jogabilidade única. Bom design sonoro. Premissa interessante.
-
Problemas de fluidez. Graficamente não é nada de impressionante.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte