Português
Gamereactor
análises
Sackboy: A Big Adventure

Sackboy: A Big Adventure

Assuma o controlo do adorável Sackboy, nesta aventura baseada em LittleBigPlanet.

SackBoy: A Big Adventure é mais um exclusivo pronto para o lançamento da PlayStation 5, embora também esteja disponível na PS4, mas antes de avançarmos convém esclarecer de que isto não é LittleBigPlanet. Não é um jogo à base de construção de mundos e níveis, mas um verdadeiro jogo de plataformas 3D baseado nessa licença. O jogo foi produzido pela Sumo Digital e não pela Media Molecule, e o resultado é uma experiência muito agradável para todas as idades, mesmo que lhe falte algum do encanto e da genialidade dos LittleBigPlanet.

O protagonista é, como não podia deixar de ser, Sackboy, que vai partir numa aventura através do mundo criativo de Craftworld. Tudo começa quando um terrível fantoche chamado Vex surge através de um portal, raptando os habitantes do mundo. O seu objetivo é utilizar o povo Sack como escravos para criarem uma terrível máquina. Sackboy é um dos poucos que escapou das garras de Vex, e como tal, parte decidido a resgatar o seu povo.

Os jogos LittleBigPlanet são jogados em 2D, apesar do grafismo 3D, mas não é isso que se passa em A Big Adventure. O jogo utiliza uma câmara com perspetiva fixa, mas tem uma jogabilidade 3D que funciona bastante bem. Claro que ainda existem muitas referências ao mundo de LBP, como o facto de ser tudo feito de materiais, como pano, lã, e cartão, por exemplo. É tudo muito colorido e divertido, com vários toques criativos nos níveis.

A jogabilidade em si envolve secções de plataformas, exploração do mundo, e puzzles para resolver. São puzzles básicos, claro, que envolvem normalmente algum tipo de reação rápida ou movimento, mais baseados em ações físicas do que em pensamento profundo. Como deve calcular, estamos a falar de um jogo muito acessível, com jogabilidade simples e suave. Saltar, agarrar, atacar... é tudo fácil de dominar, e mesmo os itens que Sackboy pode usar durante a aventura como um gancho para chegar a locais altos, ou um boomerangue, rapidamente se tornam parte do processo.

O combate envolve basicamente dar chapadas aos inimigos, e a maioria pode ser derrotada com um ou dois golpes. O contrário, contudo, também é verdade, já que Sackboy só pode também sofrer dois ataques antes de rebentar. Os inimigos são no entanto fáceis de prever, e mesmo que perca, vai aparecer num ponto de controlo próximo sem grandes problemas. Os bosses são um pouco mais desafiantes, e como os melhores The Legend of Zelda, todos eles requerem a utilização de algum tipo de mecânica nova.

Sackboy: A Big Adventure

Além da campanha de história, A Big Adventure também inclui atividades opcionais e colecionáveis para o jogador recolher, escondidos pelos níveis. Normalmente, estes objetivos extra como bater um recorde de tempo, e os itens secretos, oferecem roupas para o Sackboy usar, já que essa sua capacidade de se disfarçar de muitas formas continua bem presente no jogo. Também existem níveis extra que pode tentar desbloquear, e que são um pouco mais desafiantes que os níveis regulares. Alguns até podem ser completados em co-op, mas infelizmente não tivemos a oportunidade de testar esse lado do jogo. Gostámos destes níveis extra, sobretudo pelo desafio acrescido que proporcionaram. Os níveis incluem normalmente dois tipos de itens: esferas, necessárias para desbloquear a localização do boss; e "Collectabells", que são usados para comprar fatos e materiais na loja Zom-Zom.

LittleBigPlanet tem, pelo menos na PS5 que foi a versão testada, um aspeto fantástico. Não é um jogo que puxe muito pelo grafismo, verdade, mas está a correr a 4K e 60 frames por segundo, com tudo extremamente definido e fluído, e é uma delícia. O que mais nos impressionou, contudo, foi o som, já que A Big Adventure inclui uma banda sonora que reage de forma dinâmica com alguns níveis, e não apenas com músicas originais, mas também algumas licenciadas, de nomes como Bruno Mars e David Bowie. Uma palavra ainda para o DualSense, cuja vibração dá ainda mais vida ao mundo de A Big Adventure.

Apreciámos imenso o tempo que passámos com o Sackboy nesta sua nova aventura de plataformas. É verdade que existe alguma repetição devido ao ciclo repetitivo da jogabilidade, e que não é um jogo com muita pompa e circunstância, mas também não precisa de o ser. Tudo está bem feito, desde o grafismo à jogabilidade, passando pelo design dos níveis e pela história, e como tal, é um jogo perfeitamente adequado para todas as idades. Se isto é um indicador do que pode ser o futuro de Sackboy, estamos muito entusiasmados.

Sackboy: A Big AdventureSackboy: A Big AdventureSackboy: A Big Adventure
Sackboy: A Big AdventureSackboy: A Big AdventureSackboy: A Big Adventure
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Design do mundo e dos níveis é adorável. Nova abordagem de um verdadeiro jogo de plataformas funciona bem. Níveis musicais são excelentes.
-
Falta-lhe algum do charme de LittleBigPlanet. Desde cedo forma-se um padrão evidente de jogabilidade.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.