Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor
análises
Ruined King: A League of Legends Story

Ruined King: A League of Legends Story

Os criadores de Battle Chasers apresentam mais um produto LoL de elevada qualidade.

HQ
HQ

A Riot está a aproveitar a popularidade de League of Legends para disparar em todas as direções, e pelo que temos visto até aqui, está a fazê-lo da melhor maneira. Depois de uma excelente série no Netflix, a Riot apresenta agora um RPG por turnos de grande qualidade, também ele baseado no universo riquíssimo de League of Legends. Ruined King: A League of Legends Story está disponível para PC e consolas, por € 29,99, e foi produzido pela Airship Syndicate, o estúdio de Joe Madureira, que no passado nos trouxe Darksiders Genesis e Battle Chasers: Nightwar.

Como acontece com os outros produtos "A League of Legends Story", Ruined King expande uma parte específica do universo de LoL, desta feita focada na cidade portuária de Bilgewater, localizada no arquipélago Shadow Isles (previamente conhecido como Blessed Isles). É a partir daqui que o próprio Ruined King estabelece o seu domínio, utilizando o poder sombrio do Black Mist, que ameaça toda a vida de Valoran. Esta história vai também reunir seis personagens de League of Legends, nomeadamente Pyke, Miss Fortune, Braum, Illaoi, Ahri, e Yasuo, que terão de unir forças (de forma relutante) para tentar travar o Ruined King. Cada personagem tem também os seus próximos motivos e história, com algumas surpresas reservadas para os fãs.

A história é contada através de sequências animadas (a arte de Joe Madureira continua fantástica) e diálogos entre as personagens, muito à semelhança de Battle Chasers, embora sem grande liberdade de escolhas por parte do jogador. A história, e o jogo em geral, é bastante linear, embora existam mini-jogos como pesca e objetivos secundários que pode tentar cumprir. Também pode explorar o mapa para tentar receber mais loot e recursos, de forma a preparar poções mais poderosas.

Ruined King: A League of Legends Story

Ruined King: A League of Legends é um RPG que mistura exploração numa perspetiva isométrica com combates por turnos num ecrã próprio, num formato muito parecido com o de Battle Chasers: Nightwar. Durante a exploração irá controlar a personagem designada de Party Leader, enquanto procura segredos, loot, e itens, mas também pode interagir com várias personagens secundárias, conhecendo um mundo extremamente detalhado e rico. Para apreciar Ruined King não precisa de conhecer League of Legends, mas é claro que irá apreciar as várias referências caso seja fã do trabalho da Riot.

Cada personagem apresenta características e habilidades próprias, como Miss Fortune que aplica ataques à distância com as suas pistolas, ou Braum que consegue proteger o seu grupo e atacar com magias. Illaoi consegue apoiar e reforçar o grupo com os seus feitiços, mas também pode invocar os tentáculos de Mother Serpent para causar dano ao inimigo. Cada herói pode ser equipado com diferentes armas (específicas para cada personagem), armaduras, e itens. Também existe alquimia como referimos em cima, e um sistema de encantamentos para reforçar a qualidade das peças de armadura. Mas fica o aviso: para ter os melhores recursos e melhorar o seu equipamento, vai ter de matar inimigos menores repetidamente.

O sistema de combate está dividido em três tipos de ataques, dependendo de quando são executados e da quantidade de mana exigida: Instant, Lane, e Ultimate. As habilidades Instant não consomem mana, nem causam grande dano, mas permitem preparar as condições certas para lançar os mais poderosos ataques Lane. Estes ataques Lane dividem-se em categorias de intensidade, nomeadamente velocidade, equilíbrio, e poder - isto vai determinar quantos turnos requerem antes de serem usados. É um sistema com alguma profundidade, que exige que o jogador pense em alguns turnos à frente, já que Ruined King pode ser um jogo algo desafiante.

Ruined King: A League of Legends Story

Conforme executa estas e outras ações vai enchendo uma barra, que ao ficar cheia permite executar ataques Ultimate. Como o nome indica, são ataques devastadores que requerem alguma preparação, pelo que raramente será capaz de os usar contra os inimigos menores (não terá tempo para isso). Também existem algumas características no cenário que pode tentar explorar para sua vantagem, incluindo nuvens de veneno e itens curativos.

No geral apreciámos bastante a exploração e o combate de Ruined King, e a nossa única queixa prende-se com o sistema de saves automáticos, que podem ser algo infrequentes. Perder horas de jogo porque nos esquecemos de guardar o jogo pode ser bastante frustrante, e de forma totalmente desnecessária.

Tirando isso, ficámos agradavelmente surpreendidos com Ruined King: A League of Legends Story. A Riot está a apostar nos projetos e nos estúdios certos para expandir o universo de LoL, e aqui apresenta um RPG de exploração e turnos de qualidade elevada. Se é fã de League of Legends, parece-nos uma aposta segura (a menos que não aprecie mesmo o género), mas mesmo que não conheça o universo de LoL, pode encontrar boas horas de diversão em Ruined King.

HQ
Ruined King: A League of Legends StoryRuined King: A League of Legends Story
Ruined King: A League of Legends StoryRuined King: A League of Legends Story
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
História expande o universo de League of Legends. Sistema de combate divertido e com boa profundidade. Excelente direção artística.
-
Auto-saves deviam acontecer com maior regularidade. Se não está habituado ao género, pode ser confuso de início.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte