Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Persona 5 Royal

Persona 5 Royal - Atualizado

O melhor RPG japonês dos últimos anos regressa com muitas novidades e algumas surpresas.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Como já devem saber, Persona 5 foi originalmente lançado em 2017 para PS3 e PS4, na altura classificado com um 9/10, e destacado pelo Gamereactor como o melhor RPG japonês dos últimos anos. Três anos depois, eis que chega ao mercado uma nova versão, uma edição "Royal" que introduz conteúdo novo, faz algumas alterações pontuais aos diálogos, afina a jogabilidade, e essencialmente oferece uma experiência de jogo mais coesa e rica - desta vez em exclusivo para a PS4.

Para um melhor entendimento do jogo em si, da sua história e estrutura, e também das respetivas particularidades da jogabilidade, aconselhamos-vos a espreitarem primeiro a nossa análise original...

... Já leram? Fantástico!

Como no original, vai acompanhar um grupo de estudantes que tem de equilibrar a sua vida escolar e social com visitas as masmorras controladas pelo subconsciente. É uma autêntica viagem de loucos, uma aventura fantástica que aborda em particular a rebelião dos mais jovens perante o sistema instaurado da sociedade. É também um jogo sobre os mais fracos fazerem frente aos mais fortes, sobre criar amizades e laços que ajudem a ter uma vida social mais equilibrada, e sobre solidariedade. Em várias ocasiões é absurdo, quase ridículo, mas também muito divertido, e mais importante que tudo, nunca deixa que esse espírito excêntrico atrapalhe a mensagem que tem a passar ou os tópicos que aborda.

Quem não jogou o original, não vai perceber quais são as novidades, mas quem já teve a sua primeira aventura com Persona 5, vai encontrar diferenças logo nas horas iniciais. A presença de uma personagem inédita muda de imediato a dinâmica da situação, e coloca questões que o jogador não tinha no original. E embora o grosso da história e das missões secundárias se mantenham inalteráveis, existem pequenos desvios e alterações nos diálogos que acabam por apresentar novas perspetivas ou maior sensibilidade.

A personagem Ann, por exemplo, que é uma estudante loura vestida com um justíssimo fato vermelho, está a ser pressionada por um professor para ter uma relação consigo, o que é naturalmente um assunto muito sério. A forma leve como o original tratou esta situação, inclusivamente com os comentários provocadores dos seus amigos, criaram desconforto em alguns fãs, suficiente para que a Atlus tivesse feito algumas alterações. Este tópico continua a ser abordado, a essência da situação é a mesma, mas pequenos ajustamentos nos diálogos e nas imagens, fazem com que seja abordada com maior cuidado e subtileza. Pela parte que nos toca, preferimos esta versão mais ponderada e respeitosa dos tópicos abordados.

Existem várias destas alterações menores, mas também a adição de conteúdo completamente novo, como duas personagens inéditas: a conselheira escolar Mayuki e a ginasta Kasumi. Ambas juntam-se a um vasto elenco que vai competir pela atenção e dedicação do jogador, e todos têm algo de interesse para partilhar e contar. Royal acrescenta também novas áreas para o jogador explorar, completas com atividades que não estavam no original, incluindo um clube de jazz, e um mini-jogo de dardos, por exemplo. Mais uma vez, a sua integração é exímia, pelo que um jogador novo não será capaz de distinguir estas novidades do conteúdo original.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

As mexidas não se aplicam apenas ao elemento social, mas também às masmorras e ao sistema de combate. Praticamente todos os Palácios que irá visitar foram alvo de alterações e revisões, não só com a introdução de alguns elementos novos, mas também com o encurtamento de algumas secções, de forma a experiência se torne mais dinâmica e mantenha um ritmo mais elevado. Até existe um novo gancho que facilita o movimento e uma semente que rejuvenesce os pontos de magia, retirando alguma da frustração das masmorras, sobretudo as mais avançadas.

Os bosses também foram alterados, com novas fases e atributos, obrigando a uma mudança de tática por parte do jogador. Até existem certos elementos narrativos inéditos, de que gostámos particularmente. Todas estas mudanças tornaram esta segunda passagem pelo jogo bem menos monótona e frustrante, o que é crucial quando estamos a falar de uma aventura tão longa.

O combate também recebeu alguns ajustes, como as armas de longo alcance, por exemplo, que agora recarregam automaticamente quando entram numa nova batalha. Isso aumenta a sua viabilidade, algo que não era muito preciso no original, alargando ainda mais o leque de estratégias disponíveis. E ainda existem novos ataques Showdown, que causam grandes percentagens de dano, mas que só ocorrem de forma aleatória.

Em cima de tudo isto, Persona 5 Royal inclui também vários melhoramentos gráficos, incluindo novas animações, efeitos extra, e até algumas sequências animadas novas. A própria banda sonora, que era já fantástica no original, recebeu também algumas versões remisturadas e até músicas inéditas. Ou seja, todos os elementos de Persona 5 foram melhorados, afinados, e expandidos com esta nova edição.

Cada diferença individual pode não parecer importante, mas quando as juntamos a todas, acabam por fazer diferença na experiência de jogo. Persona 5 Royal é a versão definitiva do jogo, e com vantagem considerável em relação ao original. Só podemos por isso deixar a nossa mais alta recomendação para qualquer amante dos RPG japoneses, independentemente de serem estreantes ou veteranos de Persona 5.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Persona 5 Royal
Persona 5 RoyalPersona 5 Royal
Persona 5 RoyalPersona 5 RoyalPersona 5 Royal
10 Gamereactor Portugal
10 / 10
+
Continua a ser um jogo cheio de estilo. Vários tópicos são abordados de forma mais cuidada e sensível. Bastante conteúdo novo. Ajustes precisos à jogabilidade.
-
Continua a exigir alguma coragem para ultrapassar as primeiras horas.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte