Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Operation Abyss: New Tokyo Legacy

Operation Abyss: New Tokyo Legacy

É sempre um prazer encontrar versões ocidentais de jogos genuinamente japoneses.

O facto de existirem cada vez menos jogos em produção para a PlayStation Vita, levou ao aumento da adaptação de jogos japoneses ao mercado ocidental, títulos que provavelmente nunca teríamos visto noutro contexto. Operation Abyss: New Tokyo Legacy é um desses jogos, baseado no género de exploração de masmorras. O estilo segue de perto a orientação da animação japonesa, mas a temática é muito mais sombria e macabra do que é normal encontrar noutros RPG japoneses.

O protagonista é um estudante, que acorda numa sala escura depois de ter ficado inconsciente. Não sabemos porque está preso naquele local, mas o cenário sugere que muitos já perderam a vida naquela sala. O nosso protagonista não vai contudo seguir esse destino, depois de ser salvo por uma personagem misteriosa. Durante um confronto entre o seu benfeitor anónimo e o raptor, o protagonista acaba por fugir, dando os primeiros passos na masmorra inicial do jogo.

Operation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo Legacy

É aqui que encontramos o grosso da experiência de Operation Abyss, a exploração de masmorras numa perspetiva na primeira pessoa. À semelhança do que acontece com outros jogos do género, vão começar a aventura sem qualquer tipo de mapa, mas o caminho percorrido fica assinalado, o que eventualmente começa a dar forma à masmorra. Isto também incentiva a uma maior exploração, sobretudo se quiserem encontrar cada pedaço do mapa.

Um dos problemas deste tipo de jogos é a quantidade de repetição do cenário, enquanto regressam a partes do cenário já visitadas. No caso de Operation Abyss existe uma mecânica de transporte rápido, que ajuda a aliviar essa repetição. Como se trata de um jogo portátil, que por vezes é mais próprio para sessões de jogo curtas, é bom que não nos obrigue a perder tempo com muito conteúdo repetido. O jogo não se passa todo em masmorras, também vão explorar diferentes áreas da cidade (cenários estáticos), mas o grosso da jogabilidade está na exploração das masmorras 3D. É aqui que vão encontrar os inimigos, e enfrentá-los em combates por turnos. Felizmente a transição entre exploração e combate é instantânea e nem sequer passa por nenhum ecrã de carregamento.

Para os combates vão fazer-se acompanhar por uma equipa de lutadores, e o jogo tem um grande nível de personalização desses membros que nos acompanham (além do próprio protagonista). Quando começam a aventura podem definir o tipo de interação que pretendem neste aspeto do jogo, desde uma personalização praticamente automática, a um grau de gestão e liberdade total, onde vão controlar cada elemento do grupo. Existem várias classes, táticas e habilidades para explorar, e se adoram esse lado mais estatístico dos RPG, vão adorar Operation Abyss.

Operation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo Legacy

Outra grande fatia da experiência passa pela narrativa, apresentada com animações estáticas e muito diálogo, à semelhança de outros RPG japoneses do género. As ilustrações parecem saídas de um Anime, o design das personagens é extravagante e os diálogos incluem escolhas para o jogador tomar. Mas tudo em inglês. Se estavam a pensar desfrutar da versão original em japonês, não a vão encontrar na versão ocidental.

A qualidade deste explorador de masmorras não é uma surpresa total, já que a sua produtora, Experience Inc, foi também responsável por Demon Gaze, outro RPG do género para a PS Vita. Existem muitas semelhanças entre os dois títulos, mesmo que Operation Abyss seja superior em alguns elementos e Demon Gaze noutros. É uma aposta segura da produtora, que se mantém num registo muito semelhante ao projeto anterior, e que apreciamos dada a escassez de opções do género.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Operation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo Legacy
Operation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo LegacyOperation Abyss: New Tokyo Legacy
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Deixar o jogo gerir a equipa ajuda a facilitar um género que é por norma complicado. Enredo profundo.
-
Os cenários a três dimensões parecem fracos. Não inclui opção para vozes em japonês.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte