Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
especiais
Kingdom Hearts III

O codiretor Tai Yusue fala de Kingdom Hearts

Falámos com o codiretor para ficar a saber mais sobre os acontecimentos que vão anteceder o terceiro capítulo principal.

Ficámos ligeiramente desapontados quando soubemos, antes da E3 deste ano, que Kingdom Hearts III - revelado publicamente na E3 2013 - não iria marcar presença no evento. A razão dada pela Square Enix foi porque queria manter o foco em Kingdom Hearts HD 2.5 Remix, que terá lançamento na PlayStation 3 este ano. Mas tivemos de aproveitar a conversa com Tai Yusue, codiretor de ambos os jogos, para colocar perguntas sobre a sequela há muito esperada.

"Quando tivemos a ideia original para Kingdom Hearts III, queríamos recuperar os jogadores da série Kingdom Hearts e também introduzi-la a novos fãs. Foi por isso que fizemos Kingdom Hearts 1.5 e 2.5 nesta altura," explica Yusue.

O enredo da série Kingdom Hearts é relativamente complexo e desenrola-se ao longo de várias histórias secundárias, e a ideia destes relançamentos em HD é apresentar a série como um conjunto coeso aos jogadores que tenham deixado passar alguns dos títulos lançados para as plataformas portáteis.

"Queríamos compilar tudo na PS3, porque muitos jogadores na Europa e na América do Norte não puderam jogar na DS ou na PSP, por isso queríamos colocar tudo isto na PS3," afirma Yusue.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Kingdom Hearts IIIKingdom Hearts III

"Acho que Kingdom Hearts: Birth by Sleep é a história de origem," diz Yusue. "Foi aí que tudo começou. Jogamos o episódio zero, que é Kingdom Hearts: Birth by Sleep e depois temos Kingdom Hearts II que é a história de como o Sora parte na sua aventura. Em Re:Coded também jogamos com Sora, e depois de jogarmos [Kingdom Hearts] 2, Re:Coded coloca Sora numa aventura no mundo dos computadores e encontramos uma espécie de elo de ligação perdido entre Kingdom Hearts II e Kingdom Hearts: Birth by Sleep. Há uma espécie de mensagem secreta para tentar encontrar. E Sora não conhece as três personagens de Birth by Sleep em Kingdom Hearts II, mas em Re:Coded ele fica a conhecer os três utilizadores anteriores da Keyblade de Kingdom Hearts: Birth by Sleep."

"E assim fica tudo ligado. E também serve para unir a história a Kingdom Hearts III. Dá uma espécie de pista do que pode vir a seguir."

Quando lhe perguntamos que espécie de trabalho foi realizado para tornar Kingdom Hearts HD 2.5 Remix mais acessível aos novatos, Yusue responde:

"Para Kingdom Hearts 2.5, demos forma a um grafismo maravilhoso. E o som é fantástico na PS3. Por isso podemos desfrutar do jogo numa TV grande, num ecrã grande. Acho que vai ser muito mais acessível. Não precisamos de ter uma portátil. E no original também havia muito material de apoio à história. Tínhamos o Grilo Falante a explicar como a história se desenrolava. Mostrava as personagens que conhecíamos e as interações que tínhamos com elas e acho que isso também será útil."

Kingdom Hearts IIIKingdom Hearts III

Para além das atualizações cosméticas também foram feitas afinações às mecânicas, especialmente em Kingdom Hearts: Birth by Sleep, onde podemos agora modificar a câmara mais facilmente com o analógico direito.

"Tivemos muito cuidado para não alterar aquilo que funcionava bem em Kingdom Hearts II e Birth by Sleep. As mecânicas, os sistemas e o equilíbrio do jogo foram muito bem recebidos. Não quisemos mexer muito nesses aspetos."

Yusue falou ainda na sua localização favorita em Kingdom Hearts 2.5 Remix - o nível da Cinderella de Kingdom Hearts: Birth by Sleep. De seguida, a conversa centrou-se na importância de revisitar obras anteriores enquanto produtor de videojogos, em especial para os membros da equipa que já tinham trabalhado no franchise.

"É importante redescobrir o que era positivo e aqueles aspetos que os fãs gostavam mesmo em Kingdom Hearts e acho que vamos transportar esse conhecimento para a produção de Kingdom Hearts III, que está a acontecer em simultâneo. Em especial para os mais novos, que não participaram nos outros Kingdom Hearts, é importante saberem o que os fãs querem, e dessa forma acho que foi uma experiência de aprendizagem útil para eles."

De seguida, perguntamos a Yusue se alguma das novas propriedades da Disney que surgiram nos últimos anos poderiam surgir em Kingdom Hearts III.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Kingdom Hearts III

"Eu gosto muito dos clássicos," responde Yusue. "Mas também gosto dos novos. Acho que gostamos de incorporar novos mundos que não foram jogados antes, isso é importante para nós. Pessoalmente, eu vi o Frozen com a minha filha e gostei imenso. Ainda não decidimos quais os mundos que vamos colocar em Kingdom Hearts III, mas enquanto fã da Disney posso dizer que gostei muito do Frozen."

Quando o questionamos sobre o desenvolvimento de Kingdom Hearts III, Yusue diz o seguinte: "o desenvolvimento [de Kingdom Hearts III] está a correr muito bem. Estamos a fazer experiências. Estamos a fazer coisas muito excitantes."

"Criativamente acho que está a avançar muito bem. Temos muitas coisas novas. Acho que vai haver muita coisa semelhante aos títulos anteriores de Kingdom Hearts, mas também existe muita coisa nova. E estou muito excitado. Estou em pulgas para vos contar, mas infelizmente não posso falar muito sobre isso. Desculpem."

Yusue diz que a equipa de marketing o iria atar e enviá-lo de volta para o Japão se dissesse algo mais sobre o novo jogo, e só para o caso de estar a falar a sério, acabamos assim a conversa...

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade