Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
MotoGP 19

MotoGP 19

O simulador de motociclismo da Milestone está de regresso, mas estará melhor?

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Quando começamos a jogar MotoGP 19, pensámos que nos tornaríamos no próximo Valentino Rossi digital sem grande esforço, mas não foi isso que aconteceu. Logo na primeira corrida ficámos em penúltimo, e isso foi apenas o primeiro indicador de que MotoGP 19 é um jogo genuinamente desafiante. "Fácil de aprender, difícil de dominar" é um chavão muito utilizado nos videojogos, mas no caso de MotoGP 19 é totalmente verdadeiro.

MotoGP é, como a competição em si, um jogo baseado em habilidade, timing, e velocidade. Para passarem nas curvas em condições precisam de entrar no ângulo certo com a velocidade adequada, caso contrário serão severamente penalizados pelo jogo. Acelerem demasiado e vão sair disparados para fora da pista, travem bruscamente e serão atirados para fora da mota, virem demasiado numa direção e irão derrapar a mota pelo chão. É um jogo implacável, onde é essencial cumprir os passos do modo de treino. Aqui terão de repetir várias vezes os exercícios até os dominarem realmente, se quiserem ter hipótese de competir realmente.

Vão precisar de dedicação para superarem estes obstáculos, mas o reverso da medalha é que, quando realmente conseguirem terminaram corridas com bons tempos, vão sentir-se os maiores. Claro que existem formas de baixar a dificuldade e tornar a experiência mais acessível, mas por defeito não é isso que está indicado, e nós achamos que a melhor experiência passa mesmo pelas definições originais.

Quanto a modos de jogo, gostámos particularmente do nosso percurso pela carreira. Aqui podem começar por competir na taça de novatos, onde cada piloto compete com motas equivalentes. Se tiverem um desempenho razoável serão convidados para uma equipa de Moto3, e assim por diante. Podem, contudo, passar estes passos à frente, e começar de imediato em Moto3, Moto3, ou MotoGP. À media que avançam pela carreira vão desbloqueando conteúdo, como pontos para melhorarem a mota.

O vosso desempenho será sempre avaliado, e se não estiverem à altura, podem ser despedidos da equipa. Gostámos deste formato do modo carreira, e é um modo onde os jogadores podem claramente gastar muitas horas de jogo. É uma pena que o editor do piloto não seja melhor, já que existem poucas opções cosméticas, e o próprio número de nações disponíveis é reduzido. Pelo menos podem desenhar o capacete, o que ajuda a acrescentar alguma personalidade.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

O outro modo singleplayer chama-se Desafios Históricos, onde podem tentar bater 60 desafios diferentes baseados em corridas reais. Estes desafios estão divididos em quatro categorias: Heróis dos 500CC (1993-2001), A Alvorada de MotoGP (2002-2006), Grandes Rivalidades (2001-2013) e A Era Moderna (2006-2013). O objetivo será tentar cumprir os tempos que os pilotos reais conseguiram, ou tentar ganhar uma corrida a um rival. Se quiserem, vão desbloquear o piloto em questão para outros modos de jogo, incluindo online. Existem, contudo, dez versões jogáveis de Valentino Rossi, e uma delas está desbloqueada de início. Se, por outro lado, preferem jogar online, existe o modo tradicional e o modo MotoGP eSport Championship, para quem quer algo ainda mais competitivo.

Algo que nos causou alguma estranheza foi a qualidade gráfica, que apresenta algumas oscilações. A maior parte dos elementos tem boa qualidade, mas por vezes surgem pormenores notoriamente inferiores ou estranhos, como motas que parecem estar a flutuar, pneus com texturas baixas, e outras falhas semelhantes. Esperamos que seja algo que a Milestone resolva o mais rápido possível, já que chega a distrair um pouco. Uma nota para a banda sonora eletrónica, que é francamente fraca. Felizmente, só a terão de ouvir nos menus.

Como jogo isolado, MotoGP 19 é uma simulação de motociclismo muito competente, mas no contexto geral da série, não faz muito para a evoluir. O modo carreira é bom, mas perfeitamente genérico, e a nível de produção apresenta as falhas de grafismo e banda sonora que referimos. O melhor mesmo é a jogabilidade, sobretudo se estiverem à procura de um desafio elevado, mas justo.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
MotoGP 19MotoGP 19MotoGP 19
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
Modo carreira é divertido. Condução tem qualidade. É desafiante na medida certa.
-
Grafismo oscila entre bom e mediocre. Banda sonora é péssima. Traz poucas novidades.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor