LIVE

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Live broadcast
Publicidade
logo hd live | Outriders Broadcast #1
Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Maneater

Maneater

Quer descobrir qual é a sensação de ser um dos maiores predadores do mundo?

Maneater

Tudo o que bastou foi um filme produzido por Steven Spielberg, em 1975, para que o mundo ficasse aterrorizado de tubarões. Estes animais passaram a ser vistos como assassinos frios e implacáveis - cruéis até -, mas na verdade são mal entendidos. É isso que este Maneater pretende corrigir... de certa forma.

Maneater pode ser classificado como um RPG de ação em mundo aberto, construído em torno de um documentário fictício que segue um caçador de tubarões chamado Scaly Pete. É um pouco como a história de Jaws, mas invertida, já que aqui o grande vilão é Scaly Pete, e o "herói" é o nosso tubarão. Scaly Pete é um verdadeiro sacana, que demonstra um elevado grau de crueldade, sobretudo a lidar com tubarões. Quando o jogo começa, Scaly Pete essencialmente assassina a mãe do nosso tubarão enquanto estava grávida, arrancado-nos da sua barriga, e causando-nos uma enorme cicatriz. Antes de escaparmos, contudo, conseguimos uma pequena vingança, comendo a sua mão.

Existe um surpreendente foco em mecânicas RPG em Maneater, que visam permitir que o jogador cresça e evolua enquanto tubarão. Como? Bem, comendo tudo o que apareça à frente e causando pânico geral entre a humanidade. Vai começar a aventura relativamente baixo na cadeia alimentar, como um pequeno tubarão, grande o suficiente para se alimentar, mas demasiado pequeno para enfrentar alguns dos maiores perigos que esperam por si. É por isso a sua função continuar a crescer e a evoluir enquanto tubarão, tudo com o objetivo de se vingar em definitivo de Pete.

ManeaterManeaterManeater

As mecânicas de jogo são curiosamente simples, envolvendo sobretudo nadar e comer, com o ocasional ataque de cauda. Este ataque de cauda pode ser usado para atordoar inimigos, sejam eles aquáticos ou humanos, e é particularmente útil contra outros predadores. O seu tubarão terá ainda a capacidade de se atirar para terra e atacar humanos que se julgam a salvo, mas como deve calcular, é neste momento que está mais exposto e menos capaz, e não aguenta muito tempo fora da água.

O combate envolve normalmente outros predadores ou humanos caçadores de tubarões nos seus barcos. Em termos de inimigos marítimos irá enfrentar orcas, cachalotes, crocodilos, e outras criaturas semelhantes, mas a sua dificuldade muda conforme avança no jogo. Os crocodilos, por exemplo, são extremamente perigosos quando ainda é basicamente um jovem tubarão, mas ao crescer, deixarão de ser um perigo. Já os caçadores de tubarões são o equivalente à polícia de jogos como GTA, e irão começar a caça-lo depois de causar caos suficiente. Quanto mais inimigos humanos matar, mais fortes serão as unidades futuras que o tentarão caçar.

Maneater também inclui bosses, que são normalmente versões especiais dos inimigos tradicionais, embora executem ataques únicos que obrigam a uma atenção redobrada do jogador. São oponentes de respeito, que provavelmente vão obrigar a várias tentativas, mas ao vencer cada uma destas batalhas, irá ganhar um melhoramento para o seu tubarão. Existem várias possibilidades de evolução para o tubarão, incluindo dentes que causam choques, estrutura óssea mais forte, e até um sonar que ajuda a localizar inimigos, peixes, e colecionáveis. Também pode evoluir uma série de atributos passivos, como resistências a certos tipos de ataques, e maior velocidade, por exemplo. Quanto a recursos, irá procurar óleo, proteínas, e minerais. Eventualmente o seu tubarão será um verdadeiro mutante dos mares.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

O mundo aberto de Maneater está dividido em várias províncias, incluindo oceano aberto, pântanos, e docas industriais. Cada uma destas áreas inclui os seus próprios tipos de fauna e flora marítima, além de missões e objetivos secundários. Até pode encontrar referências a vários marcos da cultura pop, como Tubarão, O Padrinho, Titanic, e À Procura de Nemo. Infelizmente este é um dos maiores problemas do jogo, o design das missões e dos objetivos secundários, que não apresentam grande variedade. Enquanto tubarão não há muito que possa fazer, além de comer ou enfrentar certos inimigos, e isso limita a experiência de jogo.

Gostámos contudo da apresentação audio-visual. Embora extremamente sangrento, o estilo do jogo é algo cartoonesco, e apresenta ícones e uma interface a combinar. Visualmente esperávamos mais dos efeitos da água, mas cumprem o seu papel. Genial, contudo, é a participação de Chris Parnell enquanto narrador, o que dá algum entusiasmo extra à experiência.

Em suma, Maneater é um jogo que momentos divertidos, que pega em fórmulas conhecidas mas colocá-as num contexto bastante único e singular. Infelizmente aquele que se previa ser o maior problema de Maneater, concretizou-se, e o jogo acaba por sofrer de um design de missões repetitivo e uma fadiga de jogabilidade depois de algumas horas. Se acha o conceito interessante, é possível que se divirta com Maneater, desde que mantenhas as expetativas realistas.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
ManeaterManeaterManeater
ManeaterManeaterManeater
ManeaterManeater
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
Tem momentos de grande diversão. Personagens desenvolvem bem. Mundo impressionando.Mecânicas únicas
-
Falta variedade ao design das quests. Alguma repetição.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

ManeaterScore

Maneater

ANÁLISE. Escrito por Ben Lyons

Quer descobrir qual é a sensação de ser um dos maiores predadores do mundo?



A carregar o conteúdo seguinte