Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Iratus: Lord of the Dead

Iratus: Lord of the Dead

Assuma o controlo de um morto-vivo pouco simpático neste RPG por turnos.

Iratus: Lord of the Dead

E se invertêssemos a premissa de um jogo de masmorras e o objetivo passasse a ser lutar desde os calaboiços mais fundos até à superfície? É essa a proposta de Iratus: Lord of the Dead, um RPG por turnos com uma estrutura roguelike onde vai assumir o papel de um feiticeiro da morte. Um jogo onde pode ir buscar paralelismos fáceis é Darkest Dungeon, já que partilham um sistema de combate parecido, um estilo visual 2D macabro, e mecânicas em torno de sanidade.

Iratus é capaz de erguer e comandar criaturas terríveis, incluindo dos inimigos que abateu, e pretende usar essa capacidade macabra para escapar das masmorras. Terá ao seu dispor 18 tipos de criaturas, incluindo esqueletos, cavaleiros, múmias, fantasmas, e outras monstruosidades semelhantes, cada uma com as suas características de combate. O jogo é composto por cinco enormes mapas, com um boss no final de cada um, mas terá liberdade para escolher o caminho e até os inimigos que irá enfrentar, o que lhe garante alguma capacidade de preparação.

Existem duas formas abordagens que pode tentar para eliminar os inimigos - atacando diretamente a sua vida, ou tentar drenar a sua sanidade. Para reduzir a vida dos inimigos vai recorrer às ações tradicionais, como magia, ataques físicos, e assim por diante. Drenar sanidade, contudo, não é um processo tão óbvio, e tem algumas consequências. Quando a sanidade do inimigo desce suficientemente, é agastado com alguns efeitos negativos, e até pode enlouquecer ao ponto de atacar os seus parceiros. Caso a sanidade do oponente se esgote por completo, o seu próximo ataque tem a hipótese de o matar instantaneamente.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Conseguir ganhar batalhas explorando as deficiências de sanidade dos oponentes é bastante divertido, e tem uma série de benefícios - se matar um inimigo porque ficou insano, os seus companheiros vão perder ainda mais sanidade, por exemplo. Infelizmente o sistema não é perfeito, e em alguns casos - sobretudo nas dificuldades mais altas - pode levar ao estado de Inspirado do oponente, o que lhe confere uma série de benefícios permanentes. Não nos importamos com isso, mas incomoda-nos que o sistema de sanidade e inspiração dependa tanto de sorte.

Seja como for, apreciamos o facto de Iratus: Lord of the Dead incluir tamanha profundidade tática, sobretudo considerando todos os monstros que o jogador tem sob o seu comando. Até pode usar cérebros e alquimia para explorar diferentes oportunidades, como criar uma nova unidade e de imediato subir o seu nível com cérebros. Cérebros frescos e em bom estado, contudo, não abundam, por isso terá de ter algum cuidado com a sua utilização.

O próprio Iratus tem também os seus feitiços individuais, que pode usar uma vez por ronda, além de um sistema de progresso. Conforme evoluiu, pode também garantir efeitos benéficos para as suas unidades. Outro pormenor que é importante considerar é o cemitério, um local onde pode construir certas estruturas com diversos propósitos e efeitos. Pode treinar as unidades que não combateram, curar soldados feridos, e utilizar o sistema de alquimia, por exemplo.

Iratus: Lord of the Dead pede que o jogador considere uma série de fatores para ter sucesso, o que demora o seu tempo a assimilar, mas eventualmente irá apanhar-lhe o jeito. É um jogo de estratégia com um bom grau de profundidade, que tem um estilo visual negro, e uma inversão curiosa de papéis no género. Uma boa opção para quem apreciou jogos como Darkest Dungeon.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Iratus: Lord of the DeadIratus: Lord of the DeadIratus: Lord of the Dead
Iratus: Lord of the Dead
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Estratégia profunda. Bom valor de repetição. Requisitos técnicos suaves.
-
Banda sonora monótona. Nível de sanidade algo desequilibrado.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte