LIVE

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Live broadcast
Publicidade
logo hd live | The Sinking City
Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Her Story

Her Story

Um jogo charmoso e misterioso, que marca uma nova abordagem à narrativa interativa.

Vivemos numa era interessante para os videojogos, que não se limita a grandes orçamentos, gráficos realistas e mundos abertos massivos (mesmo que isso continue a ser muito importante, ao contrário do que alguns defendem). O facto de existirem cada vez mais produtoras de videojogos, significa que algumas boas ideias conseguem destacar-se, mesmo com orçamentos muito reduzidos. Her Story é um desses jogos, que tenta transportar para os videojogos um conceito que fez sucesso no cinema durante o final da década de 90: o género dos "vídeos encontrados" (tipo Blair Witch Project). Também vale a pena realçar que Sam Barlow, Designer Principal e Argumentista de Silent Hill: Origins e Silent Hill: Shattered Memories, é o criador deste jogo.

Her Story partilha uma história de detetives, contada através da consulta da enorme base de dados de um departamento policial. Nestes vídeos vão observar uma extensa interrogação a uma mulher inglesa, sob suspeita do homicídio do marido em 1994. A tarefa do jogador passa por encontrar e guardar vários clips da interrogação, utilizando palavras gradualmente mais elaboradas na pesquisa, tudo numa tentativa de resolver o caso. Terão de combinar as informações que vão recolhendo nos vídeos, utilizando o motor de busca de um sistema operativo parecido com o Windows 95.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Quando começarem a jogar só terão acesso a um grupo pequeno de vídeos, mas conforme ouvem as respostas da mulher, vão descobrindo palavras-chave que permitem descobrir outros vídeos importantes. Inicialmente serão obrigados a recorrer a uma lista bastante limitada, com palavras como "marido", "homicídio", e "álibi", todas em inglês (convém dominar o idioma para jogar Her Story). É uma história complexa, e desvendar o seu mistério é uma experiência entusiasmante.

A estrutura não linear de Her Story é um dos elementos mais fascinantes do projeto. O jogador tem liberdade total na forma como conduz a sua investigação, o que significa que podem descobrir as pistas numa sequência diferente de outro jogador. Não existe uma forma 'certa' de resolver o caso: tudo depende de como decidem avançar na reconstrução da história, vídeo a vídeo. É uma experiência curiosa, que nos leva a canalizar o Sherlock Holmes que existe dentro de nós.

O jogo tem uma base de dados que auxilia o jogador, utilizando um sistema em grelha que classifica os vídeos em cores. Os vermelhos são vídeos que ainda não descobriram, os verdes são vídeos descobertos e analisados, e os amarelos são vídeos descobertos, mas que ainda escondem pistas que não descobriram. É uma ferramenta extremamente útil, que ajuda quando estamos presos em algum momento. Não vamos obviamente revelar qualquer detalhe sobre a história, mas vale a pena ressalvar que ficámos impressionados com a conclusão do caso.

Outro elemento que dá grande personalidade a Her Story é o estilo retro que Sam Barlow empregou. Todos os vídeos (interpretados por Viva Seifert), foram recriados num formato que simula uma velha cassete VHS, enquanto que o sistema operativo parece bastante arcaico, como já referimos. E não são gráficos gerados em computador, mas vídeos filmados da atriz. Além dos efeitos visuais, Sam Barlow também teve a atenção de recriar efeitos sonoros que ajudam a dar essa atmosfera ao jogo. A interface é simples e o jogo está muito bem conseguido, o que permite ao jogador concentrar-se sem problemas de imersão no que realmente importa: na história.

Her Story é um jogo, ou experiência interativa, com mistério, charme e intriga. É uma história de detetives com muita qualidade, que explora outros temas além do homicídio em si, temas mais sombrios que se escondem nas personagens. É uma premissa simples, mas muito bem executada. Sam Barlow arriscou, ao tentar criar um jogo que foge do modelo tradicional, mas que beneficia de grande inspiração e criatividade. Se gostam de experimentar conceitos novos e apreciam um bom mistério, recomendados vivamente Her Story.

Her Story
Her StoryHer Story
09 Gamereactor Portugal
9 / 10
+
História intrigante. Estrutura não linear da narrativa. Ideia original e bem conseguida. Tem uma complexidade crescente.
-
Ao início não é muito intuitivo. É algo curto.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor