Português
Gamereactor
análises
Ghosts 'n Goblins Resurrection

Ghosts 'n Goblins Resurrection

Jogámos a nova versão deste clássico de ação, ressuscitado com algumas funções modernas.

Ghost 'n Goblins é um verdadeiro clássico de ação e plataformas em 2D, lançado em 1985 pela Capcom para máquinas arcade. Por cá, Ghouls 'n Ghosts - a sequela - até é capaz de ser mais conhecida, mas o conceito de ambos é bastante parecido. Mas o que distinguiu Ghost 'n Goblins em 85? Bem, vários fatores, como os inimigos sobrenaturais e o facto do protagonista ser o Rei Artur (e ficar de boxers quando sofre dano), mas o que provavelmente mais ficou na memória foi a dificuldade extrema do jogo.

Em parte essa dificuldade deve-se ao próprio Rei Artur e à sua lentidão de movimentos, embora as animações sugiram que está a correr a grande velocidade. É também um jogo que dá pouco controlo durante os saltos, sendo por isso difícil saltar com precisão. Foi excessivo o número de vezes que saltámos para a frente e aterrámos num inimigo que tinha acabado de aparecer. Acaba por também ser complicado atravessar as várias secções de plataformas, que normalmente obrigam a ter de lidar com armadilhas e inimigos ao mesmo tempo.

Esses inimigos são também normalmente complicados de ultrapassar, por causa do seu número e dos movimentos, que podem ser difíceis de evitar por causa dos controlos. O resultado é uma experiência de jogo muito frustrante, sobretudo porque já jogámos muitos jogos de ação e plataformas em 2D de qualidade bastante superiores. Dito isto, é notório que este Ghost 'n Goblins Resurrection foi produzido com imenso cuidado e atenção, e com muito respeito pelo original.

Resurrection parece-nos sofrer no entanto de maior latência que o original, e isso é algo que já notámos noutros jogos clássicos readaptados aos tempos modernos. Acreditamos que se deve a um ligeiro atraso normal provocado por comandos sem fios e televisões de alta resolução, que acaba por se notar mais neste tipo de jogos, sobretudo para quem jogou as versões originais. Não é nada que estrague o jogo ou o impeça de ser jogador, mas ficámos com essa sensação. Vale ainda a pena referir que existem cinco níveis de dificuldade que pode experimentar, sendo que o jogo arranca na dificuldade mais difícil por defeito.

Ghosts 'n Goblins Resurrection

Os controlos, os comportamentos dos inimigos, e o design dos níveis são basicamente os mesmos que os originais, o que significa que a grande diferença para Resurrection passa pelo grafismo 3D. Teríamos preferido uma abordagem 2D, como já vimos de outros títulos, como Wonder Boy: The Dragon's Trap. Como está, honestamente, não impressiona. O mesmo pode ser dito da banda sonora, que embora mantenha todas as músicas do clássico, não apresenta um arranjamento de destaque.

A principal novidade ao nível da jogabilidade é a introdução de um sistema de progresso para Artur, que permite desbloquear algumas habilidades especiais. Algo como colocar fogo a arder à volta do protagonista, ou raios a serem disparados em todas as direções. Existe também um modo para dois jogadores, em que o segundo jogador assume o controlo de Archie, Barry, ou Carry, todos com características distintas. Se os dois jogadores souberem o que estão a fazer, Ghosts 'n Goblins Resurrection torna-se um pouco mais fácil, logo é uma alternativa muito válida se tiver a sentir dificuldades.

Em última análise, Resurrection não nos impressionou. É que ainda há pouco tempo jogámos o original na coleção Capcom Arcade Stadium, e divertimo-nos mais com essa versão do que com este remake. É o que o original, com os seus gráficos pixelizados e som cru, consegue ter mais personalidade que Resurrection. Mais que isso, existem momentos em que o jogo nos pareceu mais claro, provavelmente porque foi desenhado de raiz para este formato 2D, e não para o novo formato 3D. Não é um mau jogo, mas se tiver curiosidade para conhecer Ghosts 'n Goblins, ou para o reviver, aconselhamos antes a versão original de Capcom Arcade Stadium.

Ghosts 'n Goblins ResurrectionGhosts 'n Goblins Resurrection
Ghosts 'n Goblins Resurrection
06 Gamereactor Portugal
6 / 10
+
Cinco níveis de dificuldade. Suporte para co-op. Tem abundância de checkpoints. Inclui vários percursos.
-
Controlos não são os melhores. Dificuldade algo injusta. Interpretação banal da banda sonora.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.