Português
Gamereactor
análises
Fable Anniversary

Fable Anniversary

A Lionhead paga aqui tributo à sua saga RPG, com o relançamento do Fable original, mas será que os anos foram simpáticos com o jogo?

HQ

Pelos vistos existiam duas formas possíveis de abordar a produção de Fable Anniversary. Uma passaria pela habitual atualização gráfica do jogo, a introdução de algum conteúdo, o ajuste dos controlos e o aperfeiçoamento de eventuais mecânicas arcaicas. A Lionhead optou pela opção inversa. Depois de algum tempo com Fable Anniversary fomos obrigados a instalar Fable: The Lost Chapters no PC, para confirmar se o nosso pressentimento era verdadeiro ou se a memória nos atraiçoava.

Logo em termos técnicos, Fable Anniversary desilude. A Xbox 360 é uma máquina que deveria correr o Fable original sem qualquer problema, mas não é isso que acontece. Basta mover a câmara para nos apercebermos que o jogo está nos limites, mas a situação piora em combate. A fluidez sofre quebras notórias em vários momentos da ação, o que é inadmissível para um jogo de uma geração anterior. Em vez de melhorar, o jogo piorou em termos técnicos.

Fable Anniversary parece quase "borrar" alguns elementos gráficos, provavelmente uma estratégia para camuflar algumas falhas ainda mais graves. O problema é que por vezes este toque visual, quando misturado com uma luz forte (como o reflexo do sol no rosto), dificulta imenso a visualização. Fable tem sido uma saga frequentemente carregada de cores saturadas, que se adaptam bem ao tom de fantasia que pretende transmitir, mas em Fable Anniversary vão encontrar uma apresentação feia e deteriorada. Os modelos das personagens até estão razoáveis, mas sem retoques capazes de acompanharem o aumento da resolução. As texturas aparecem frequentemente do nada e tanto a iluminação, como a paleta de cores, estão desacertadas.

Fable Anniversary
Publicidade:

Esta questão gráfica não é o pior, sobretudo considerando que se trata de um jogo com dez anos. O pior é a sensação de que a Lionhead estava mais concentrada em Fable Legends do que nesta readaptação do original. Um dos maiores choques surge com o horrível sistema de menus, desnecessariamente confuso. Não se percebe como pode ser tão difícil navegar esta interface, onde se torna complicado subir de nível, organizar os itens, ou até ler os diários. Um menu quer-se intuitivo, que funcione de forma rápida e eficaz, que seja um auxílio ao jogador na organização da sua personagem, deixando-o concentrar-se na aventura.

Passámos cerca de cinco minutos às voltas do menu à procura de livros que tínhamos recolhido de uma biblioteca. Pior ainda, tentámos sem sucesso encontrar uma espada que tínhamos recebido numa Quest, para equipá-la, mas só depois percebemos que alguns objetos apenas aparecem nos menus rápidos, não no inventário principal.

Problemas à parte, os jogadores vão encontrar um sistema de interação algo limitado, mas eficaz, além de mecânicas para um combate dinâmico. Fable aproxima-se do género de ação, embora com uma abordagem mais simples e menos exigente. Podem desenvolver a personagem como quiserem, especializando-a em ataques corpo-a-corpo, arco ou magia, mas na verdade conseguimos evoluir todas as disciplinas, tornado a personagem virtualmente invencível.

Com as escolhas que podem tomar durante a aventura, podem formar um santo ou um autêntico sacana. Caso sejam realmente bons, ou realmente maus, vão reparar em mudanças físicas na personagem, que se adequam à moralidade das escolhas. Neste caso em particular, Fable continua a ser fantástico, sobretudo pela forma como o mundo reage ao jogador e à sua reputação.

Publicidade:
Fable AnniversaryFable Anniversary

Fable Anniversary está longe de ser uma adaptação positiva, já que não consegue melhorar o original com 10 anos e em algumas situações, parece piorar. Outra falha, por exemplo, reside na lentidão do arranque dos diálogos. Em diversas ocasiões iniciámos conversação com uma personagem, que ficava quieta durante dois ou três segundos, antes de começar a falar. Tecnicamente é uma desilusão e o sistema de menus é horrível, prejudicando o que é por si só um péssimo ritmo de jogo. Por isto tudo é difícil recomendar Fable Anniversary, tanto a fãs do original, como a estreantes.

05 Gamereactor Portugal
5 / 10
+
O respeito do jogo em relação às decisões do jogador. A versatilidade da evolução do herói.
-
Sistema de menus horrível. Problemas de atraso nas conversações. Tecnicamente é um desastre.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

Fable AnniversaryScore

Fable Anniversary

ANÁLISE. Escrito por José Manuel Bringas

A Lionhead paga aqui tributo à sua saga RPG, com o relançamento do Fable original, mas será que os anos foram simpáticos com o jogo?



A carregar o conteúdo seguinte