Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

LIVE
HQ
logo hd live | Beyond a Steel Sky
See in hd icon
Português
Gamereactor
análises
Exo One

Exo One

Uma jornada interestelar com jogabilidade à base de um sistema realista de física.

HQ

Alguma vez foi a um restaurante gourmet e pediu algo com um nome esquisito que não sabia bem o que era, mas que ainda assim tinha um sabor fantástico - ainda que atípico? Foi mais ou menos essa a sensação que tivemos a jogar Exo One, disponível em PC, Xbox One, e Xbox Sereis X|S por € 15,99, e incluído no Game Pass.

Exo One é um jogo de viagem interestelar, com uma fantástica atmosfera de ficção científica. É um aventura pequena, com uma jogabilidade à base de um sistema realista de física e visuais espetaculares, capaz de servir como uma espécie de viagem hipnótica e relaxante. Mas responder exatamente ao que estávamos a fazer, ou porquê? Não conseguimos.

Por exemplo, nem sequer conseguimos explicar o que é a história, não de forma concreta. Exo One parece ser baseado na primeira viagem da humanidade ao grande cosmos, usando um veículo alienígena construído à base de uma mensagem de origem desconhecida. Essa nave é essencialmente uma bola que acumula energia e a difunde para gerar impulso. É em torno desse princípio que gira a maior parte da jogabilidade: irá usar o veículo para acumular energia, percorrendo picos, planícies, e até o mar de paisagens deslumbrantes de ficção científica, até que libertará essa energia acumulada para se catapultar em vastas distâncias, conforme segue uma luz azul brilhante que serve como farol para a viagem.

Isto resume basicamente a experiência de Exo One. A narrativa é passada ao jogador de forma muito vaga, durante certos intervalos da aventura, e é sobretudo apresentada como flashbacks fragmentados. De resto irá navegar pelos níveis, até chegar a um estranho canhão de espaço e tempo que o catapultará para o próximo destino. Em cada nível pode ainda tentar apanhar uma bola de energia escondida, que permite à nave acumular ainda mais energia.

Exo One

Exo One é um jogo incrivelmente simples, mas também extremamente satisfatório de jogar. A ação de traçar um percurso através de planetas bizarros e alienígenas (alguns com enormes oceanos, outros adjacentes a buracos negros) pode ser bastante relaxante, e até um pouco hipnótica, conforme sobe e desce pela vasta paisagem dos planetas. Aliás, o seu propósito é precisamente o de oferecer essa experiência mais suave, ao ponto de não incentivar a qualquer tipo de desafio ou competição - não existem inimigos ou recordes de tempo para bater, por exemplo.

Com isso em mente, é essencial que Exo One apresente visuais tão impressionantes, já que grande parte do que estará a fazer será apreciar a paisagem estranha que estará a percorrer. É uma experiência de ficção científica altamente atmosférica, e embora aí resida grande parte da sua força, contribui também para a sua maior fraqueza. É que Exo One é um jogo tão incomum e bizarro, que por vezes pode causar alguma apatia ao jogador. Os visuais impressionantes e a jogabilidade extremamente satisfatória irão agarrá-lo durante algum tempo, mas é provável que eventualmente comece a questionar o porquê de continuar a jogar.

Pelo menos nesse sentido é bom que não seja um jogo grande, já que pode ser completado numa única sessão de 90 minutos. Por ser curto, peculiar, e atmosférico, parece-nos a experiência de jogo perfeita para algo como o Game Pass. A compra já é um pouco mais difícil de recomendar, a menos que seja realmente fã de ficção científica e jogos mais experimentais.

Exo OneExo One
Exo OneExo OneExo One
Exo OneExo One
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
Jogabilidade fluída e relaxante. Sistema de física é impressionante. Apresenta alguns visuais espetaculares.
-
Ainda não temos bem a certeza sobre de que se trata Exo One. Muito pequeno.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

0
Exo OneScore

Exo One

ANÁLISE. Escrito por Ben Lyons

Uma jornada interestelar com jogabilidade à base de um sistema realista de física.



A carregar o conteúdo seguinte