Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
especiais
Marvel's Avengers

Cinco características de Marvel's Avengers que nos entusiasmam

Vimos uma demo alargada e conversámos com os produtores, mas ainda temos reservas em relação a alguns pormenores.

Marvel's Avengers

Quando Marvel's Avengers foi revelado durante a E3 de 2019, não conseguiu exatamente impressionar o mundo dos videojogos. Não que o jogo parecesse horrível ou algo do género, nada disso, mas também não pareceu particularmente interessante ou inovador. Mas entretanto passou-se um ano, a produção avançou imenso, e o jogo está num estado muito mais próximo do que será quando chegar em setembro. Os produtores estão confiantes de que têm em mãos algo muito especial para os fãs dos Vingadores, e convidaram-nos para uma apresentação alargada do jogo e para vários minutos de conversa. Agora estamos mais impressionados com Marvel's Avengers, e em baixo pode ler os cinco principais motivos.

1. Sistema de combate dinâmico e profundo
O facto de Marvel's Avengers ser uma experiência online em mundo partilhado deixou-nos algo preocupados com o sistema de combate, porque esse tipo de jogos tende a apresentar uma jogabilidade menos sólida do que experiências singleplayer mais contidas. Esta apresentação deixou-nos bem mais descansados em relação a este tema, já que Marvel's Avengers parece incluir um sistema de combate altamente dinâmico. A forma como os inimigos reagem aos vários tipos de ataques das personagens, desde os relâmpagos de Thor, às pancadas do Mjölnir, pareceu-nos muito satisfatória e até cinemática, ao contrários das animações algo estáticas e aborrecidas da maioria dos jogos online deste tipo.

Vince Napoli é o designer principal do combate, que teve experiência a trabalhar em jogos como God of War: Ascension, e a sua abordagem para criar um sistema sólido passa por em primeiro lugar fazer justiça às personagens. "Quando estamos a lidar com algo como os Vingadores, que são algumas das personagens mais icónicas que existem, não faltam oportunidades." Napoli esclareceu que foi importante definir exatamente o que distingue cada Vingador, para depois traduzirem isso para mecânicas de jogo. "Essa foi a nossa prioridade, mesmo que implicasse ter de criar sistemas de combate e mecânicas próprias".

Isto significa que Marvel's Avengers terá uma jogabilidade extremamente variada, dependendo do Vingador escolhido. Se optar por Viúva Negra terá uma experiência de jogo furtiva, que pode incluir ataques de longa distância com armas de fogo, e combate corpo-a-corpo à base de agilidade. Se por outro lado escolher alguém como Hulk, poderá utilizar o cenário como as suas próprias armas, arremessando objetos, pedras gigantes, e até os próprios inimigos. Homem-de-Ferro será algo completamente diferente, com uma jogabilidade focada na sua capacidade de voo e nos seus disparos de energia.

O jogador pode ainda personalizar as habilidades e características de cada personagem para adaptar ainda mais cada Vingador ao estilo de jogabilidade que preferir.

Marvel's AvengersMarvel's Avengers

2. Loot e personalização
Quem joga este tipo de experiências online já se deparou de certeza com este problema, o de encontrar uma peça de equipamento com atributos superiores ao que tem, mas com um estilo visual pior. Ninguém gosta de passar pelo drama de ter de escolher entre uma peça melhor ou mais vistosa, e em Marvel's Avengers não terá de o fazer.

O jogo terá muitas peças e acessórios para o jogador encontrar e equipar, mas nenhuma delas irá interferir com o aspeto das personagens. O visual dos heróis será antes determinado por fatos alternativos, e aparentemente existirão várias opções para cada personagem.

Quanto ao loot, irá dividir-se em vários tipos de raridade, e além de atributos, podem incluir habilidades extra e vantagens, não só para o jogador, mas também para a sua equipa. Isto significa que pode personalizar e afinar a sua personagem para ser o mais eficaz possível, sem ter de se preocupar com o impacto a nível visual.

3. Qualidade de vida, singleplayer, e co-op
Uma das prioridades do estúdio passou por garantir que o jogo seja acessível, divertido, e com poucos entraves, e isso traduziu-se em várias opções de qualidade de vida que devem tornar a experiência mais suave e positiva. Por exemplo, foi confirmado que os jogadores terão a oportunidade de mudar o seu equipamento e conjunto de habilidades a qualquer momento das missões, ao contrário de outros jogos semelhantes que limitam essas escolhas ao início de cada missão.

Se preferir jogar sozinho, pode fazê-lo, até mesmo nas missões cooperativas de Warzone, altura em que a inteligência artificial assume o controlo dos outros Vingadores que estiverem consigo. E isto acontece mesmo se começar a jogar em modo cooperativo. Se a ligação cair, a missão não termina, pode continuar a missão com a IA sem perder progresso.

O jogo é também bastante versátil, no sentido em que as missões que requerem quatro Vingadores, podem ser compostas por um misto de jogadores e inteligência artificial. Só quer jogar com um amigo? Deixe que a IA assuma o controlo dos outros dois companheiros.

4. História em constante evolução
Marvel's Avengers é um jogo que pretende agarrar os jogadores durante bastante tempo, e isso implica uma história dinâmica que possa ser expandida ao longo de vários meses e possivelmente anos, como acontece com Destiny e The Division, por exemplo. Para garantir que essa história se mantém interessante, a Crystal Dynamics foi buscar Shaun Escayg, alguém cujo trabalho será reconhecível por vários jogadores. Afinal de contas estamos a falar do principal responsável pelas animações cinemáticas de The Last of Us, e do diretor e guionista de Uncharted: O Legado Perdido.

Marvel's Avengers será enriquecido com novas histórias, missões, personagens, e equipamento, mas neste momento já podemos avançar que o principal vilão - pelo menos para já -, será MODOK. Isto permitirá ao estúdio apresentar uma narrativa com abordagens diferentes do que já vimos em jogos ou filmes da Marvel, além de contar com elenco de atores impressionantes, como Troy Baker (Joel em The Last of Us, Booker DeWitt em Bioshock Infinite), Nolan North (Nathan Drake em Uncharted, Pinguim em Batman: Arkham), e Laura Bailey (Jaina Proudmore em World of Warcraft, Abby em The Last of Us: Parte II), entre outros.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

5. Segredos
A Crystal Dynamics promete muitas referências, Easter Eggs, e segredos para os jogadores encontrarem, e não apenas no jogo em si. Segundo o diretor do estúdio Scott Amos, o próprio trailer de revelação de janeiro de 2017 tem um segredo que ainda ninguém descobriu, e que aparentemente faz parte de uma série de indicações que têm sido reveladas em vídeos, arte, e imagens. Muitas revelações - já anunciadas e ainda por anunciar - podem ser deduzidas a partir desses vídeos e imagens mais antigos.

No jogo em si, os jogadores podem encontrar baús SHIELD nas missões Warzone, mas "encontrar" é mesmo a palavra-chave, porque terá de usar sensores e coordenadas para descobrir a sua localização. O que lá estará dentro? Para já, é segredo.

O estúdio também confirmou que o Hulkbuster estará no jogo, e que pode ser usado em qualquer momento e em qualquer missão, mas primeiro os jogadores terão de descobrir como o desbloquear. Algo que também será necessário desbloquear são as localizações Hive, algo que só ficará disponível depois de terminar a campanha base, e que promete oferecer o conteúdo mais difícil e desafiante do jogo. De momento não querem revelar mais detalhes acerca das Hives, mas disseram o seguinte: "peguem nos vossos amigos, porque é o tipo de conteúdo para explorarem a fundo durante uma sexta-feira à noite".

Preocupações
Já falámos de cinco características que nos deixam entusiasmados para Marvel's Avengers, mas ainda temos algumas preocupações em relação ao jogo. Uma delas diz respeito à variedade de inimigos, ou falta dela. Muitos dos oponentes que vimos resumiam-se a robôs semelhantes, que não exigiam grandes táticas ou cuidados. Também estamos curiosos - e algo preocupados - com o equilíbrio do jogo, já que estamos a falar de um vasto elenco de personagens com habilidades muito diferentes e níveis de poder extremamente desnivelados, pelo menos no papel. O estúdio também já confirmou que Marvel's Avengers terá micro-transações, embora garanta que não terá loot boxes ou mecânicas semelhantes. Ainda assim, queremos ver como irá funcionar e os preços.

Apesar das preocupações, temos mais confiança agora em Marvel's Avengers do que tínhamos quando o jogo foi revelado, mas acima de tudo queremos experimentá-lo. Só depois disso teremos uma ideia mais concreta do que nos irá esperar em setembro.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Marvel's AvengersMarvel's Avengers
Marvel's AvengersMarvel's AvengersMarvel's Avengers

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte