Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Cadence of Hyrule - Crypt of the NecroDancer Feat. The Legend of Zelda

Cadence of Hyrule - Crypt of the NecroDancer Feat. The Legend of Zelda

Não foi o Zelda em maior destaque na E3, mas este 'spin-off' com Crypt of the NecroDancer é bem merecedor de toda a vossa atenção.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Cadence of Hyrule - Crypt of the NecroDancer Feat. The Legend of Zelda (ou Cadence of Hyrule como será referido daqui para a frente), é um jogo que pega na excelente base de Crypt of the NecroDancer, e lhe instala uma fantástica pintura de The Legend of Zelda, que irá provavelmente deliciar fãs das duas séries.

Se não conhecem Crypt of the NecroDancer, trata-se de uma aventura roguelike, onde irão explorar masmorras (ou o equivalente a isso), desbastar inimigos, e recolher loot. O grande factor que distinguiu Crypt of the NecroDancer foi a introdução de movimento e ações ligados a música, recompensando os jogadores por agirem em conformidade com o ritmo que está a tocar (podem contar com um misto delicioso de temas dos dois jogos). Por outras palavras, as recompensas serão maiores para quem derrotar todos os monstros de um nível sem perder o ritmo. Tudo isto jogado em cima de um sistema de grelhas.

Cadence of Hyrule não é, contudo, particularmente penalizador, pelo contrário (a menos que realmente o queiram, se for o caso existe um modo de morte permanente). Sim, quando morrem têm de começar de novo, mas existe um sistema de economia que persiste para lá da morte do jogador, permitindo recuperar a maior parte dos diamantes e das armas que encontraram durante a aventura anterior. Vão perder alguns itens, mas é um sistema bem menos penalizador que muitos outros jogos do género, ou que o Crypt of the NecroDancer original.

Podem escolher jogar através de mapas aleatórios, mas preferimos aventurarmos-nos pelo mapa desenhado pelos criadores do jogo. É um mapa formado de várias áreas de jogo, cada uma recheada de inimigos, itens, e segredos, mas com uma grande inspiração em Hyrule de The Legend of Zelda. Muitos níveis têm áreas que só podem ser desbloqueadas quando tiverem o equipamento certo, e até existem alguns puzzles ligeiros para resolverem, tudo isso alimentando o tema de Zelda. Aliás, a base pode ser de Crypt of the NecroDancer, mas Cadence of Hyrule parece um jogo de The Legend of Zelda, e isso é um grande elogio para o estúdio.

Enquanto viajam por este novo mundo vão encontrar inimigos dos dois lados da barricada. Existem oponentes que serão familiares aos fãs de Zelda, como os Bokoblins, mas também vão encontrar muitos inimigos comparáveis às criaturas de Crypt of the NecroDancer, embora com uma ligeira pintura de Zelda por cima. Cada tipo de inimigo dança ao seu próprio ritmo, e aprender o seu padrão de movimentos é o coração da experiência de Cadence of Hyrule. Por norma é um processo simples, mas por vezes existem situações em que o ecrã se enche de inimigos, ou surgem oponentes mais poderosos, e torna-se complicado ler tudo o que se passa.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

À medida que a aventura avança vão desbloqueando corações que aumentam a saúde do jogador, tal como em The legend of Zelda. Também vão desbloquear diferentes armas e acessórios que podem ser indicados para vários tipos de situações, como uma espada capaz de acertar em três quadrados da grelha ao mesmo tempo, por exemplo. Existe ainda um grande número de acessórios que podem usar, como anéis que devolvem o dano ao inimigo, a botas que permitem caminhar no ar.

Ao início da aventura vão jogar com Cadence, a protagonista de Crypt of the NecroDancer, mas depois de chegarem a Hyrule (o que acontece bastante rápido), têm de escolher entre acordar Link ou Zelda. Escolhemos jogar com Link na jogabilidade a solo, e com Zelda na jogabilidade cooperativa. Depois disso, o vosso objetivo é explorar o mundo à procura de quatro masmorras específicas, antes de chegarem ao castelo para enfrentarem o vilão do jogo, Octavo.

Cadence of Hyrule é um divertido a solo e em modo cooperativo, mas quando estão dois jogadores no ecrã, pode ser mais difícil ainda seguir o que se passa. Também é necessário que ambos estejam bem sincronizados, já que quando um jogador muda de área, o outro jogador é arrastado com ele, independentemente do que estiver a fazer na altura. Isso é um pouco frustrante, mas gostámos das oportunidades que a presença de dois jogadores permite.

Considerando que é um jogo com uma temática de The Legend of Zelda, exclusivo para Nintendo Switch, o que irá atrair fãs dessa série que podem não ser necessariamente adeptos de roguelike, parece-nos bem que o estúdio tenha optado por uma experiência de jogo mais acessível. A presença dos elementos de The legend of Zelda, incluindo o maior foco em puzzles e exploração, também ajuda a variar a experiência base de Crypt of the Necrodancer, e o resultado final é um jogo divertido e viciante que não devem deixar escapar.

Cadence of Hyrule - Crypt of the NecroDancer Feat. The Legend of ZeldaCadence of Hyrule - Crypt of the NecroDancer Feat. The Legend of Zelda
Cadence of Hyrule - Crypt of the NecroDancer Feat. The Legend of ZeldaCadence of Hyrule - Crypt of the NecroDancer Feat. The Legend of Zelda
09 Gamereactor Portugal
9 / 10
+
Jogabilidade viciante e acessível. Utiliza bastante bem a licença de The Legend of Zelda. Muitos segredos para descobrirem.
-
Re-utiliza muita coisa de Crypt of the Necrodancer.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor