LIVE

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Live broadcast
Publicidade
logo hd live | Hunt: Showdown
Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Atelier Dusk Trilogy Deluxe Pack

Atelier Dusk Trilogy Deluxe Pack

Com três jogos num só pacote, esta coleção podia ter sido o sonho de um alquimista tornado realidade.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

As coisas boas costumam vir em três, ou pelo menos é o que se diz. Nos últimos anos tivemos uma série de trilogias remasterizadas para a geração atual, como Spyro, Crash Bandicoot, Uncharted, e Bioshock, entre outros, e Atelier Dusk Trilogy é mais uma saga a seguir a tendência, disponível para PC, PS4 (onde jogámos), e Switch. Se por acaso perdeu os 21 jogos desta saga, aqui fica um pequeno resumo:

A série Atelier é uma coleção de RPG japonês onde controla uma personagem que procura itens para alquimia, normalmente participando em combates por turnos pelo caminho. Neste Trilogy Deluxe Pack irá encontrar a trilogia que foi lançada para PS3 entre 2012 e 2014, acompanha pelos respetivos DLC e extras.

O primeiro jogo do pacote é Atelier Ayesha: The Alchemist of Dusk. Aqui irá controlar uma jovem rapariga chamada Ayesha, que tem o seu próprio apotecário. A vida, contudo, foi cruel, ao levar a sua irmã Nio. Ao visitar a campa de Nio, Ayesha perceber que o seu espírito está preso, e depois de uma conversa com um misterioso alquimista, decide partir numa missão para se tornar numa grande alquimista e ganhar as habilidades para libertar a irmã.

Um dos pontos mais positivos de The Alchemist of Dusk é o sistema de combate, que embora funcione por turnos, tem um ritmo bastante bom. Gostámos menos do facto dos ângulos da câmara serem fixos, provocando alguns momentos de frustração. Curiosamente, The Alchemist of Dusk permite jogar em Normal e Difícil, uma opção que aparentemente não está disponível nos outros dois jogos da coleção. Algo que não é muito típico dos RPG japonês, mas que está nestes três jogos, é a opção para modificar os fatos das personagens.

O segundo jogo da coleção é Atelier Escha & Logy: Alchemists of the Dusk Sky. Uma particularidade deste capítulo é a opção para escolher jogar como uma personagem feminina ou masculina. Esta escolha não tem grande impacto na história, mas cada versão da personagem tem as suas próprias interações, e missões secundárias específicas. Uma função que apreciámos, sobretudo considerando a temática de alquimia, é o facto de permitir fundir objetos para criar itens mais poderosos.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Preferimos a história de Ayesha, mas este jogo acabou por nos oferecer algumas informações sobre o próprio Dusk, um evento apocalíptico que ameaçou destruir todo antes da saga começar. Durante a aventura terá a oportunidade de explorar ruínas que já tinham aparecido no jogo anterior, recuperando alguma informação perdida. Nesse sentido é interessante, mas de resto, Alchemists of the Dusk Sky não nos entusiasmou.

Por último temos Atelier Shallie: Alchemist of the Dusk Sea, que também permite assumir o controlo de duas personagens. Neste capítulo irá desvendar os segredos que restam em relação a Dusk, numa aventura que é maior do que os antecessores em vários sentidos. Uma das nossas novidades favoritas foi a introdução de um sistema de tarefas à base de tempo, que acrescentou um sentido de propósito e urgência às nossas ações. O facto das duas personagens desta vez apresentarem versões bem diferentes da história, é também um ponto muito positivo, que aumenta a longevidade do jogo.

Embora os três capítulos sejam diferentes, existem vários pontos paralelos, como a qualidade visual, que é bastante elevada. Mesmo que tecnicamente não seja nada de espantoso, o design é idêntico ao de um filme de animação japonesa, com cores vivas e traços bem definidos. A banda sonora é também uma delícia através dos três jogos, aumentando ainda mais a imersão do jogador nos respetivos mundos. Por último há a referir a presença de vozes inglesas nos três jogos, com os mesmos atores a representarem os mesmos papéis nas personagens que aparecem em todos os jogos.

Esta trilogia apresenta uma várias horas de qualidade no género de RPG japonês, mas também devemos informar que nenhum dos três jogos nos deslumbrou. Estão longe de serem os melhores do género, e o ritmo lento por vezes custou-nos algum interesse, mas isso também pode ser em parte culpa de termos jogado os três de seguida. Em jeito de conclusão, é uma boa coleção, ainda que não seja genial, que oferece muito conteúdo pelo dinheiro. Uma recomendação fácil para quem realmente aprecia o género, ainda que possa ser demasiado aborrecido para outros.

Atelier Dusk Trilogy Deluxe Pack
Atelier Dusk Trilogy Deluxe PackAtelier Dusk Trilogy Deluxe Pack
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
Visual e som maravilhosos. Muitas horas de jogo com algumas boas histórias para ver.
-
Algumas personagens são pouco interessantes. Por vezes pode ser um pouco esmagador em termos de informações e mecânicas.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte