Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Layers of Fear 2

Layers of Fear 2

O terror passou das telas para o cinema, e de uma mansão para um navio.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

O primeiro Layers of Fear é um pouco irónico, no sentido em que retrata um artista e a sua luta interior para alcançar a perfeição, sendo o próprio jogo incapaz de atingir a perfeição devido a uma falta de interação e uma dose exagerada de sustos programados. Tinha potencial para mais, mas em última análise, não conseguiu lá chegar, e na nossa opinião, não atinge o patamar de outros jogos semelhantes como Outlast e Amnesia: The Dark Descent. Agora, com a sequela, a Blobber Team tenta chegar mais longe, introduzindo várias mudanças à fórmula original.

Continuando com o tema de criativos em crise, Layers of Fear 2 coloca o jogador nos sapatos de um ator de baixo nível de Hollywood, que acabou de conseguir o papel que podem lançar a sua carreira. A história passa-se a bordo de um cruzeiro de luxo, na década de 1930, que é também o cenário para o filme que vão filmar. Em termos de abordagem narrativa, Layers of Fear 2 emprega uma estrutura semelhante ao original, apresentando pistas narrativas para o próprio jogador construir a história. Isto é feito através de letras, mensagens, desenhos, e outros pedaços de informação que vão encontrando.

Logo aqui existe uma grande mudança. Enquanto o original seguiu o padrão típico de terror de uma mansão abandonada, Layers of Fear 2 coloca o jogador num cenário mais atípico, ainda que não seja totalmente original (Cold Fear e Resident Evil: Revelations são outros jogos de terror passados em alto mar). É, contudo, um cenário bastante eficaz. O som do navio a ranger, da tempestade, e das ondas a baterem, são elementos sonoros que acrescentam muito à atmosfera do jogo. É também um cenário que permite apresentar boa variedade de localizações para explorarem.

Esta sequela é bem mais interativa que o primeiro jogo, embora continuem a seguir um percurso relativamente linear através de sequência assustadora em sequência assustadora. Braços que surgem das paredes, portas que fecham de repente, e manequins que se movem, são apenas alguns dos eventos que vão presenciar. O jogo adora brincar com a mente do jogador, bem mais do que no primeiro, optando por um terror mais subtil e psicológico do que os sustos exagerados do antecessor. Também vão encontrar puzzles superiores, sequências de perseguição, e outros momentos mais dinâmicos. Não pensem, contudo, que os puzzles vão parar o terror. Um deles, por exemplo, envolvia criar uma espécie de guisado com pedaços de corpos, e existem outros semelhantes.

Uma das nossas queixas em relação ao original é o facto da sensação de perigo ser mínima. Sim, existiam muitos sustos, mas o jogador nunca estava realmente em perigo. Isso mudou nesta sequela, que inclui várias circunstâncias que podem resultar na morte do jogador. As perseguições, por exemplo, são eficazes porque existe um perigo real de morte da personagem, ainda que sejam demasiado inclinadas para uma estrutura de tentativa e erro.

Graficamente é evidente que o jogo deu um salto importante, apresentando uma qualidade de produção semelhante a um AAA, ainda que seja sobretudo uma produção indie. Por ser um jogo bastante linear, em cenário fechado, a Bloober Team conseguiu acrescentar grande nível de detalhe a Layers of Fear 2. Existem alguns momentos que vão verdadeiramente impressionantes, sobretudo durante tempestades. Os efeitos sonoros e a banda sonora estão também a um bom nível, embora o mesmo não possa ser dito do desempenho dos atores. O narrador faz um bom trabalho, mas algumas das outras personagens deixam um pouco a desejar, em particular duas crianças que acabam por ter um papel recorrente na história.

Layers of Fear 2 é um jogo superior ao original, um melhoramento em vários aspetos, e apresenta-se como um episódio de terror psicológico que se assume por mérito próprio. O navio transportou-nos para momentos de grande tensão, e a história reserva algumas surpresas e sequências arrepiantes. O facto de existir mais interação, dinamismo, e perigo, são outros elementos que contribuem para uma sequela recomendada a quem apreciou o original ou jogos de terror no geral.

Layers of Fear 2Layers of Fear 2Layers of Fear 2
Layers of Fear 2Layers of Fear 2Layers of Fear 2

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Boa atmosfera. Visualmente impressionante. Sustos valentes. Puzzles resultam bem.
-
Jogabilidade de tentativa e erro. Agumas vozes não encaixam como deviam.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte