Gamereactor Close White
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
Gamereactor Portugal
análises
FIFA 19

FIFA 19

Agora com a Liga dos Campeões, FIFA volta a segurar o título de melhor jogo de futebol do mercado.

Facebook
TwitterReddit

Existem jogadores de FIFA para todos os gostos, que apreciam os vários modos que o simulador da EA tem para oferecer, mas diríamos que o grosso da comunidade divide-se em dois grupos: os que jogam Ultimate Team e os que jogam o modo Carreira. É por isso que ficámos um pouco desiludidos quando percebermos que o modo carreira não sofreu alterações substanciais desde o ano passado. O modo em si já era bastante bom em FIFA 18, e continua a sê-lo em FIFA 19, mas existe espaço para melhorar, e acabou por ser completamente negligenciado.

Felizmente FIFA 19 não é só o modo carreira, e existem muitas novidades noutras áreas do jogo. A grande novidade é a introdução das competições da UEFA, nomeadamente Liga dos Campeões, Liga Europa, e Supertaça Europeia. Depois de vários anos a substituir essas competições com nomes falsos, a EA Sports conseguiu finalmente roubar a licença à Konami, e soube tirar proveito disso mesmo, estendendo a licença a vários modos.

Desde o Kick Off, ao modo Carreira, passando por Journey e FIFA Ultimate Team, todos incluem a Liga dos Campeões de alguma forma, e até existe um novo modo que é precisamente a Liga dos Campeões, permitindo recriar toda a experiência da competição. Tanto o design e os logotipos, como o icónico tema da Champions, estão presentes. Mesmo antes das partidas podem ver animações próprias para os jogos da Liga dos Campeões, e até existem novos comentários em inglês específicos para esse tipo de partidas, a cargo de Derek Rae e Lee Dixon.

Outra novidade muito promovida pela EA Sports é o Kick Off 2.0. Aqui vão encontrar uma série de novas opções, incluindo a possibilidade de simularem jogos da Liga dos Campeões, finais de várias taças, e até várias formas alternativas de desfrutarem de FIFA 19. O modo mais falado tem sido Survival, onde a equipa que marca perde um jogador, mas existem outros. Um modo só permite golos de fora da área, outro só permite golos com a bola no ar, e até existe a possibilidade de jogar sem regras. O Kick Off 2.0 é uma proposta divertida, sobretudo para quando tiverem amigos em casa, mas dificilmente irá manter a atenção dos jogadores a médio ou longo prazo.

Se são fãs de Journey, vão poder apreciar o último capítulo da história de Alex Hunter, que desta vez conta com participações mais ativas de Williams e Kim. Alex Hunter continua a ser o foco da experiência, mas podem acompanhar episódios com o melhor amigo e a irmã de Alex. Podem, inclusivamente, jogar apenas os episódios de um deles, por exemplo. Como a EA já anunciou, o foco deste terceiro capítulo de Journey está na Liga dos Campeões, e isso implica uma mudança de Alex Hunter para o Real Madrid - que é obrigatória. Hunter terá também de lidar com o facto de estar tornar-se um ícone, uma marca, e isso vai levantar muitas situações com que terão de lidar. Mais uma vez, existem várias surpresas à espera do jogador, e temos de tirar o chapéu à EA Sports pela forma como consegue encontrar ideias originais para manter Journey divertido e inesperado.

Por fim, temos FIFA Ultimate Team, o modo mais popular de FIFA, e aqui existem algumas novidades. Primeiro, há Divisions, uma nova opção que permite aos jogadores disputarem jogos com outros jogadores de nível equivalente. As primeiras partidas vão servir para definir a vossa habilidade, e depois serão atribuídos a uma divisão. Depois disso irão disputar partidas para ganharem recompensas semanais, e até podem ganhar um apuramento para a Weekend League, torneio que se disputa ao fim de semana. Também aqui existem elementos da Liga dos Campeões para os jogos mais importantes. E claro, há a destacar a inclusão de novos ícones, como Eusébio, Johan Cruyff, e Rivaldo.

Outros modos continuam presentes, como novos Skill Games, Seasons online, Pro Clubs, e torneios personalizáveis. Como pacote, FIFA 19 é um jogo extremamente robusto, incluindo opções para praticamente todos os tipos de jogadores, e a este nível são poucos os jogos que podem competir com o simulador da EA Sports. Isto, claro, em cima de inúmeras ligas totalmente licenciadas, dezenas de estádios, e localização para vários idiomas.

A nível de apresentação geral, pouco mudou em relação a FIFA 18. Os menus são muito semelhantes, mas funcionas, modernos, e agradáveis. A banda sonora continua a criar bom ambiente para quando estão a passear pelos menus, e até existe um tema criado por Hans Zimmer. Graficamente voltam a existir melhorias em relação ao ano passado, com muitas animações novas durante o jogo, sequências de vídeo mais específicas, e até festejos novos nas bancadas.

Uma das novidades mais funcionais de FIFA 19 é o novo sistema de táticas, que permite ajustar com maior facilidade o comportamento das equipas. Podem definir os momentos em que a equipa deve pressionar o adversário, quão subida deve estar a linha defensiva, se os jogadores devem esperar pela bola ou tentarem desmarcações, e outras opções semelhantes. Mais importante ainda, podem definir táticas específicas para cada momento da equipa no jogo. Como no passado, podem usar o D-Pad para definirem uma atitude da equipa em tempo real, nomeadamente Muito Defensivo, Defensivo, Neutro, Atacante, e Muito Atacante. A diferença é que agora podem definir exatamente o que cada situação implica. Cada uma destas atitudes pode ter a sua própria formação, estilo de pressão, e comportamento, abrindo todo um novo lado tático a FIFA 19.

E por fim, o mais importante - a jogabilidade.

FIFA 18 era já fantástico a nível de jogabilidade, e FIFA 19 constrói em cima dessa base. O grande destaque é a introdução de um novo nível de controlo de bolas aéreas. Podem levantar a bola com mais facilidade, dar toques de cabeça, controlar a bola com o peito, e fazer uma série de ações que elevam FIFA 19 para um grau de controlo com a bola no ar como nunca vimos noutro jogo de futebol. É realmente fantástico, e certamente que permitirá ao jogadores mais criativos criarem alguns golos impressionantes.

A nível global a inteligência artificial foi melhorada. Tanto a equipa adversária, como a equipa do jogador, são muito mais eficazes a defender, e até existe uma nova opção para permitir que a IA meta o pé à bola com mais frequência, caso passe por perto. Isto tornou o jogo mais difícil a nível de ataque, sobretudo pelo meio do terreno, com mais pressão e um posicionamento mais eficaz dos jogadores. Terão de ser mais criativos para criarem oportunidades de golo do que era necessário em FIFA 18.

Menos impressionante é a adição do Timed Finishing, que funciona da seguinte forma: para iniciarem um remate, seja em bola corrida, ou depois de um passe ou cruzamento, pressionam no botão de remate uma vez, e depois devem carregar outra vez mesmo antes do jogador tocar na bola. Se conseguirem com o timing correto, o remate terá mais força e mais precisão, mas se falharem, existem grandes possibilidades do remate sair torto. Honestamente, não somos fãs de Timed Finishing. Parece-nos uma complicação desnecessária, e a EA Sports tem provavelmente consciência disso mesmo, já que inclui uma opção nas definições para desativar o Timed Finishing. Certamente que alguns jogadores vão apreciar esta novidade, mas não é o nosso caso.

FIFA 18 era um jogo fenomenal de futebol, e FIFA 19 segue a mesma linha, embora não tenha o mesmo impacto. Qual é melhor? FIFA 19, sem dúvida, mas ficámos um pouco desiludidos com a ausência de novidades no modo carreira. Além disso parece-nos que o Timed Finishing é não é a adição mais feliz que a EA já teve à jogabilidade. Também reparámos em alguns bugs, tanto a nível de modos, como de jogabilidade, embora nada que tenha prejudicado a nossa experiência - além disso temos esperança que a próxima atualização afine ainda mais o jogo. FIFA 19 não é um salto tão evidente como foi FIFA 18, mas é o melhor jogo de futebol que já jogámos, e está a rebentar com conteúdo de grande qualidade. Além disso, para alguns a inclusão da Liga dos Campeões será suficiente para justificar nova compra.

FIFA 19FIFA 19FIFA 19
FIFA 19FIFA 19
FIFA 19FIFA 19FIFA 19
09 Gamereactor Portugal
9 / 10
+
Finalmente, Liga dos Campeões e Liga Europa. Kick Off 2.0 é criativo. Journey continua a impressionar. Novos movimentos aéreos com a bola são uma excelente adição. Sistema de táticas evoluiu.
-
Modo carreira não tem novidades. Remates temporizados não nos convenceram. Alguns bugs.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor