Gamereactor follow Gamereactor / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français / Nederlands / 中國
Gamereactor Close White
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
análises
Fortnite

Fortnite: Battle Royale

Vale a pena investir na versão móvel de Fortnite?

Facebook
TwitterRedditGoogle-Plus

A história de Fortnite tem sido interessante de seguir ao longo dos últimos anos. O jogo apareceu pela mão da Epic Games, os criadores de Gears of War e do motor Unreal, e inicialmente foi desenhado como um jogo de ação na terceira pessoa com mecânicas de construção de estruturas. O objetivo era criar defesas para sobreviver aos ataques de hordas de zombies. O jogo teve algum sucesso, mas nada de muito espetacular, até 'roubar' a fórmula Battle Royale de Playerunknown's Battlegrounds. Neste momento, Fortnite é um dos jogos mais populares do mundo, e foi recentemente convertido para iOS. É precisamente essa versão que está aqui a ser analisada.

Esta versão é apenas a experiência Battle Royale, dispensando o modo a solo contra os zombies. Neste modo, a construção de estruturas continua a ser um elemento bastante importante da experiência de Fortnite. Mesmo no modo Battle Royale, existem muitas oportunidades para construir casas, bases, ou até uma escadas enormes de onde podem disparar do topo. É devido a este foco na construção de estruturas, em conjunto com um estilo visual de animação, que Fortnite se distingue de outros jogos do género, como PUBG e H1Z1, mais adeptos de um estilo realista. Tudo isto criou um modelo de jogabilidade bastante peculiar, em que jogadores combinam o movimento da sua personagem, a construção instantânea de estruturas, e as várias armas que têm ao seu dispor, para despacharem os seus oponentes. Aqui, como é habitual no género Battle Royale, o objetivo é ser o último sobrevivente de 100 jogadores, todos 'enfiados' na mesma área de jogo.

Não é à toa que este tipo de jogos se tornaram tão populares. Oferecem algo que, embora no espírito da competitividade online, são experiências marcadamente diferentes do que estamos habituados a ver em Battlefield, Halo, Call of Duty, e semelhantes. A adrenalina da luta pela sobrevivência, o entusiasmo de encontrar algo realmente útil, e a esperança antes de cada partida, são elementos importantíssimos, em parte até mais do que a qualidade técnica ou mecânica do jogo.

FortniteFortnite

É esta a experiência que vão ter em Fortnite: Battle Royale de iOS. O jogo tem um modelo free-to-play, o que significa que podem jogar e experimentá-lo sem qualquer encargos, e nem é muito intrusivo com micro-transações e anúncios. Não têm de ver um trailer de outro jogo a cada cinco minutos, e não têm de pagar por nada realmente importante. Isto é, na nossa opinião, um bom exemplo de como se devem fazer os jogos free-to-play. Alguns itens cosméticos são surpreendentemente caros, mas não são essenciais para a experiência, e isso é o fundamental num jogo free-to-play.

Também é importante realçar a qualidade desta adaptação. O que vão aqui encontrar não é uma versão destilada de Fortnite, nem um jogo cheio de compromissos em relação às consolas e ao PC. Não, o que vai encontrar em Fortinte: Battle Royale é a mesma experiência, com o mesmo conteúdo, que as outras versões. O grafismo é excelente (jogámos num iPhone X e num iPhone 8 Plus) para uma plataforma móvel, e não reparámos em quebras bruscas de fluidez. Tudo correu de forma muito sólida, com boa fluidez de jogo.

Os controlos em si, em formato tátil, não são tão precisos ou intuitivos quanto jogar com rato e teclado ou um comando. Nunca o serão, neste tipo de jogos, mas Fortnite resulta ainda assim bastante bem, e controla-se com grande qualidade. Foi feito um excelente trabalho na adaptação aos controlos táteis, e podem também gostar de saber que existem muitas opções de sensibilidade e controlos para modificarem e ajustarem.

Arriscamos dizer que Fortnite: Battle Royale é uma das melhores conversões de consolas e PC para plataformas móveis. Se preferimos jogar no PC ou nas consolas? Sim, preferimos, a experiência ainda é superior nessas versões, mas é especial ter acesso a um jogo como Fortnite no telemóvel - e sem grandes compromissos. Obrigatório para quem gostar de atirar umas granadas e construir escadas gigantes, desde que tenham aparelho para o suportar.

FortniteFortniteFortnite
FortniteFortniteFortnite
09 Gamereactor Portugal
9 / 10
+
Bom grafismo, com jogabilidade estável. Mecânicas táteis funcionam bem. Carregamentos rápidos.
-
Novas roupas são demasiado caras. Nos dispositivos mais antigos corre mal.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor