Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor
notícias
Hitman 3

Segundo ano de Hitman 3 arranca oficialmente a 20 de janeiro

Traz um novo modo de jogo e suporte para ray-tracing, entre outras novidades.

HQ

A IO Interactive tinha prometido novidades para Hitman 3, e aqui estão anos. O estúdio marcou o início do segundo ano de conteúdos para 20 de janeiro, com a chegada do novo modo Elusive Target Arcade. Arcade é semelhante aos habituais Elusive Targets, mas com algumas diferenças: poderá tentar eliminar vários alvos de uma vez para ganhar equipamento, e se falhar, terá de esperar pelo dia seguinte para tentar novamente. A lista de alvos será atualizada ao longo de um período não especificado.

Foi ainda confirmado que a versão PC vai receber ray-tracing ao longo do ano e também suporte para XeSS, que é uma tecnologia da Intel semelhante ao DLSS da Nvidia e ao FSR da AMD. E se por acaso quer jogar Hitman em realidade virtual, toda a trilogia ficará compatível com dispositivos de PC no dia 20 de janeiro.

Para o futuro ficou prometido o modo de jogo Freelancer, que vai chegar durante a primavera. Em Freelancer terá de começar a abater diferentes alvos ligados a organizações, até que eventualmente consiga atrair o líder para o eliminar. Freelancer irá funcionar como um roguelike, com progresso persistente. O que isto significa é que se deixar ou perder um item num nível, terá de procurar ou comprar outro na sessão seguinte. Freelancer terá ainda vários elementos personalizáveis, incluindo o aspeto do Agente 47.

Por fim, foi mostrada uma nova localização, "Rocky" (nome temporário), que vai chegar mais para a frente no ano.

Hitman 3
Hitman 3
Hitman 3
Hitman 3

Textos relacionados

1
Hitman 3Score

Hitman 3

ANÁLISE. Escrito por Ben Lyons

Uma conclusão digna para a melhor trilogia do Agente 47.



A carregar o conteúdo seguinte