Português
notícias
The Elder Scrolls VI

Phil Spencer avisa: Não precisamos de lançar jogos da Bethesda na PlayStation ou na Switch

Responsável máximo da Xbox acredita que o compra da Bethesda pode ser rentável ser recorrer ao lançamento de jogos noutras plataformas.

A Bethesda tem uma série de licenças admiradas por jogadores de várias plataformas, como The Elder Scrolls, Doom, Dishonored, Wolfenstein, e The Evil Within, entre outras. Ora, quando a Microsoft comprou a ZeniMax, e por consequência a Bethesda, os seus estúdios, e as suas licenças, muitos fãs passaram a temer que isso indique o fim de jogos como Doom e The Elder Scrolls nas consolas Nintendo e PlayStation.

Até agora a Microsoft ainda não foi clara sobre o que irá fazer em relação às outras plataformas, mas Phil Spencer, que é o responsável máximo da Xbox, deixou bem claro que não será necessário lançar jogos em PlayStation ou Nintendo para tornar a compra da ZeniMax rentável:

"Quando penso onde as pessoas podem jogar, e o número de dispositivos que suportamos, com a Xbox, o xCloud, e o PC, é evidente que não tenho de lançar esses jogos [da Bethesda] em qualquer outra plataforma, além das plataformas que suportamos, para de certa forma fazer com que este negócio funcione para nós."

Será o próximo Doom, ou The Elder Scrolls VI, um exclusivo de Xbox Series X|S e Windows 10? Só o tempo o dirá.

The Elder Scrolls VI

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.