Português
Gamereactor
notícias

Nintendo adicionará mais três mulheres ao seu conselho de administração

Os acionistas participarão de uma votação no próximo mês para integrar Miyoko Demay (ex-presidente da Tiffany no Japão), Eiko Osawa e Keiko Akashi.

HQ

De acordo com o recente relatório anual da Nintendo, a empresa com sede em Quioto está prestes a incorporar três mulheres à sua equipa de gestão em cargos altamente relevantes. Entre eles está Miyoko Demay, ex-presidente da Tiffany no Japão. Eiko Osawa e Keiko Akashi, duas pessoas com longa história em contabilidade e tributação, também terão assentos no conselho. Demay é proposto para assumir o papel de conselheiro externo, enquanto os outros indicados terão assento no comitê de auditoria e supervisão do conselho da empresa. Essas propostas serão submetidas à votação de todos os acionistas em meados de junho.

O documento também mostra que a primeira vez que uma mulher assumiu um cargo desse calibre na empresa foi em 2020, quando Asa Shinkawa foi eleita. Naquela época, as japonesas comemoravam 130 anos de história e, até agora, nenhuma outra figura de liderança feminina havia sido indicada.

Por outro lado, no ano passado, o Axios informou que 4,2% dos gerentes da Nintendo na sede japonesa são mulheres. Da mesma forma, esse número não vem subindo desde 2021, pouco depois de terem adicionado mulheres aos seus postos mais altos. Para piorar, a trabalhadora média de escritório recebe 72% do salário recebido pelos homens. No entanto, a fabricante japonesa aponta a antiguidade como a principal razão para isso, dizendo que a maioria dos veteranos são homens e, portanto, recebem um salário mais alto.

Dadas essas candidatas e o claro interesse em desenvolver personagens femininas nos jogos e filmes da Nintendo, com Princess Peach: Showtime! se tornando um milhão de vendas em apenas nove dias, e também aguardando a revelação da próxima aventura de Samus Aran em Metroid Prime 4, parece que a Nintendo continuará a reduzir ainda mais a diferença de gênero no futuro.

Nintendo adicionará mais três mulheres ao seu conselho de administração


A carregar o conteúdo seguinte