Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
antevisões
Marvel's Avengers

Marvel's Avengers - Primeiras Impressões

Já vimos o jogo dos Vingadores em ação, mas será que impressionou ou desiludiu?

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Tivemos reações mistas à revelação de Marvel's Avengers durante a conferência da Square Enix na E3 2019. O jogo parece incluir todos os ingredientes para uma história interessante do famoso grupo de heróis, mas com apenas segundos de jogabilidade, tornou-se mais difícil ter uma boa ideia de como funcionaria a nível de jogo. Pior ainda, o pouco que vimos parecia ser algo genérico, e esperávamos mais de Marvel's Avengers.

Felizmente a história não acaba aqui, já que ainda fomos convidados para uma demonstração do jogo à porta fechada. Marvel's Avengers vai concentrar-se num evento catastrófico, o "A-Day", o evento mostrado no trailer que resulta em destruição maciça e um grande número de mortos, incluindo Steve Rogers, o Capitão América. Esse será o ponto de partida da história, mas o que vimos na demo é precisamente jogabilidade do A-Day, durante o ataque à ponte Golden Gate de São Francisco.

Cada herói teve o seu momento para brilhar nesta demo, começando com Thor. Algo que convém realçar é que o sistema de combate teve a supervisão de Vincent Napoli, que trabalhou no sistema de combate de God of War. Isso é visível na forma como Thor usa o seu martelo em combate, lembrando a forma como Kratos utiliza o seu machado. Thor pode atirar o seu martelo e depois chamá-lo, invocar relâmpagos, e esmurrar oponentes com extrema força.

Por falar em esmurrar oponentes com extrema força, ninguém o faz tão bem quanto Hulk. O alter-ego verde de Bruce Banner pode bater inimigos uns contra os outros, jogá-los violentamente contra o chão, e até partir facilmente uma série de objetos, como carros, que se atravessem no caminho. Em cima disso, tem também acesso ao seu "super-salto", que lhe permite atravessar o terreno rapidamente.

O Capitão América (vivo nesta altura) faz lembrar um pouco Thor, no sentido em que também pode arremessar o escudo aos inimigos. O feedback audiovisual do arremesso do martelo e do escudo pareceram muito satisfatórios, e acreditamos que o será ainda mais para quem tiver o comando na mão. O arremesso do machado de Kratos foi um dos pormenores mais deliciosos de God of War, e é bom ver que esse pormenor não foi ignorado para Avengers. Aliás, o combate parece ser bastante pesado, com impacto real, o que é um grande alívio.

Homem-de-Ferro, contudo, apresentou um estilo de jogo completamente diferente, já que consegue voar, planar, e utilizar uma série de acessórios, sendo mais indicado para ataques à distância. Mísseis destruíram armas automáticas, enquanto projéteis mais pequenos despacharam soldados inimigos.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Por último, Viúva Negra, que foi a secção mais fraca da demonstração. Viúva Negra não tem habilidades especiais, não como o resto da equipa, e isso transforma-a numa espécie de Lara Croft. A sua secção envolveu saltar por uma série de plataformas, até chegar ao confronto com o vilão Taskmaster. Aqui, Viúva Negra tinha acesso a duas pistolas, mas os movimentos de Taskmaster eram tão óbvios que a luta teve pouco interesse, sem a qualidade orgânica do que tínhamos visto com as outras personagens.

Esta demonstração foi essencialmente um olhar mais extensivo ao nível que a Square Enix mostrou por instantes no trailer. Foi suficiente para ficarmos com uma ideia mais correta do que podemos esperar, ainda que não tenha sido mostrado qualquer pormenor de jogabilidade cooperativa, o que aparentemente será uma peça crucial do jogo.

Procuramos saber mais sobre o elemento cooperativo através de uma conversa com um representante do estúdio, que nos revelou que existem níveis que, não só estão apenas disponíveis para um jogador, como só podem ser jogados com uma determinada personagem. São momentos de história muitos específicos, mas a maior parte do jogo será formado por níveis mais abertos e soltos, onde podem jogar com amigos e encarnar o herói que preferirem.

Também ficou claro que Marvel's Avengers será um "jogo enquanto serviço", no sentido em que existem planos para o expandir muito para lá do final da campanha. O jogo vai receber novas regiões, histórias, e até heróis, e tudo isso será introduzido gratuitamente - resta saber o que os jogadores terão de pagar em contra-partida, mas considerando a quantidade de fatos alternativos que existem para cada herói, deve passar por aí.

Ainda persistem muitas dúvidas em relação a Marvel's Avengers, e de momento é difícil ultrapassar o aspeto das personagens comparando com os atores que vimos durante anos no grande ecrã, mas esta demonstração de jogabilidade deixou-nos um pouco mais descansados. Para já temos expetativas cautelosas, o que é mais do que podemos dizer de qualquer jogo dos Vingadores e das suas personagens dos últimos anos.

Marvel's AvengersMarvel's Avengers
Marvel's AvengersMarvel's AvengersMarvel's Avengers
Marvel's AvengersMarvel's Avengers

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Textos relacionados

A carregar o conteúdo seguinte