Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Hunt: Showdown

Hunt: Showdown

Depois de algum tempo a cozinhar no acesso antecipado, a versão final do novo jogo da Crytek está finalmente disponível.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Este Hunt: Showdown está a ser desenvolvido pela Crytek - sim, o estúdio de Crysis - há já algum tempo, e desde o ano passado que tem vindo a evoluir através do acesso antecipado do Steam. Recentemente foi libertado em definitivo como lançamento regular, e como tal, aqui estamos nós para verificar se o jogo da Crytek cumpre com o potencial que demonstrou a certo ponto do acesso antecipado.

Em Hunt: Showdown terá de caçar um ou mais alvos, a jogar sozinho ou na companhia de até mais dois jogadores. Durante a partida terá de procurar fendas de outras dimensões e fechá-las em sequência, tentando sobreviver a ataques de vários tipos de criaturas. Quando eventualmente encontrar tudo o que precisa, começa a segunda parte da partida - onde os jogadores sobreviventes terão de lutar entre si até que apenas um consiga escapar vitorioso.

De momento, Hunt: Showdown tem apenas dois mapas pantanosos, mas ambos dão ao jogo um ambiente diferente da maioria dos outros jogos online. Aliás, tanto a nível técnico, como a nível artístico, gostámos de tudo o que Hunt: Showdown teve para nos mostrar. É sombrio, com um forte toque de sobrenatural e de antigo, criando uma atmosfera pesada que encaixa como uma luva na premissa do jogo.

Ao longo dos mapas vai encontrar várias estruturas feitas de madeira e cabanas, normalmente em condições abaixo das ideais. Pelo meio existem várias criaturas horrendas a patrulhar, que deve enfrentar ou evitar, mas com a cautela de que alguns golpes bem dados no jogador vão deixá-lo à beira da morte. Os jogadores começam sempre na periferia do mapa, e depois devem usar a sua "visão sombria" para descobrirem onde está cada objetivo, usando apenas a distância para o alvo como referência. Até lá chegar convém que os jogadores explorem, melhorem o seu equipamento, e aumentem as suas hipóteses de sobrevivência.

Já aqui elogiámos a capacidade visual de Hunt: Showdown, também a nível artístico, como técnico, mas o lado sonoro do jogo acabou por nos surpreender ainda mais. Desde o tema principal aos efeitos sonoros, Hunt: Showdown conseguiu impressionarmos, e se tiverem a capacidade de jogar com som 3D, então este é um dos jogos que vale a pena experienciar dessa forma. Os efeitos sonoros não se limitam a criar ambiente, são também vitais para a jogabilidade, já que podem ajudar a identificar a posição e a proximidade dos inimigos. Outros factores, como o ranger das portas, ou o barulho provocado por pisadas em vidros partidos, também influenciam a jogabilidade durante os momentos furtivos.

O jogo oferece uma boa dose de progressão aos jogadores, através de equipamento e armas, mas embora o início seja um pouco suave, a certo ponto são retiradas as "rodinhas da bicicleta", e a vossa personagem passa a ficar perdida para sempre depois de morrer. Este elemento de morte permanente é duro, sobretudo depois de termos investido algum tempo na personagem, mas existem sempre outras para controlarem.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Quanto a modos de jogos, Bounty Hunt é o principal atrativo, um modo que reúne entre 10 a 12 jogadores num único mapa. Como referimos, pode entrar nesse mapa sozinho (boa sorte), na companhia de um amigo, ou na companhia de dois amigos. Depois deve cumprir os objetivos propostos até enfrentar os bosses, mas matá-los não chega, também precisa de os banir, uma ação que demora algum tempo e que irá sinalizar a localização do seu grupo para todos os outros jogadores. Assim que esse processo terminar, pode tentar escapar - se falhar só irá ganhar metade da experiência.

Existe uma outra alternativa a este modo, dedicado ao jogador solitário. É um modo de todos-contra-todos, com um número reduzido de jogadores e sem a presença de bosses. É uma alternativa mais rápida, com um ritmo elevado, que complementa bem o modo principal que tende a ser mais cooperativo e metódico. Dito isto, existe definitivamente espaço para o jogo crescer em termos de experiências e modos, algo que esperamos ver acontecer no futuro.

Por trás da excelente atmosfera, a proposta original de jogo, e a jogabilidade interessante, existe infelizmente um sistema de micro-transações que complica excessivamente o progresso do jogador. Existe aqui grande profundidade, isso é um facto, mas parece-nos que parte dessa profundidade é excessiva, e que só existe para justificar micro-transações. Considerando que o jogo custa € 39.99, que já tem um DLC de € 9.99, e que não é exatamente rico em conteúdo, parece-nos um exagero ter um sistema de progresso associado a micro-transações.

Apesar desta nossa queixa, ficámos contentes por ver a Crytek conseguir lançar um novo jogo de grande qualidade, e ainda para mais, um jogo com uma premissa original e única, com bom design e atmosfera. O jogo precisa de continuar a crescer ao longo dos próximos meses, e o sistema de progressão e micro-transações tem de ser revisto, mas se procura um jogo multiplayer que apresente algo diferente do resto do mercado, não precisa de olhar para outro lado.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Hunt: ShowdownHunt: Showdown
Hunt: ShowdownHunt: ShowdownHunt: Showdown
Hunt: ShowdownHunt: ShowdownHunt: ShowdownHunt: Showdown
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Grafismo estupendo e capacidade sonora ainda melhor. Atmosfera é fantástica. Jogabilidade muito sólida.
-
Sistema de micro-transações complica o progresso do jogador. Mais alternativas de jogo teriam sido bem-vindas.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

Hunt: ShowdownScore

Hunt: Showdown

ANÁLISE. Escrito por Mike Holmes

Depois de algum tempo a cozinhar no acesso antecipado, a versão final do novo jogo da Crytek está finalmente disponível.

A carregar o conteúdo seguinte