Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
notícias
Hearthstone: Heroes of Warcraft

Funcionários da Blizzard viram-se contra decisão de banir jogador

Em causa estão as declarações pró-Hong Kong, que levaram a Blizzard a retirar o prémio ao jogador, e até ao despedimento dos comentadores.

Wai Chung, mais conhecido como Blitzchung, é um jogador profissional de Hearhtstone, que durante o fim de semana ganhou uma competição oficial do jogo. Depois de ter ganho, contudo, Blitzchung equipou uma máscara semelhante às dos protestantes de Hong Kong, e afirmou "Libertem Hong Kong. A revolução da nossa era!".

A Blizzard entretanto decidiu retirar o prémio monetário de Blitzchung, baniu-o de competições oficiais durante um ano, e até despediu os dois comentadores que estavam a acompanhar o jogo. A empresa justificou-se com os termos da competição, mas isso não foi suficiente para muitos fãs, e mesmo dentro do próprios quadros da Blizzard, a decisão não caiu bem.

A Blizzard tem, no centro de seu campo, uma enorme estátua de um Orc sentado num lobo, com os vários lemas da empresa escritos à volta da estátua. Dois desses lemas foram tapados por funcionários durante a noite, nomeadamente os que dizem "Pensa Globalmente" e "Todas as Vozes Importam".

Vale a pena lembrar que a BlizzCon, evento público anual dedicado a jogos da Blizzard, será já em novembro. Será curioso perceber que tipo de impacto esta decisão pode ter no evento.

Hearthstone: Heroes of Warcraft
Imagem partilhada por Kevin Hovdestad

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte