Português
Gamereactor
antevisões
F1 2015

F1 2015

Uma volta de teste ao novo jogo de Fórmula 1.

HQ

A Codemasters tem muito que compensar. O F1 2014 do ano passado foi uma grande desilusão, com várias funções em falta, muitas a que os fãs se tinham habituado nos anos anteriores. Para vários fãs de Fórmula 1, o melhor jogo da série ainda será F1 2012, mas o objetivo da Codemasters é mudar essa impressão com a nova edição.

F1 2015 é a redenção da Codemasters, ou pelo menos é essa a ideia. O jogo será lançado em junho, com a temporada 2015 da Fórmula 1 em andamento. Como o jogo será lançado somente para PC, PS4 e Xbox One, dispensado as plataformas da geração anterior, teve um período de desenvolvimento ligeiramente superior ao que é normal para a série, o que terá beneficiado a qualidade e a quantidade do conteúdo.

Recentemente tivemos a oportunidade de experimentar o jogo, numa volta completa à pista de Shangai com o carro Renault RB10, embora fosse a edição de 2014 e ainda com Sebastian Vettel. O motivo para isto é que F1 2015 também vai incluir a temporada de 2014, incluído veículos e equipas. A Codemasters também prometeu atualizações da temporada 2015, de forma a manter o jogo atualizado com eventos reais.

Graças à tecnologia Ego, o jogo vai ter um grafismo muito superior nas versões PS4 e Xbox One, comparando com a edição anterior, mas a melhor versão (desde que tenham máquina para isso) é a de PC. A nossa sessão de jogabilidade foi precisamente com a versão de PC, e graficamente impressionou. Quanto às versões de consolas, aparentemente a versão PlayStation 4 será ligeiramente superior à de Xbox One, como terá afirmado um produtor.

Publicidade:
F1 2015

O jogo também inclui opções para que possam adaptar o impacto e a qualidade da condução, dependendo do vosso nível de habilidade e da utilização, ou não, de um volante. Como tem sido habitual na série, F1 2015 opta por uma abordagem ligeiramente mais arcade que realista, de forma a atrair um público geral. Os puristas podem no entanto ativar o modo profissional e desfrutar de uma experiência mais intensa e realista.

Tivemos a oportunidade de experimentar o modo profissional, e foi uma experiência exigente. Cada mudança errada, cada curva mal feita, resultaram na perca de segundos preciosos. Com as assistências à condução desligadas, a traseira do RB 10 abanava com cada aceleração mais brusca, e os travões tinham de ser usados de forma cautelosa - uma situação ainda mais evidente durante a chuva. Claro que existe a opção para recuar o tempo e emendar o erro, mas se estamos a falar de uma experiência realista, nenhum fã deste tipo de condução vai usar essa 'batota'.

A qualidade da condução, sobretudo na versão final do jogo, deve ser muito superior à de F1 2014, segundo a Codemasters. São mais de 20 melhoramentos relacionados com o motor, aerodinâmicas, tanques de combustível, força e suspensão. Até a física dos pneus foi refeita de início para representar as características dos carros de Fórmula 1. O problema... é que a maioria destas funções estavam suspensas na demonstração que experimentámos. Se a isso juntármos o facto de termos jogado com comando, é difícil ter uma perspetiva de condução realista com esta demo.

Publicidade:

Nem tudo foi um desperdício. As corridas à chuva, por exemplo, estão fantásticas. Não só são evidentes as mudanças na condução com condições climatéricas extremas, mas visualmente é algo de impressionante. Com a perspetiva do piloto, tivemos uma experiência fantástica. Existem ainda algumas falhas visuais que precisam de ser resolvidas até ao lançamento, mas no geral F1 2015 mostrou estar em grande forma neste departamento. Quanto ao áudio, como não tínhamos auscultadores, não foi possível conferir a sua qualidade.

F1 2015

O jogo vai naturalmente incluir um modo carreira, que permite ao jogador construir a sua própria equipa. O modo clássico, que foi estreado em F1 2013, não foi confirmado ou negado para a versão 2015. E claro, para os mais corajosos vai existir um modo online, mas também vários níveis de dificuldade e opções para a inteligência artificial.

A sensação que retirámos desta demonstração é que a Codemasters pretende redimir-se da desilusão do ano passado, ao proporcionar uma experiência que se aproxima bastante da experiência que os fãs de Fórmula 1 podem ter durante o fim de semana. Resta agora ver se a versão final confirma as boas intenções.

F1 2015F1 2015F1 2015

Textos relacionados

0
F1 2015Score

F1 2015

ANÁLISE. Escrito por Petter Hegevall

Uma temporada fraca para o jogo de Fórmula 1, com ausência de modos, conteúdo e cuidado adequado.

0
F1 2015

F1 2015

ANTEVISÃO. Escrito por Christian Gaca

Uma volta de teste ao novo jogo de Fórmula 1.



A carregar o conteúdo seguinte