Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor
notícias

Estúdio de The Sinking City e Sherlock Holmes também criticou a Rússia

A Frogwares também está situada na Ucrânia.

HQ

A invasão da Rússia à Ucrânia é um tópico inescapável hoje, inclusive dentro da indústria de videojogos, até porque existem vários estúdios situados no país. A GSC Game World já tinha reagido à invasão, e agora foi a vez da Frogwares, estúdio dos jogos Sherlock Holmes e de The Sinking City, deixar uma mensagem no Twitter:

"Não podemos ficar parados. A Rússia está a atacar a nossa pátria e a negar a soberania da Ucrânia. Estamos a tentar permanecer seguros, mas não existem duas formas de olhar para isto, estamos em guerra. Apelamos a todos que tentem forçar Putin a retirar-se das nossas terras. #StopRussianAggression."

"Somos uma nação pacífica e, em todos os anos desde que conquistámos a nossa independência, não atacámos ou ameaçámos ninguém. Por causa desta situação, o nosso trabalho será impactado e as nossas vidas podem ser destruídas."

Prevê-se que mais estúdios e editoras se manifestem durante as próximas horas e dias.

Estúdio de The Sinking City e Sherlock Holmes também criticou a Rússia
A Frogwares lançou recentemente Sherlock Holmes: Chapter One.


A carregar o conteúdo seguinte