Gamereactor PT. Vejam os últimos trailers e entrevistas a partir das maiores convenções de videojogos de todo o mundo. O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor
notícias
Two Point Hospital

Em Two Point Hospital tudo é uma questão de equilíbrio

As escolhas que fazem vão trazer consequências.

HQ

Two Point Hospital vai ser lançado para PC esta quinta-feira, dia 30, e tivemos a oportunidade de falar com o diretor de arte Mark Smart e o animador Christopher Knott sobre o jogo na Gamescom.

Em Colónia, o par revelou-nos mais coisas sobre as enfermidades que os jogadores vão ter que lidar no jogo, bem como a gama de opções personalizáveis disponíveis para construirem o hospital perfeito.

Knott explicou-nos que tudo o que colocam no jogo vai ter um efeito na jogabilidade e exemplificou que se meterem uma máquina de café na sala de um médico, este irá bebê-lo, ficar hiperativo, irá deslocar-se mais rapidamente e curar depressa os pacientes; contudo, vai ter de ir à casa de banho muitas mais vezes. É aqui que entra a componente de simulação, na medida em que cabe ao jogador decidir se prefere ter um médico que cure os doentes num instante mas que desperdice muito tempo no WC ou que nem o chegue a fazer, ao ter um descuido nele próprio.

Two Point Hospital

Mark Smart diz que é tudo uma questão de equilíbrio e que podem jogar ao título a um nível extremamente funcional, mas que pessoalmente prefere ter tudo bem composto, e que se gastarem dinheiro ao comprar uns quadros isso vai trazer benefícios.

Two Time Hospital por enquanto é um exclusivo PC, mas quem sabe se não iremos vê-lo noutras plataformas no futuro.

HQ

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte