Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Início
análises
Doom 64

Doom 64

Um clássico que continua a ser difícil de largar.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Doom Eternal foi lançado no dia 20 de março para PC, PS4, e Xbox One, garantindo muita carnificina demoníaca nestes tempos difíceis de isolamento social, mas não foi o único Doom a aparecer nas lojas digitais nesse dia. Doom 64 também chegou a estas plataformas, mais Nintendo Switch, por € 4,99 (e foi um bónus de pré-compra de Doom Eternal), apresentando uma versão remasterizada do jogo originalmente lançado para Nintendo 64 em 1997.

Doom 64 é uma sequela para os dois Doom originais, mantendo o mesmo estilo de jogabilidade e estilo gráfico. Esta versão em específico foi remasterizada pela Night Dive Studios, especialistas na remasterização de clássicos antigos como System Shock 2, Turok, e Shadow Man. A questão que se coloca portanto é: vale a pena jogar um título de 1997, mesmo que remasterizado? Sim, vale bem a pena.

Os esforços do Doom Guy em Doom e Doom II asseguraram o fim da invasão demoníaca, mas vários demónios permaneceram vivos em algumas estações espaciais. A UAC decidiu então bombardear essas estações com vastas doses de radiação, o que resultou em grande parte. Numa estação, contudo, algo sobreviveu, e está a ressuscitar demónios. É então enviada uma equipa de ataque, que é obviamente trucidada, excepto por um elemento - o jogador.

A história de Doom 64 é simples, mas chega e sobra como justificação para começar nova caça aos demónios através de 32 níveis. A estrutura de jogo é Doom clássico, resumindo-se a matar inimigos e a explorar o cenário à procura de chaves coloridas, com alguns segredos pelo meio. E claro, terá acesso a um arsenal delicioso de armas - incluindo uma moto-serra dupla - para completar a missão.

É um jogo com uma premissa simples, mas isso não o torna básico, longe disso. Os níveis beneficiam de um design apurado, com uma disposição eficaz de inimigos, armas, segredos, e chaves. É também uma experiência de jogo que começa relativamente fácil, mas que depressa começa a subir de tom, tornando-se numa autêntica luta pela sobrevivência. E estamos a falar de um jogo 'à antiga', em que a morte implica começar os níveis de raiz. Se é complecionista, então vai gostar de saber que no final de cada nível é referindo quantos segredos, colecionáveis, e demónios passaram despercebidos ao jogador.

Doom 64

Esta versão atualizada do Doom 64 também apresenta um novo capítulo, que ocorre após a campanha principal. A agora derrotada Mother Demon afinal tinha uma irmã, e adivinhe a quem cabe a tarefa de lidar com ela. O maior elogio que podemos fazer a este novo capítulo, é o facto de não parecer novo. Se não souber que é recente, diria que sempre fez parte do jogo, já que mantém a qualidade de design de níveis e combates.

Em 1997, Doom 64 era um jogo visualmente interessante, e o mesmo ainda é verdade hoje em dia, embora de uma maneira diferente. O visual original está muito mais polido, definido, e visível, e em cima disso, foram acrescentados vários efeitos que enriquecem a experiência. de forma super-fluída, o que é essencial para qualquer Doom que se preze.

Os efeitos sonoros são básicos, mas ainda existe uma certa beleza sombria neles. As armas produzem um som simples, quase infantil, mas satisfatório, enquanto que os demónios comunicam a sua localização ao jogador com uma série de grunhidos. O mesmo vale para os seus gritos moribundos e o boom dos icônicos barris explosivos. Em termos de música, os riffs de heavy metal não são tão comuns quanto esperávamos, mas pelo menos o tema original continua glorioso.

Doom 64 mostra aos jogadores modernos como se faziam jogos em 1997. O prazer do jogo pode ser travado por uma curva brutal de dificuldade, que pode afastar alguns jogadores, mas fora isso, este é um autêntico clássico retro que recebeu um tratamento impecável por parte da Night Dive Studios, e que foi lançado a um preço perfeitamente justo.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Doom 64Doom 64
Doom 64Doom 64Doom 64
09 Gamereactor Portugal
9 / 10
+
Jogabilidade cheia de ação. Boa revitalização de gráficos e som. Design dos níveis. Novo conteúdo integrado de forma exímia.
-
Estranhos abrandamentos ocasionais. Dificuldade é brutal, o que pode ser negativo para alguns jogadores.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados

Doom 64Score

Doom 64

ANÁLISE. Escrito por Ossi Mykkänen

Um clássico que continua a ser difícil de largar.



A carregar o conteúdo seguinte