Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
antevisões
Deus Ex: Mankind Divided

Deus Ex: Mankind Divided

A estória de Adam Jensen continua em agosto, mas o Gamereactor já experimentou o novo Deus Ex.

Parece que no futuro a ciência e a tecnologia serão a nossa salvação, muito mais do que o são hoje em dia. Vão ajudar com problemas físicos, como a perda de membros ou de visão, melhorar as capacidades do ser humano normal, e ajudar a cumprir conceitos que hoje parecem milagres. Mas será tudo isto uma benção, ou uma ameaça para os humanos que não aderiram à iniciativa? Entra em cena uma abordagem futurista a algo como o Apartheid, que relegou as pessoas 'melhoradas' para bairros sociais e áreas de controlo. É esta a visão do futuro que Divided Mankind vai oferecer aos jogadores.

Deus Ex é uma série tremenda, que já passou por várias mãos e interpretações. Tudo o que esteja ligado à série cai dentro do Universo de Deus Ex, como definiu a própria Square Enix. Numa apresentação recente tivemos a oportunidade de conhecer melhor o que engloba esse universo, que inclui jogos para plataformas móveis, livros, e banda desenhada. Isto servirá para contar histórias que complementam o mundo apresentado nos jogos principais. Mais, a Square Enix pretende criar uma linha de roupa inspirada com Deus Ex e até trabalhou de perto com uma fabricante de próteses, mas apresentar uma versão ligeiramente mais realista do futuro.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Mankind Divided arranca alguns anos depois de Human Revolution, e como já referimos, a introdução de melhoramentos cibernéticos em humanos não é vista com bons olhos pela maioria da sociedade. Adam Jensen, protagonista do jogo anterior, regressa às mãos do jogador e estará no centro do conflito entre os humanos normais e os que receberam melhoramentos. Embora não esteja na mesma situação que os outros "melhorados", Adam tem de tolerar olhares incomodados e comentários depreciativos. Ele aceitou os eventos de Human Revolution e o seu papel em todo esse caos, e agora quer descobrir exatamente o que aconteceu. Não nos deram muitos pormenores sobre a estória, mas podem contar com conspirações corporativas e dilemas morais. Segundo nos informaram, as decisões dos jogadores podem ter um impacto bastante significativo em alguns momentos da aventura. O comportamento de Adam Jensen também vai determinar a forma como o mundo e as personagens interagem consigo.

A narrativa de Mankind Divided não é apresentada ao jogador meramente pelos eventos que acontecem à sua frente. Todo o universo do jogo é enriquecido através de detalhes, referências, e ambiente. O pouco tempo que jogámos foi suficiente para percebermos que a estória é contada através de cutscenes e detalhada com tudo o resto. As personagens que conhecemos pareceram-nos fortes, com interpretações à altura dos respetivos atores. É um jogo que tem valores de produção elevadíssimos, com um grafismo superior ao de Human Revolution e a mesma riqueza de design. Deus Ex é cyberpunk e admite isso com todo o orgulho.

O jogo estará dividido em áreas, que não serão massivas, mas estarão recheadas com conteúdo. Cada personagem que encontram tem algo a dizer, ou um papel a desempenhar no ambiente. Não são meros "figurantes", para usar linguagem de cinema. A Eidos optou por não gerar personagens aleatoriamente, como fazem a maioria dos jogos com espaços abertos, construindo-as todas à mão. Cada área será maior do que as que vimos em Human Revolution, e vão oferecer mais caminhos e oportunidades de exploração, não só na horizontal mas também na vertical. Mankind Divided pretende oferecer ao jogador grande liberdade na forma como pode abordar o jogo, o que é algo nuclear na experiência de Deus Ex.

Makind Divided, como o antecessor, oferece diferentes estilos de jogo baseados em mecânicas de cobertura, tiroteios, e ação furtiva. Adam Jensen pareceu-nos fácil de controlar, embora obrigue a um período de adaptação a todo o leque de ações que tem ao seu dispor - um período que não tivemos nesta demonstração. Mais importante é que dominámos realmente os elementos em que nos concentramos, e isso fez-nos sentir poderosos. Podem tentar criar uma personagem especialista em várias áreas, ou um híbrido, que foi o que acabámos por criar. Isto permitiu-nos sair de cobertura e lançar um ataque brutal, para depois voltarmos a uma atitude furtiva quando a oportunidade se apresentou. Enquanto cumprem as missões terão de tomar decisões com impacto, e não nos referimos a momentos de estória, mas as escolhas instantâneas que terão de tomar enquanto jogam. Escolheriam salvar reféns ou perseguir um terrorista em fuga? Arriscam e tentam obedecer a diretrizes para não matar ninguém, ou levam o vosso armamento mortífero e ignoram as exigências? As escolhas mais importantes terão grande impacto, mas as menores também vão influenciar o comportamento das personagens em relação a Jensen.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Uma das novidades de Deus Ex: Mankind Divided é o novo modo Breach, que é basicamente uma versão arcade do jogo. Em Breach vão jogar como um hacker que, através de um sistema avançado de realidade virtual, tenta roubar informação vital de um servidor. Isto é baseado num mundo pixelizado onde os ficheiros codificados e os anti-vírus assumem a forma de inimigos e puzzles. É uma versão muito destilada do sistema de combate da campanha, tornando-se mais sobre conseguir pontuações altas e não tanto seguir uma narrativa. Honestamente, o que vimos de Breach não nos encheu as medidas, mas não podemos reclamar muito já que se trata de um bónus que acrescenta longevidade e variedade.

Deus Ex: Mankind Divided parece-nos o projeto mais ambicioso e expansivo da saga, enriquecido com grandes valores de produção e uma narrativa profunda. A jogabilidade segue muito do que nos lembramos do jogo anterior, mas parece beneficiar de um design dos mapas muito superior e mais variado. Se tudo correr como previsto e Deus Ex: Mankind Divided cumprir com as boas impressões que nos deixou, pode ser um dos destaques do Verão e do ano.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Deus Ex: Mankind DividedDeus Ex: Mankind DividedDeus Ex: Mankind Divided
Deus Ex: Mankind DividedDeus Ex: Mankind DividedDeus Ex: Mankind Divided

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte