Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
análises
Burnout Paradise Remastered

Burnout Paradise Remastered [Switch] - Review

O jogo já o conhecemos bem, mas e esta versão Switch, está à altura?

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Burnout Paradise é um jogo sobejamente conhecido, alvo de vários re-lançamentos desde 2008. Agora, Burnout Paradise encontrou mais uma casa, na forma da Nintendo Switch, onde está disponível por € 49,99 (parece-nos um preço excessivo). Trata-se de uma versão remasterizada, mas se nas versões PS4 e Xbox One essa classificação é válida, será que o mesmo se aplica a esta versão de Nintendo Switch, cujo hardware é inferior? Já lá vamos, primeiro permita-nos recapitular Burnout: Paradise.

O grande destaque deste jogo, em comparação com outros Burnout, está para a passagem de níveis e pistas fixas, para um mundo aberto, baseado na cidade fictícia de Paradise City. Na altura, Burnout Paradise conquistou vários fãs graças à forma como combinou esse espaço aberto com a sua jogabilidade arcade, mas muito mudou nos últimos 12 anos, e o que não falta no mercado são jogos de condução em mundo aberto. Ainda assim, é inegável que Burnout Paradise continua a ser um jogo divertido e digno de alguma atenção.

Quando pegámos nos Joy-Con para experimentar Burnout Paradise, estávamos um pouco receosos do impacto negativo que os comandos podiam ter na jogabilidade, mas acabaram por cumprir a sua função. Os Joy-Con, apesar de terem outras vantagens, não são comandos muito precisos, mas felizmente, também não é esse o foco da jogabilidade de Burnout Paradise. Como se trata de uma experiência arcade, os comandos acabam por serem perfeitamente adequados.

Menos positiva foi a nossa reação ao grafismo e à estrutura de jogo. Enquanto graficamente é evidente a idade do jogo, ainda para mais na Switch, a estrutura é também algo confusa ao início, mas enquanto explorávamos Paradise City à procura de algo para fazer, chocámos contra um carro, e isso lembrou-nos do porquê de Burnout ser fantástico. Os choques continuam a ser espetaculares, mesmo passado todo este tempo, e isso lembrou-nos de olhar para o mundo com outros olhos. Começamos a ver rampas, barreiras, pequenas ruelas, becos, objetos destrutíveis, e muitos outros acessórios que mostram o design muito inspirado da cidade. De repente não nos importámos de não termos um objetivo definido, porque nos bastava o mero desejo de explorar a cidade.

Burnout Paradise Remastered

Se graficamente Burnout Paradise deixa a desejar, sobretudo considerando é um "remaster", há a louvar o facto do jogo correr a 60 frames por segundo, o que garante grande fluidez de jogo e uma espetacular sensação de velocidade. Existem algumas quebras aqui e ali, sobretudo com choques em cadeia, mas no geral o jogo aguenta-se nos 60 frames por segundo e é uma delícia.

Gostámos de explorar a cidade, mas não é só isso que há para fazer. Ao todo existem quatro tipos de desafios em que pode participar: Races, Stunts, Takedown, e Marked Man. As quatro alternativas são divertidas, mas acabam por se tornar repetitivas com o tempo, já que oferecem pouca variedade entre si - apenas aumentam a dificuldade. O facto de também não existir um sistema de progressão (além de novos carros), ou novas áreas para descobrir, também retira algum incentivo para continuar a jogar depois de algumas horas. Este elemento acaba por ser ligeiramente suavizado pelo facto do jogo incluir os DLC originais, incluindo uma nova ilha para explorar.

Mas apesar destes defeitos, é óbvio porque Burnout Paradise se tornou num clássico do género arcade em mundo aberto. A jogabilidade é fantástica, a sensação de velocidade é impressionante, e o sistema de danos é espetacular. É um jogo com charme, genuinamente divertido, e isso ajuda a compensar o grafismo medíocre, a estrutura antiquada, e a repetição excessiva. Seria uma recomendação fácil para quem aprecia o género, não fosse o preço altíssimo. Assim, resta-nos deixar a recomendação... para quando o encontrar com uma boa promoção.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Burnout Paradise RemasteredBurnout Paradise Remastered
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
O design da cidade é fantástico. Boa física arcade e sensação de velocidade. Dificuldade justa.
-
Repetitivo. Grafismo bastante fraco. Preço excessivo.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte