Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor Portugal
antevisões
Far Cry: New Dawn

Far Cry: New Dawn

Esta não a Hope County de que nos lembrávamos...

Far Cry: New Dawn

Far Cry: New Dawn foi revelado durante o The Game Awards, mas o Gamereactor já tinha tido a oportunidade de o ver em ação antes disso. Como já devem saber, trata-se da continuação direta de Far Cry 5, e como tal, este artigo inclui spoilers desse jogo. Feito o aviso, convém lembrar que, no final de Far Cry 5, o mundo ficou devastado por bombas nucleares. Desde então passaram-se 17 anos, e é aí que vai arrancar New Dawn.

O que vão encontrar é uma versão muito diferente de Hope County, que depois de ter sido devastada, foi invadida pelo "superbloom", uma espécie de vingança da natureza, que reclamou o seu lugar com ainda mais força, tanto a nível de fauna, como de flora. Quanto ao estado da sociedade, a Ubisoft descreve-a como uma espécie de velho oeste, mas com armas e tecnologia mais moderna.

O foco de Far Cry: New Dawn está em novas personagens, mas também vão encontrar algumas caras conhecidas. Vão interagir com Carmina, por exemplo, a pequena bebé que apareceu no jogo anterior, e que agora é quase uma adulta. E como viram no trailer, o Profeta Joseph também vai regressar.

A sociedade de Hope County está agora dividida em duas fações. De um lado estão os Survivors, indivíduos mais preocupados em sobreviverem, tratar da agricultura, e em criar uma comunidade pacífica. Do outro lado estão os Highwaymen, criminosos que roubam e matar os Survivors, e que são liderados por duas irmãs gémeas, Mickie e Lou, uma dupla que aproveitou da melhor forma todo o caos causado pelas bombas nucleares, e por terem crescido num ambiente tão hóstil.

Em Far Cry: New Dawn vão também controlar um novo protagonista, um individuo que pertence a um grupo dedicado a ajudar pessoas, baseado na costa oeste dos EUA. Este grupo apanhou um comboio para se deslocar a uma povoação que precisava do seu auxílio, mas pelo caminho sofreram uma emboscada. O resultado é catastrófico, e jogador acaba por, mais uma vez, ficar isolado em Hope County numa situação hostil. Como é típico de Far Cry, a vossa missão passa a ser ajudar o grupo resistente e tentar sobreviver.

Em Far Cry: New Dawn vão ter acesso a uma área central que vai servir de base, e que podem evoluir com o tempo. À medida que recrutam outras personagens, especialistas em várias áreas, ganham acesso a melhores plantas, armas, e outros acessórios, mas também a mercenários que vos podem ajudar. Infelizmente, Boomer morreu desde os eventos de Far Cry 5, mas vão ter a oportunidade de conseguirem outros ajudantes animais. Podem 'recrutar' um novo cão chamado Timber e um javali chamado Horatio. Como em Far Cry 5, cada 'companheiro' tem as suas próprias capacidades, e desta vez até vão com o jogador nos seu veículo.

Far Cry: New Dawn vai disponibilizar um enorme arsenal para o jogador, não só composto de armas mais tradicionais, mas também de algumas criações mais inventivas. Um exemplo disto é o lançador de serras, que também podem ser melhorado para causar mais dano e lançar mais serras.

A nível de estrutura, New Dawn não vai desviar-se muito do que tem sido o formato típico da série. Vão existir tesouros para encontrarem, objetos para destruírem, bases para conquistarem, e animais "evoluídos" para caçarem. A conquista das bases, contudo, funciona de forma diferente do que no passado. Desta vez, ao conquistarem uma base, vão recolher uma grande percentagem de Etanol, que é um recurso importantíssimo em New Dawn. Contudo, algum tempo depois essa base será reclamada pelos Highwaymen, e reforçada com inimigos mais poderosos. É uma forma de aumentar o desafio e a repetição de conteúdo para o jogador, mas as recompensas também serão melhores se voltarem a conquistar a mesma base.

Far Cry: New Dawn

Uma das novidades mais interessantes são as expedições, missões que vão levar o jogador para outras regiões nos EUA, como a costa oeste, o Grand Canyon, e o Bayou. Estas missões vão envolver a procura de um objetivo, a sua recolha, e a fuga num helicóptero, e foram sobretudo desenhadas em torno de jogabilidade cooperativa, embora possam ser perfeitamente desfrutadas a solo. Por falar em co-op, tal como Far Cry 5, toda a campanha pode ser jogada em modo cooperativo. Ainda sobre as expedições, como se passam em áreas mais fechadas, a Ubisoft teve a capacidade de puxar mais pelo grafismo e usar mais inimigos nestas missões especiais.

Estas expedições serão distinguidas por três níveis de dificuldade, com desafios e recompensas correspondentes, mas também incluem outras diferenças. Nas expedições reparámos que a interface tinha sido simplificada - a roda de seleção de armas só tem uma camada, por exemplo, já que o armamento disponível é mais restrito. Em essência, as armas ficam de um lado da roda de seleção, enquanto que os itens que podem criar ficam do outro. Ao vermos outros jogadores, também reparámos em animações de morte furtiva mais violentas (pré-Far Cry 5), e novos fatos para as personagens.

Visualmente, Far Cry: New Dawn terá uma abordagem muito diferente do que viram em Far Cry 5. O evento apocalíptico significa que vão ver muita destruição, carros enterrados na terra, e outros elementos típicos deste género de mundo pós-apocalíptico, mas não esperem um mundo castanho e cinzento, pelo contrário. Os Highwaymen adoram graffiti, sobretudo com cores vibrantes e florescentes, o que confere ao jogo um estilo muito diferente do aspeto simples e natural de Far Cry 5. Se olharem para Rage 2 vão encontrar muitas semelhanças ao nível de estilo.

Outro pormenor, como referimos em cima, é o facto da natureza ter começado a reclamar a Terra, e isso será visível em áreas verdes que tomaram conta do que eram antes áreas urbanas. Vão ver muita natureza em Far Cry: New Dawn, mas muito mais selvagem e descontrolada do que em Far Cry 5.

Como não nos foi possível pegar no comando em si, apenas ver os produtores jogadores, não podemos dizer muito em termos de sensação e mecânicas, mas considerando que a base é Far Cry 5, é seguro esperar uma jogabilidade muito sólida na primeira pessoa. Estamos curiosos para ver o que vai acrescentar este Far Cry: New Dawn quando chegar a 15 de fevereiro, e considerando que será lançado com um preço de € 44.99, torna-o ainda mais apetecível.

Far Cry: New DawnFar Cry: New Dawn
Far Cry: New DawnFar Cry: New Dawn