Gamereactor Close White
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
Gamereactor Portugal
antevisões
FIFA 19

FIFA 19 - Impressões Finais da Demo

Promete muito, mas...

Facebook
TwitterReddit

A demo de FIFA 19 está finalmente disponível, permitindo que os jogadores possam experimentar o jogo antes do lançamento a 28 de setembro. O Gamereactor já tinha tido a oportunidade de jogar FIFA 19 noutras ocasiões, mas o lançamento da demo permitiu-nos passar mais algum tempo com o jogo, e talvez mais importante, com uma versão já próximo da final. O que jogámos confirmou as boas impressões que já tínhamos tido no passado, mas também nos alertou para alguns problemas.

Começando com o negativo, verificámos que esta versão de FIFA 19 tem alguns problemas, problemas que o jogo anterior não tinha. Vimos uma ou outra reação menos boa da inteligência artificial (o guarda-redes adversário chegou a meter a bola nos nossos pés), os passes não parecem obedecer tão bem à direção dada pelo jogador, e o controlo de bola por vezes é excessivamente trapalhão, em situação em que não o deveria ser tão acentuado, sobretudo com jogadores desta qualidade (a demo só inclui equipas de topo). A inteligência artificial adversária também não é brilhante. Jogámos na dificuldade máxima disponível (lendário), e verificámos em vários erros na construção de ataques e jogadas. De notar, contudo, que a versão final terá também a dificuldade Ultimate, que anteriormente só estava disponível no modo FUT.

Estes são alguns dos problemas que encontrámos nesta demo de FIFA 19, problemas que a espaços afetaram a nossa experiência com o jogo e quebraram a imersão, mas é preciso tornar algo muito claro. As demos dos FIFA são sempre de versões do jogo ainda em desenvolvimento, e existem sempre diferenças entre a demo e o jogo a que os jogadores acedem no lançamento. Vários problemas costumam sem corrigidos entre a demo e a versão final, e temos a esperança que o mesmo aconteça este ano.

Se alguns problemas foram evidentes, muitos aspetos positivos ficaram também claros durante o nosso tempo com o jogo. Graficamente existem melhorias evidentes, com modelos ainda mais detalhados e melhores efeitos de iluminação. Jogámos numa PS4 Pro, com televisão 4K e HDR, e o resultado é impressionante. O facto de terem simulado tão bem a entrada das equipas na Liga dos Campeões, e de terem recriado o estádio do Real Madrid com tamanho detalhe, também ajuda a passar essa ideia de um grafismo superior.

Quanto à jogabilidade em si, existem problemas pontuais com a inteligência artificial, mas de forma geral está bem melhor. Do lado do jogador, os companheiros tendem a defender muito melhor, com marcações mais apertadas ao adversário, e reações mais rápidas quando a bola passa por perto - bloqueiam passes e remates. A atacar, a movimentação dos jogadores é também melhor. Os jogadores agora não se preocupam apenas com desmarcações, e em vez disso procuram antes oferecer melhores linhas de passe, aproximando-se do jogador e fugindo da linha do adversário. E isto não se aplica a apenas um jogador. Por exemplo se tiverem a bola com um extremo, o defesa pode começar a correr em desmarcação pela linha, enquanto que o médio central recua e aproxima-se para dar uma linha de passe recuada.

O adversário (mais uma vez lembramos que jogámos em Lendário) tende também a dar menos espaço na zona central e sobretudo junto à area, oferecendo no entanto mais espaço nas alas. Isto deve possibilidade mais cruzamentos para a área, mas os defesas também reagem melhor aos cruzamentos, com mais cortes e confrontos entre os jogadores.

FIFA 19 tem várias animações novas, com mais toques de primeira, passes com a bola a meia altura, e uma maior variedade de cabeceamentos. Isto aumenta a fluidez dos passes e das jogadas, embora o posicionamento da equipa adversária, sobretudo perto da área, dificulte um progresso central. Os jogadores mais habilidosos podem agora levantar a bola de primeira, simular uma mudança de direção antes de receberem um passe, e aplicar novos tipos de remate à base de timing.

É preciso ter atenção aos problemas que referimos, mas se forem resolvidos como esperamos, FIFA 19 parece ter novidades suficientes para se superiorizar à excelente edição do ano passado. Existem muitas outras novidades, dentro e fora do campo, incluindo o novo Kick Off 2.0, a introdução da licença das competições europeias, uma nova abordagem ao modo história, e mais opções em FIFA Ultimate Team Mode. Na análise cá estaremos para falarmos de tudo isso, por isso continuem atentos.

FIFA 19FIFA 19
FIFA 19FIFA 19FIFA 19