Gamereactor follow Gamereactor / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français / Nederlands / 中國 / Indonesia
Gamereactor Close White
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
antevisões
Mario + Rabbids Kingdom Battle

Mario + Rabbids Kingdom Battle - Donkey Kong DLC

Um gorila, um canalizador, e um rabbid entram num bar...

  • Texto: Mike Holmes
Facebook
TwitterRedditGoogle-Plus

Ok, talvez não num bar, mas num dos jogos mais surpreendentes de 2017. Mario + Rabbids Kingdom Battle foi um exclusivo de Nintendo Switch produzido pela Ubisoft, que uniu os universos de Mario e Rabbids num conceito de estratégia por turnos, a lembrar Xcom. Divertido, colorido, e taticamente empolgante, Mario + Rabbids provou ser uma receita de sucesso, e a esse cozinhado improvável podem acrescentar agora um novo ingrediente: Donkey Kong.

Nesta expansão, Donkey Kong surge no lugar de Super Mario, acompanhado por Rabbid Peach e o estreante Rabbid Cranky. Podem participar numa nova aventura, composta por quatro capítulos, que utiliza a mesma fórmula de sucesso do jogo base: uma base estratégica muito sólida, várias referências a uma personagem icónica da Nintendo, e muitos momentos divertidos e até hilariantes.

A estória, mais uma vez, é completamente louca, e envolve pedaços de uma máquina de lavar espalhados por várias áreas do mundo de Donkey Kong (vale a pena lembrar que esta "máquina de lavar" é especial, e trouxe os Rabbids para os universos da Nintendo). Agora, Donkey Kong e Rabbid Kong (o vilão) querem ambos recolher esses pedaços, dado por isso início a este novo confronto. A estória é simples e divertida, ainda que básica, mas o charme muito peculiar do jogo e as mecânicas de jogabilidade acabam por ser suficientes para agarrar o jogador.

Durante a nossa sessão de jogo tivemos a oportunidade de ver três das quatro novas áreas de jogo - Village, Reef, e Jungle. O formato é semelhante à base do jogo original, permitindo que o jogador percorra as áreas de jogo através de uma perspetiva isométrica. Vão navegar o mapa novamente com as personagens em fila indiana, desta vez procurando bananas em vez de moedas. Aliás, a Ubisoft fez questão de embutir o espírito de Donkey Kong em quase todos os elementos da expansão, desde o design do mundo às próprias descrições das habilidades que podem desbloquear. E mais importante ainda, a jogabilidade também foi alvo de várias alterações.

Donkey Kong é uma personagem muito diferente de Super Mario, fisicamente mais poderoso, e isso traduz-se no combate. Enquanto no jogo base usavam acessórios como tubos para navegarem a arena, desta vez também podem aceder a plataformas azuis que Donkey Kong utiliza para saltar grandes distâncias, permitindo-lhe flanquear e alcançar os inimigos com maior rapidez. Como os seus ataques são maioritariamente físicos e de curto alcance, é vital que consiga chegar aos oponentes o quanto antes.

Mario + Rabbids Kingdom Battle

Embora tenha acesso a alguns ataques de longo alcance, como o arremessar de bananas, Donkey Kong está no seu melhor a esmagar o chão próximo dos inimigos, ou a atirar os Rabbids uns contra os outros. Outra excelente habilidade de Donkey Kong é a sua capacidade para usar tambores para atrair os inimigos até si, usando depois um poderoso ataque de área. Como o estilo de Donkey Kong requer grande proximidade, a sua capacidade de resistência é também maior, mas ainda assim terá de ter o apoio das outras duas personagens, mais inclinadas para habilidade de suporte a ataques à distância.

Rabbid Cranky tem acesso a explosivos e pode disparar uma arma que parece uma caçadeira, servindo como uma personagem de suporte agressiva que funciona melhor à meia distância. Rabbid Peach, tal como no jogo base, tem capacidades de cura, é frágil, e prefere manter-se longe dos inimigos. Parece, acima de tudo, ser um grupo equilibrado se calhar até mais do que o trio que começa o jogo base.

A maioria das habilidades utiliza um sistema de cooldown, ou seja, depois de usadas uma vez, têm de recarregar durante algum tempo antes de puderem ser usadas de novo. Não tivemos tempo para explorar a fundo as árvores de habilidades de cada personagem, mas pelo que vimos nas descrições dessas habilidades, parecem existir aqui opções suficiente para conferir grande profundidade tática à jogabilidade e aos combates.

Com uma nova campanha a rondar as 10 horas de jogo (segundo a Ubisoft), esta expansão de Mario + Rabbids parece oferecer a fórmula que já conhecíamos, mas com novidades suficientes ao nível de design dos níveis e das personagens para agarrar o interesse dos fãs. Com lançamento marcado para junho, estamos entusiasmados para experimentarmos a versão final de Donkey Kong DLC para Mario + Rabbids: Kingdom Battle.

Mario + Rabbids Kingdom Battle