LIVE
logo hd live | The Division 2
Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor Portugal
análises
Far Cry: New Dawn

Far Cry: New Dawn

Quem diria que Far Cry ganharia mais cor e vida com o apocalipse?

Pensamos que é melhor começar com um esclarecimento sobre o que não é Far Cry: New Dawn. Far Cry: New Dawn não é uma expansão de Far Cry 5, não é Far Cry 6, e não é uma paródia como Far Cry: Blood Dragon. O que é então? Bem, é uma espécie de continuação de Far Cry 5, vendida à parte, a meio caminho entre uma expansão e uma sequela. O mapa é o mesmo, ou seja, Hope County, e algumas personagens do jogo anterior surgem em New Dawn, mas muito mudou entre o final de Far Cry 5 e o início de New Dawn.

Passaram-se 17 anos desde os eventos trágicos de Far Cry 5, mas a vida continuou, e a natureza recuperou com mais força que nunca. Isto significa um aumento significativo de fauna e flora, que tomaram conta das ruínas do que era antes a civilização de Hope County. Os sobreviventes, depois de passarem vários anos em abrigos subterrâneos, subiram à superfície e começaram a refazer as suas vidas. Alguns, olharam para a situação como uma oportunidade para recomeçarem de novo, enquanto que outros... enfim, decidiram aproveitar o facto de não existir qualquer tipo de lei ou forças policiais para abusarem dos restantes.

É aqui que entra em cena Thomas Rush, um guerreiro carismático que, em conjunto com um grupo de soldados leais, procura ajudar as pessoas em dificuldades. O jogador assume o papel de capitão (masculino ou feminino) de Thomas Rush, e quando o jogo começa, o grupo está a caminho de Hope County para ajudarem a comunidade. Antes que isso possa acontecer, contudo, o comboio é destruído, a maior parte do grupo é eliminado, e Thomas Rush é levado pelas gémeas Mickey e Lou, as vilãs de Far Cry: New Dawn. O jogador acaba por conseguir fugir, reunindo-se com a resistência de Hope County, e a partir daí, é Far Cry como sempre o conheceram.

New Dawn apresenta maior liberdade criativa que Far Cry 5, já que está solto da limitações impostas pelo realismo contemporâneo. Isso significa que vão encontrar um mundo muito mais colorido e estranho, personagens e veículos excêntricos, e armas altamente criativas - a primeira que vão ter é um lança-serras, por exemplo. O jogo tenta também equilibrar a seriedade e o drama da história com alguns momentos de comédia e personagens desvairadas, e o resultado é igualmente empolgante e divertido. Far Cry: New Dawn é também mais focado que Far Cry 5, apresentado uma estrutura mais clássica de missões primárias e secundárias, que terão de seguir por ordem. Honestamente, preferimos este tipo de abordagem do que a estrutura solta de Far Cry 5.

Por exemplo, em New Dawn não vão estar a saltar de cidade em cidade a resolver os problemas de cada uma. Em vez disso, existe uma base que se mantém ao longo de todo o jogo, chamada Prosperity. Ao recolherem recursos e ao cumprirem missões, vão conseguindo melhorar Prosperity, a nível de defesas, de capacidade, de lojas, e de benefícios. Até podem plantar flores para recolherem de tempos a tempos (as flores continuam a ser usadas para oferecer benefícios temporários à personagem). Saber que estamos a contribuir para a evolução de algo tão grande e importante, e não apenas a evolução individual do jogador, acaba por oferecer mais incentivo para explorarmos o mundo à procura de recursos. Além disso, cria uma ligação maior entre o jogador e as outras personagens, que vão conversando entre si e com o jogador.

À medida que vão avançando por Hope County, vão reconhecendo várias localizações de Far Cry 5, embora alteradas de forma significativa. O jogo também tenta explorar áreas do mapa que se calhar não visitaram com tanta frequência no antecessor, e por tudo isto, não se torna cansativo. Durante as vossas viagens vão encontrar a ementa típica de Far Cry, com recursos para apanhar, áreas secretas com benefícios para o jogador, bases para conquistar, desafios, e animais para caçar. Uma novidade é a introdução de ligeiros elementos RPG. Dependendo do vosso nível comparando com o dos inimigos, serão identificados como cinzentos, azuis, roxos, e amarelos. As armas também estão classificadas da mesma forma, e à medida que melhoram a base, ganham acesso a um arsenal mais poderoso. As bases inimigas têm carregamentos de Ethanol, recurso necessário para melhorar a base, mas depois de uma base inimiga ser derrubada, será re-populada por inimigos mais fortes. Ou seja, podem atacar a mesma base várias vezes para recolherem Ethanol, mas será progressivamente mais difícil.

O modo cooperativo tornou-se numa componente obrigatória de Far Cry, e New Dawn não é exceção. Podem jogar a campanha inteira na companhia de um amigo, e tudo correu de forma sólida e divertida durante a nossa sessão cooperativa. Se não quiserem jogar com outros jogadores, podem ainda recrutar soldados amigáveis - ou abordar o jogo a solo como um lobo solitário.

Uma grande novidade de Far Cry: New Dawn são as Expedições, missões que se passam fora do mapa de Hope County, e que ficam disponíveis depois de desbloquearem um helicóptero para a base. Vão visitar outras localizações dos Estados Unidos, embora em formato muito mais reduzido e linear. O objetivo é chegarem ao local, cumprirem com os parâmetros definidos pela missão, e escapar. Podem participar nestas missões a solo, ou convidar amigos, mas independentemente da abordagem, serão recompensados com recursos importantes.

De forma geral, gostámos mais de Far Cry: New Dawn do que de Far Cry 5. A estrutura mais linear da história, a ligação do jogador a uma base e personagens, e a maior criatividade no mundo de jogo, permitiram à Ubisoft apresentar uma experiência de jogo mais focada e interessante, sem abdicar demasiado da liberdade de jogo. Se a Ubisoft estiver indecisa sobre o caminho a seguir com Far Cry 6, para nós, a resposta é óbvia: sigam o percurso traçado com New Dawn.

Far Cry: New DawnFar Cry: New Dawn
Far Cry: New DawnFar Cry: New DawnFar Cry: New DawnFar Cry: New Dawn
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Transformação positiva do mapa de Far Cry 5. Mecânicas RPG bem integradas. Base tem real importância. Segue uma narrativa mais linear.
-
Alguns problemas técnicos. Recicla vários elementos de Far Cry 5, e não acrescenta nada de muito revolucionário.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor