Gamereactor Close White
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
Gamereactor Portugal
análises
Sheltered

Sheltered

Um o jogo de estratégia e sobrevivência da Unicube chegou finalmente à Nintendo Switch.

  • Texto: Xavi Mogrovejo
Facebook
TwitterReddit

Sheltered não é um jogo novo, pelo contrário, foi lançado a 15 de março para PC, e entretanto, apareceu também na PS4, na Xbox One, e nas plataformas móveis. Mas, como tantos outros jogos indie, decidiu também mostrar-se na Nintendo Switch, que tem provado ser uma excelente plataforma para estes jogos de produções mais modestas.

O objetivo de Sheltered é simples - sobreviver o máximo possível. Não existe uma história ou um fio condutor para seguir, apenas esse objetivo que terão de cumprir num misto de estratégia e sobrevivência. Terão de cuidar de uma família que conseguiu sobreviver ao fim do mundo, e para isso terão de usar os poucos recursos que encontrarem de forma cuidada e inteligente. Durante as primeiras horas, e sobretudo conforme estão a aprender a jogar, Sheltered pode ser frustrante e até cruel. Essa 'crueldade' é ainda maior pelo facto do jogador (pelo menos no nosso caso) estabelecer uma forte ligação com as personagens da família, ainda que nem seja possível ver-lhes a face.

O facto de ser possível personalizar cada membro da família - pai, mãe, duas crianças, e uma mascote - só ajuda a tornar toda a experiência mais cruel, porque o jogo sabe bem que, sobretudo nas primeiras tentativas, esta família não vai durar muito tempo. Podem definir os seus nomes, as suas roupas, as suas habilidades, e até o género sexual, numa espécie de The Sims pós-apocalíptico. A família terá de sobreviver no bunker que usou para passar pelo apocalipse, o que significa que terão de recolher recursos como água e comida, mas também construir e gerir uma série de itens, como camas, duches, quartos, casas de banho, e uma série de outros acessórios.

Terão de sair para explorar o exterior, o que pode motivar o encontro com outros sobreviventes. Alguns podem ser amigáveis, e podem permitir trocas, enquanto que outros... nem por isso. Se criarem uma ligação forte o suficiente, pode abrir as portas do bunker a outros membros, e criar uma pequena comunidade. Isso significa que terão de se preocupar com mais pessoas, mas também aumenta as hipóteses de criarem uma comunidade auto-suficiente. Infelizmente, a introdução de novos membros no grupo nem sempre correr bem, e podem arriscar tudo por alguém que julgam ser um amigo.

Sheltered

Muito de Sheltered lembra-nos de This War of Mine, embora visualmente seja bastante diferente. Enquanto This War of Mine é sombrio e realista, Sheltered utiliza um grafismo pixelizado e colorido, o acaba por distinguir os dois jogos. Nessa simplicidade visual, Sheltered apresenta grande profundidade ao nível de situações de jogo, ainda que se possa tornar algo repetitivo. O facto de obrigar a recomeçar tudo do zero quando a família morre, significa que terão de repetir as primeiras horas com alguma frequência, o que é um dos males deste tipo de jogos com morte permanente. Existem, contudo, duas opções que podem ajudar com o cansaço do jogador - os modos Surrounded e Stasis.

No modo Surrounded vão começar a jogar num bunker que já está perfeitamente estável e completo, recheado de suplementos para sobreviverem algum tempo. Não pensem, porém, que é um passeio no parque, porque desta vez terão de sobreviver a uma série de ataques que querem tomar o bunker. Já o segundo modo, Stasis, é um pouco mais complexo. A família foi congelada durante o apocalipse, e irá acordar 60 anos mais tarde. Tal como em Surrounded, vão começar a jogar com um bunker robusto, mas desta vez o vosso principal objetivo passa por construir um foguete que permita abandonar o problema. Isto, claro, sem morrerem pelo caminho..

Nem todos terão paciência ou persistência para sobreviverem à repetição das primeiras horas de Sheltered, mas enquanto jogo de gestão, estratégia, e sobrevivência, Sheltered é muito competente. Já o era nas outras versões, e nesta versão de Nintendo Switch, essa realidade mantém-se - embora seja um pouco mais fácil ultrapassar os problemas de Sheltered deitado na cama ou no sofá com a Switch nas mãos.

ShelteredSheltered
ShelteredShelteredSheltered
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
Estabelece uma relação forte entre o jogador e as personagens. Apesar de visualmente simplista, é muito completo.
-
As primeiras horas podem ser difíceis e aborrecidas. Pode tornar-se repetitivo.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor