Gamereactor Close White
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
Gamereactor Portugal
análises
Spider-Man

Spider-Man: A Cidade que Nunca Dorme

O conjunto das três expansões forma uma história interessante, com alguns pontos altos, mas não acrescenta muito ao nível da jogabilidade.

Facebook
TwitterReddit

Spider-Man foi, para o Gamereactor, o quinto melhor jogo de 2018, pelo que qualquer motivo para regressar a esta versão de Nova Iorque, é um bom motivo. É precisamente isso que oferece A Cidade que Nunca Dorme, um conjunto de três expansões que formam uma única história. Essas expansões são O Assalto, Guerras Territoriais, e O Outro Lado da Silver, cada uma disponível por € 7.99 ou em conjunto por € 19.99 (recomendado, considerando que as expansões estão ligadas).

Passámos cerca de doze horas a completar tudo o que havia para fazer no conjunto das três expansões, e embora existam missões novas, fatos, e outras novidades, o ponto mais interessante de A Cidade que Nunca Dorme é precisamente a história. É uma narrativa que mistura humor e drama, como se espera de uma boa história do Homem-Aranha, e a introdução de Gata Negra - e a sua relação complicada com Peter - é sem dúvida um dos pontos altos.

Hammerhead e Silver Sable são outras personagens em destaque durante as expansões, e embora não tenham a mesma atenção que Mr. Negative e Doc. Octopus no jogo base, têm motivações sólidas por trás das suas ações, o que os torna em personagens interessantes. A expansão deixa também no ar várias pontas soltas para a inevitável sequela, que aumentaram ainda mais o nosso apetite para a continuação (que já era bastante, considerando como tudo acabou no jogo base).

Se a nível de história e personagens, A Cidade que Nunca Dorme é interessante, a nível de estrutura e jogabilidade já não o é tanto. Muito do conteúdo das expansões são versões ligeiramente alteradas de conteúdo que já estava no jogo, sobretudo ao nível das missões e atividades secundárias. Os desafios de Taskmaster foram substituídos por desafios de Screwball, mas não são muito diferentes, enquanto que atividades como procurar bombas ou prender mafiosos, serão bastante familiares para quem completou o jogo, sobretudo a 100%. O facto de não existirem habilidades novas foi outra pequena desilusão, ainda que existam nove novos fatos (três por expansão).

Cada expansão introduz também um novo tipo de inimigo, o que pelo menos acrescenta alguma vida ao sistema de combate. Desde homens musculados com metralhadoras de grande velocidade (que são difíceis de evitar), a esferas anti-teias, existem algumas novidades ao nível de combate que vos obrigarão a abordar as batalhas de forma diferente do que faziam no jogo base. Não é nada de extraordinário, mas foi bom ter de lidar com estes novos problemas.

A Cidade que Nunca Dorme inclui também algumas sequências impressionantes, como parte das missões principais. Existem alguns momentos memoráveis em O Assalto e Guerras Territoriais, mas é em O Outro Lado de Silver que a Insomniac Games realmente mostra todo o seu talento na construção de missões e sequências desenhadas ao pormenor. Estes momentos estão entre os mais memoráveis de todo o jogo, que já tinha algumas sequências impressionantes, e servem também para reforçar a história das personagens.

As expansões constroem em cima da história do jogo base e das suas personagens, desenvolvendo-as com qualidade, e deixando água na boca para a sequela. Por isso, pelos momentos memoráveis das missões, e porque oferece mais conteúdo num jogo que é uma delícia, A Cidade que Nunca Dorme acaba por ser um conjunto de expansões que são essenciais para quem realmente gostou do jogo base. Não são tão impressionantes quanto poderiam ter sido, sobretudo ao nível de jogabilidade e estrutura, mas fazem o suficiente para justificarem os € 19.99.

Spider-ManSpider-Man
Spider-Man
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
História com momentos entusiasmantes. Novos tipos de inimigos. Fatos novos.
-
Não tem habilidades novas, Missões secundárias repetitivas. Não acrescenta nada de novo ao nível da jogabilidade.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor