GR STREAMING
Gamereactor follow Gamereactor / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français / Nederlands / 中國
Gamereactor Close White
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
análises
Fable Fortune

Fable Fortune

Será que estava nas cartas o sucesso de Fable?

Facebook
TwitterRedditGoogle-Plus

Com o cancelamento de Fable Heroes e o encerramento da Lionhead Studios, pensámos que Fable estaria enterrado de vez, mas enganámos-nos. A saga tem tentado sobreviver como pode desde que o terceiro capítulo da trilogia original saiu, servindo-se de uma série de projetos que nunca convenceram, como Fable: The Journey de Kinect, o muito criticado Fable Heroes, e o cancelado Fable Legends. Agora é a vez de Fable Fortune, um novo jogo que também foge à estrutura original da saga.

O projeto foi criado pela Flaming Fowl Studios, um estúdio fundado por antigos elementos da Lionhead, que convenceu a Microsoft a apostar num jogo digital de cartas. Existem por isso dois campos de jogadores que Fable Fortune tem de convencer: os fãs da saga e os jogadores do género de cartas. Não sabemos se Fable Fortune será capaz de apelar a esses grupos, mas o que podemos fazer é analisar o jogo por si só, e nesse aspeto, podemos dizer que nos divertimos com Fable Fortune.

O conceito do jogo será familiar para quem jogou Hearthstone ou outros títulos do género. Dois participantes enfrentam-se num duelo com cartas, sejam ambos jogadores, ou jogador versus inteligência artificial. Antes de cada partida cada participante escolhe o seu herói, dependendo das habilidades que quer ter, e um baralho de cartas, seja criado pelo jogador ou montado aleatoriamente. Os heróis disponíveis de momento são Marshall the Knight, Miracle the Alchemist, Crimson the Shapeshifter, Barter the Merchant, Temple the Gravedigger, e Sand the Prophet.

Cada participante tem 30 pontos de saúde, e o objetivo é naturalmente o de retirar todos os pontos ao adversário. Para isso terão de usar cartas, que no caso de criaturas incluem também eles pontos de ataque e de saúde, indicando quanto dano conseguem causar e quanto dano conseguem suportar. No início das partidas terão acesso a um conjunto de cartas básicas disponíveis para todos os heróis, e também algumas cartas que são exclusivas do herói que escolheram. Para jogarem uma carta precisam de gastar moedas de ouro (o equivalente à mana de outros jogos), e a cada turno que passa são recompensados com uma moeda de ouro extra, permitindo jogar cartas mais poderosas.

Fable FortuneFable Fortune

À semelhança de outros jogos do género, uma criatura só pode atacar no turno seguinte à sua entrada, mas podem usar algumas habilidades instantâneas. Um ponto curioso é que podem usar uma moeda de ouro para invocar um escudo para uma criatura, o que nos parece uma mecânica única para Fable Fortune. Outro elemento bastante peculiar é o sistema de moral, algo que sempre foi muito vincado na série RPG e que foi reaproveitado para o jogo de cartas. Conforme realizam missões e cumprem objetivos vão ganhar pontos de moralidade, que por sua vez podem ser usados para modificar cartas. Uma carta neutra pode ser modificada para uma versão 'boa' ou 'má', cada uma oferecendo vantagens diferentes que o jogador pode utilizar caso tenha pontos de moralidade suficientes. Ao escolher um lado para a carta, o jogador vai aumentando a sua ligação a esse lado da moralidade, e se o fizer vezes suficientes, será recompensado com cartas mais poderosas

Fable Fortune inclui vários modos de jogos capazes de satisfazerem bem procura enfrentar outros jogadores, ou quem preferir prosseguir a sua aventura contra a inteligência artificial. Até existe um modo cooperativo de dois jogadores contra a inteligência artificial, o que é uma proposta bastante interessante. Dito isto, é natural que nos próximos meses sejam acrescentados novos modos (falta sobretudo um modo Arena mais clássico), melhores descrições de várias cartas e efeitos, e um polimento geral mais profundo.

Gostámos de Fable Fortune e divertimos-nos com o que tem para oferecer, mas partilha do mesmo problema que muitos outros jogos do género enfrentam - está a competir com Hearthstone: Heroes of Warcraft. Claro que apresenta diferenças e características únicas, mas sendo objetivo, Hearthstone é simplesmente melhor, sobretudo porque está a ser afinado há imenso tempo.

Ainda assim, é uma alternativa válida e divertida, seja para quem já está farto ou não gosta de Hearthstone, ou para quem é realmente fã do universo de Fable. Tem algumas ideias engraçadas, como o sistema de moralidade, e as habilidades a custo de moedas, mas mesmo assim gostaríamos que tivesse sido um pouco mais arrojado, com mecânicas que o distinguem ainda mais de Hearthstone. E claro, há também o facto de estar disponível para PC e Xbox One, e na Xbox One as opções do género são bem mais limitadas.

Fable FortuneFable FortuneFable Fortune
Fable FortuneFable FortuneFable FortuneFable Fortune
07 Gamereactor Portugal
7 / 10
+
Excelente recriação do ambiente de Fable. Modelo free-to-play justo. Sistema de karma é divertido.
-
Loadings enormes. Microtransações podiam ser mais baratas. Podia ter mais cartas especiais.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor